Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Diario de Pernambuco Assine o Diario Central de assinantes
Pernambuco.com

Recife, 24/JUN/2017

Exposições

1817 REVOLUÇÃO REPUBLICANA
Mostra apresenta os ideais revolucionários em várias partes do mundo, como a Revolução Francesa, Independência dos Estados Unidos e ações libertárias na América e Haiti. Quando: 13 de março de 2017 a 13 de março de 2018. De terça a domingo, das 9h às 17h. Onde: Forte das Cinco Pontas (Praça das Cinco Pontas, s/n, São José). : Gratuito. Informações: 3355-9558.
ARTE NO REFÚGIO DA BELEZA
Exposição com 32 quadros de oito artistas que se dedicam a pintar a natureza. As telas abordam temas como religiosidade, fauna, flora e vida no campo e usam técnicas variadas, como aquarela, tinta acrílica e tinta a óleo. Quando: 21 de maio até 30 de junho. Domingo a domingo, das 9h às 16h. Onde: Pousada Refúgio do Rio Bonito (Sítio Rio Bonito, 595, Colônia, Zona Rural de Bonito, interior de Pernambuco). Quanto: Gratuito. Informações: 3423-1561 e 99451-2690.
AS PESSOAS - ACERVO EDUCATIVO DO MAC-PE
O MAC abre exposição que traz novo recorte da Coleção Assis Chateaubriand do museu, com obras de artistas como Cândido Portinari, Ladjane Bandeira e Noêmia Mourão. Quando: 18 de março a 20 de junho de 2017. De terça a sexta, das 9h às 13h. Onde: Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco (Rua 13 de maio, 157, Carmo, Olinda). : Gratuito. Informações: 3184-3153.
BELA AURORA DO RECIFE
Wilton de Souza foi o primeiro diretor do Mamam, quando ainda se chamava Galeria Metropolitana de Arte do Recife, e por muito tempo cuidou das obras de outros artistas. Nesta exposição Wilton conta sobre seus vários encontros na arte. Quando: 20 de junho a 13 de agosto. Terça a sexta-feira, das 12h às 18h; sábado e domingo, das 13h às 17h. Onde: Mamam - Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Rua da Aurora, 265, Boa Vista). Quanto: Gratuito. Informações: 3355-6871.
CAIS DO SERTÃO
Espaço reúne obras que representam a vida no sertão e abordam a vida do Rei do Baião, Luiz Gonzaga. Quando: Permanente. Terça a sexta-feira, das 9h às 17h; sábado e domingo, das 13h às 17h. Onde: Museu Cais do Sertão (Avenida Alfredo Lisboa, s/n, Recife Antigo). Quanto: R$ 10 e R$ 5 (meia); quinta-feira a entrada é gratuita. Informações: 4042-0484.
CASA DO CARNAVAL
Espaço reúne um acervo sobre as diversas manifestações da cultura popular, incluindo além do Carnaval, as festas de São João e Natal. Entre as obras estão livros, fotografias, partituras, catálogos e notas de jornais. Quando: Permanente. Segunda a sexta-feira, das 9h30 às 16h30. Onde: Casa do Carnaval (Pátio de São Pedro, 38, São José).Quanto: Gratuito. Informações: 3355-4311, 3355-3302 e 3355-3303.
CASA DOS BONECOS GIGANTES
O artista olindense Silvio Botelho expõe, pela terceira vez, seus bonecos gigantes por meio de Projeto da Estação Quatro Cantos em parceria com Pousada dos Quatro Cantos. Quando: Permanente. Segunda e domingo, das 11h às 19h; terça a sábado, das 11h às 18h. Onde: Estação Quatro Cantos Galeria & Café (Rua Prudente de Moraes, 440, Sítio Histórico de Olinda). Quanto: R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (crianças até 10 anos). Informações: 3429-7575.
CHEGADA E PARTIDA: A MEMÓRIA DO TREM EM PERNAMBUCO
Exposição reúne mais de 623 peças que remontam à memória ferroviária pernambucana. No acervo, bilheterias, carimbadores, sinalizadores, apitos, relógios, fotografias, trilhos e ferramentas utilizadas nas oficinas. Quando: Permanente. Terça a sexta, das 9h às 17h, e sábados e domingos, das 10h às 17h. Onde:Museu do Trem (Estação Central Capiba, Rua Floriano Peixoto, s/n, São José, Recife). Quanto: Gratuito.
DANIEL SANTIAGO EM DOIS TEMPOS
Mostra celebra os 50 anos de carreira do artista. A primeira parte é a exposição "Um sonho de Ezra Pound" e a segunda é uma seleção de obras desenvolvidas por Daniel ao longo de sua carreira. Quando: 20 de junho a 13 de agosto. Terça a sexta-feira, das 12h às 18h; sábado e domingo, das 13h às 17h. Onde: Mamam - Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Rua da Aurora, 265, Boa Vista). Quanto: Gratuito. Informações: 3355-6871.
EM PRETO E BRANCO
Exposição fotográfica reúne fotos originais de fotografos italianos, retratando o cotidiano da Itália e de seus conterrâneos. Quando: 1º de março de 2016 até 30 de dezembro de 2018. Terça a sexta-feira, das 9h às 21h, e sábado, das 9h às13h. Onde:: Instituto de Cultura Brasil - Itália (Rua Marques Amorim, 46 - Boa Vista).Quanto: Gratuito. Informações: 3221-4112.
FREVO EXPERIMENTAL: ENTRE TRÂNSITOS E EXPERIÊNCIAS CRIATIVAS
Mostra explora o ritmos do Frevo com videoinstalações e salas interativas, onde o visitante pode compor as próprias músicas. Quando: Permanente. Terça a sexta, das 9h às 17; sábados e domingos, das 14h às 18h. Onde: Paço do Frevo (Praça do Arsenal, s/n, Bairro do Recife). Quanto: R$ 8 e R$ 4 (meia). Informações: 3355-9500.
GEOMETRIA E TRAMA
Exposição do artista Sebastião Pedrosa. Telas, painéis e esculturas que levam à reflexão do caos mundial sob a perspectiva de traços geométricos. Quando: terça a sexta, das 13h às 19h; e aos sábados, das 16h às 20h. Onde: Arte Plural Galeria (Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife). Quanto: Gratuito. Informações: 3424-4431.
HENRY MATISSE
Mostra reúne 20 obras do pintor, desenhista e escultor francês Henri Matisse feitas especialmente para o álbum Jazz, publicado em 1947, em Paris. Quando: 12 de abril a 2 de julho. Terça a sábado, das 10h às 20h; e domingos, das 10h às 17h. Onde: Caixa Cultural Recife (Avenida Alfredo Lisboa, 505, Recife Antigo). Quanto: Gratuito. Informações: 3425-1900.
IMIGRAÇÃO ITALIANA NO BRASIL
Mostra apresenta reproduções de documentos e imagens dos italianos no Brasil, além de exaltar a contribuição do povo italiano no contexto nacional, através de livros, revistas, jornais e filmes sobre o tema. Quando: Permanente. Terça a sexta-feira, das 9h às 21h, e sábado, das 9h às13h. Onde: Instituto de Cultura Brasil - Itália (Rua Marques Amorim, 46 - Boa Vista). Quanto: Gratuito. Informações: 3221-4112.
IMPÉRIO ROMANO: A EXIBIÇÃO
Exposição com mais de 80 peças, entre painéis e esculturas, algumas inéditas, feitas por artesãos italianos. Esse é uma das maiores mostras sobre o Império Romano. Ela já passou pela Europa, Oceania e Ásia. Quando: 10 de maio a 10 de julho. Segunda a sábado, das 9h às 22; domingo, das 12h às 21h. Onde: Shopping RioMar (Avenida República do Líbano, 251, Pina). Quanto: R$ 30 e R$ 15 (meia). Informações: 98614-4183.
ÍNDIOS DO BRASIL
Exposição composta de gráficas e objetos do mundo indígena do Brasil. Quando: Até 30 de dezembro de 2018. Terça a sexta-feira, das 9h às 21h, e sábado, das 9h às 13h. Onde: Instituto de Cultura Brasil Itália (Rua Marques Amorim, 46, Boa Vista). Quanto: Gratuito. Informações: 3221-4112.
INSTITUTO RICARDO BRENNAND
Local reúne as exposições O Julgamento de Fouquet e Frans Post e o Brasil holandês. As peças compõem o maior acervo de pinturas da época do Brasil-Colônia. Entre os pintores estão Nicolao Antônio Facchinetti, Giovanni Battista Castagneto e Benedito Calixto de Jesus. Quando: Permanente. Terça a domingo, das 13h às 17h. Onde: Instituto Ricardo Brennand (Engenho São João, s/n, Várzea). Quanto: R$ 25 e R$ 12 (meia). Informações: 2121-0352.
LINGUAGEM DO AGRESTE II
Mostra do pernambucano Joaz Silva retrata em telas os patrimônios históricos e culturais de cidades do Agreste de Pernambuco. Quando: Até 7 de julho. Terça a sexta-feira, das 12h às 16h30. Onde: Centro Cultural dos Correios (Avenida Marquês de Olinda, 262, Recife Antigo). Quanto: Gratuito. Informações: 3424-1935.
LULA CARDOSO AYRES: ARTE, REGIÃO E TEMPO
A exposição traz exemplares representativos das diferentes técnicas utilizadas pelo artista pernambucano, como óleo sobre tela, acrílica sobre cartão, aquarela, guache, têmpera e outros estudos. Quando: 15 de junho a 27 de agosto. Onde: Caixa Cultural (Avenida Alfredo Lisboa, s/n, Bairro do Recife). Quanto: Gratuito.
MÃO MOLENGA: CENAS DE UMA HISTÓRIA
Exposição com peças do teatro de bonecos. A mostra ainda conta com vídeos, fotografias, figurinos de época, croquis de personagens e roupas do acervo construído em 31 anos pelo grupo pernambucano Mão Molenga Teatro de Bonecos. Quando: até 30 de julho. Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Onde: Galeria Corbiniano Lins (Sesc Santo Amaro, Rua Treze de Maio, 455, Santo Amaro). Quanto: Gratuito. Informações: 3216-1728.
MEMORIAL CHICO SCIENCE
Local conta a história de Chico Science. Entre as obras estão livros, material audiovisual feito por Chico enquanto ainda vivo, reportagens, imagens de shows e clipes. Quando: Permanente. Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Onde: Memorial Chico Science (Pátio de São Pedro, 21, São José). Quanto: Gratuito. Informações: 3355-3158 e 3355-3159.
MULHERES DE TEJUCUPAPO: TRIBUTO A GOYA
Mostra celebra os 88 anos da pintora recifense Tereza Costa Rêgo. Pela primeira vez, o público poderá conferir o painel Mulheres de Tejucupapo, que mede 8m x 2,2 m e retrata um episódio da história pernambucana ainda não documentado de forma definitiva. Quando: 28 de abril a 28 de julho. Terça a sexta-feira, das 10h às 17h; sábado, das 15h às 18h; e domingo, das 16h às 19. Onde: Torre Malakoff (Praça do Arsenal, s/n, Recife Antigo). Quanto: Gratuito. Informações: 3184-3180.
OBSERVATÓRIO ASTRONÔMICO
Visitação em grupos de, no máximo, 20 pessoas, para fazer observação da lua e constelação de estrelas. Quando: Todos os domingos. É necessário agendar as visitas, que têm duração de meia hora.Os horários disponíveis são: 16h, 16h30, 17h, 17h30, 18h, 18h30, 19h e 19h30. Onde: Torre Malakoff (Praça do Arsenal, s/n, Recife Antigo). Quanto: Gratuito. Informações: 3184-3180.
O CASARÃO E A CIDADE: USOS E COSTUMES VISITAÇÃO
Mostra apresenta a história do Palacete do Museu do Estado, como se desenvolveu seu entorno e os usos e costumes da sociedade pernambucana no século XIX. Quando: Permanente. Terça a sexta, das 9h às 17h, sábado e domingo, das 14h às 17h. Onde: Museu do Estado de Pernambuco (Av. Rui Barbosa, 960, Graças). Quanto R$ 6 e R$ 3 (meia). Informações: 3184-3170 e 3184-3178.
O REINO ALÉM DA SERRA
Mostra com 18 obras que retratam e contam a história do massacre do movimento sebastianista da Serra do Rodeador, situada em Bonito-Pe, ocorrida em 1820. As peças em exposição são do artista plástico Marcelo Júlio. Quando: 25 de maio a 30 de junho, das 19h às 23h. Onde: Restaurante Maison Bonfim (Rua Bomfim, 115, Carmo, Olinda). Quanto: Gratuito. Informações: 3439-2721.
O TEMPO DA TORRE
A exposição conta a história da Torre Malakoff dentro do contexto histórico do Recife Antigo. Composta por fotografias cedidas por várias instituições e por estudantes da rede estadual de ensino. Quando: Permanente. Terça a sexta, das 10h às 17h; sábados, das 15h às 18h; e domingos,das 15 às 19h. Onde: Torre Malakoff (Praça do Arsenal, s/n, Recife Antigo). Quanto: Gratuito. Informações: 3184-3180.
PAÇO DO FREVO
Centro de referência de ações, projetos e atividades de documentação, transmissão, salvaguarda e valorização de uma das principais tradições culturais brasileiras, reconhecida como Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco: o frevo. Quando: Permanente. Terças, quartas e sextas, das 9h às 18h; sábados e domingos, das 12h às 19h. Onde: Praça do Aresenal. Quanto: R$ 6. Informações: 3355-9500.
PINTURAS DE LEONARDO DA VINCI
Exposição é composta de reproduções das pinturas do famoso artista italiano Leonardo da Vinci. Durante a mostra é possível assistir documentário sobre o artista, além de consultar livros e outras publicações de Leonardo. Quando: de 1º de março de 2016 até 30 de dezembro de 2018. Terça a sexta-feira, das 9h às 21h e sábado, das 9h às13h. Onde: Instituto de Cultura Brasil - Itália (Rua Marques Amorim, 46, Boa Vista). Quanto: Gratuito. Informações: 3221-4112.
PÔSTER ARTE DESIGN VI
Parte da programação do festival Abril Pro Rock, mostra reúne 60 cartazes e pôsteres de festivais de várias partes do mundo. Onde: Centro Cultural Correios (Avenida Marquês de Olinda, 262, Recife Antigo). Quando: 12 de abril a 21 de julho. Segunda a sexta-feira, das 12h às 16h30. Quanto: Gratuito. Informações: 3424-1935.
RELIGIOSIDADE E POLÍTICA NA OBRA DE RENATO VALLE
Mostra de Renato Valle, artista plástico recifense, pretende discutir a relação entre arte, religiosidade e política. Quando: 1º de junho a 23 de julho. Quarta a sexta-feira, das 12h às 20h; sábado e domingo, das 14h às 20h. Onde: Galeria Janete Costa (Parque Dona Lindu, Avenida Boa Viagem, s/n, Boa Viagem). Quanto: Gratuito. Informações: 3355-9825.
ROMA
Exposição composta de imagens da cidade italiana, com monumentos e outros itens de cultural italiana. Quando: 1º de março de 2016 até 30 de dezembro de 2018. Terça a sexta-feira, das 9h às 21h, e sábado, das 9h às 13h. Onde: Instituto de Cultura Brasil - Itália (Rua Marques Amorim, 46, Boa Vista). Quanto: Gratuito. Informações: 3221-4112.
TRIBUTO A ARIANO
Exposição em homenagem aos 90 anos de Ariano Suassuna e aos 25 anos da Cavalgada à Pedra do Reino e lançamento do livro %u201CO Reino Encantado%u201D. A exposição conta com diversos documentos relativos à vida do escritor Ariano Suassuna. Quando: A partir de 14 de junho (quarta-feira), às 18h30. Onde: Arquivo Público de Pernambuco (Rua do Imperador, 371, bairro de Santo Antônio). Quanto: Gratuito. Informações: 3184-1125.
UM ARTISTA DE OUTRO TEMPO
Mostra com obras do artista pernambucano Murillo La Greca. A ideia é destacá-lo como aluno, aprendiz, professor, esposo e amigo. Quando:a partir de 9 de fevereiro. Término previsto para 9 de agosto. Terça a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Onde: Museu Murillo La Greca (Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, 366, Parnamirim. Quanto: Gratuito. Informações: 3355-3129.
UMA COISA LINDA
Mostra de Efrain Almeida é composta por mais de 150 esculturas de pássaros feitas em bronze. No piso da galeria estão a espécie galos-de-campina. Em outro trabalho, beija-flores são capturados em galhos de árvores. Quando: 29 abril até 22 de junho. Terça a sexta-feira, das 8h30 às 17h; Sábados, domingos e feriados, das 13h às 17h. Onde: Galeria Massangana (Fundação Joaquim Nabuco, Avenida Dezessete de Agosto, 2187, Casa Forte). Quanto: Gratuito. Informações: 3073-6340.
ZEPPELIN: RECIFE RIO
Exposição faz um resgate histórico sobre o zeppelin e a passagem deste pelo Brasil. Na mostra, imagens do Graf Zepelin e objetos relacionados aos dirigíveis. Haverá painéis do Zeppelin no Recife (observado por Carl Bruer) e também do dirigível no Rio de Janeiro. Ainda em exibição, medalhas, fotografias estereoscópicas, livros, selos, postais e objetos originais dos dirigíveis, como um porta-ovo de porcelana, estereoscópios de mão e de mesa e elmo. Quando: 22 de maio a 21 de junho. Terça a domingo, das 9h às 17h. Onde: Museu da Cidade do Recife (Forte das Cinco Pontas, Praça das Cinco Pontas, s/n, São José). Quanto: Gratuito. Informações: 3355-9558.

  • Desafios da acessibilidade cultural

  • Produções locais para TV

  • Os ícones do feminejo

  • Machismo na indústria gamer

  • A invisibilidade dos escritores negros

Quem experimenta as delícias da culinária regional pernambucana geralmente pede mais. Da macaxeira com charque ao bolo de rolo, a cozinha por aqui é lugar sagrado e o estado está cheio de opções de bares e restaurantes para você experimentar!

Pernambuco tem nada menos do que 187 km de praias. O sol brilha no estado praticamente durante todo o ano e a agenda cultural tem opções para todos os gostos







SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss

[X Fechar]