Tamandaré Campanha arrecada cestas básicas para famílias do litoral sul

Publicado em: 27/06/2019 11:21 Atualizado em: 27/06/2019 11:29

Foto: Rafael Martins/arquivo DP
Foto: Rafael Martins/arquivo DP
Uma grande campanha solidária contra a fome vivenciada por famílias em situação de vulnerabilidade social do litoral sul foi lançada pelo padre Arlindo Matos Júnior, pároco da Igreja de Tamandaré. É nesta época do ano, justamente quando o movimento de turistas na praia cai por conta das chuvas, que a comunidade que vive de comércio no litoral sofre ainda mais com o desemprego. Pensando em amenizar o prejuízo de 600 famílias, já cadastradas na paróquia, o sacerdote está promovendo a ação A Fome não pode esperar. Padre Laurindo pede ajuda da população para arrecadar cestas básicas e alimentos não perecíveis. As doações podem ser entregues na paróquia de São Pedro, em Tamandaré; nas lojas Bontempo, em Boa Viagem; e na Interne Educação, na Ilha do Leite.

O religioso nasceu em Olinda e, quando chegou a Tamandaré, encontrou a igreja matriz sem estrutura e com capacidade para apenas 60 lugares. Decidiu expandir o templo. Depois de receber três negativas da Igreja Católica, na Europa, para custear o projeto de expansão, resolveu sair pelas ruas convocando a população. Em dois
anos e meio, terminou a obra de uma nova igreja, com 1,5 mil metros quadrados de área construída e capacidade para mil pessoas.

Desde 2015 o padre mobiliza os veranistas em outro projeto para ajudar a população. Criou uma associação que atua diretamente no desenvolvimento de
ações sociais, culturais e religiosas e abriu as portas da paróquia para realizar os atendimentos. Mais de 3 mil pessoas que necessitavam de assistência médica, odontológica, fisioterápica e psicológica, além de orientação jurídica e nutricional, foram recebidas. Os serviços são promovidos, de forma gratuita, por meio de mais de 30 voluntários, profissionais liberais, geralmente veranistas.

Localizada a 109 quilômetros do Recife, Tamandaré possui cerca de 20 mil habitantes. O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M) é de 0,593, sendo considerado como baixo em comparação ao valor estadual. O município sobrevive praticamente da plantação de cana de açúcar e do turismo no litoral Sul.

Serviço:
Campanha A Fome não pode esperar
Doações de cestas básicas e alimentos não perecíveis
Locais:
Lojas Bontempo - Avenida Domingos Ferreira, 1248
Interne Educação - Rua Marques de Amorim, 256-b, Ilha do Leite
Paróquia de São Pedro - Praia de Tamandaré, Litoral Sul


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas