FESTA DE MOMO

Carnaval 2023 deverá movimentar mais de R$ 8 bi no turismo e gerar cerca de 25 mil vagas de emprego

Publicado em: 25/01/2023 17:12 | Atualizado em: 25/01/2023 17:40

Cerca de 85% da receita será gerada por bares e restaurantes, transporte de passageiros e hotelaria e hospedagem (Tânia Rego/Agência Brasil)
Cerca de 85% da receita será gerada por bares e restaurantes, transporte de passageiros e hotelaria e hospedagem (Tânia Rego/Agência Brasil)
Considerado o “Natal do turismo brasileiro”, o carnaval deste ano deverá movimentar cerca de R$ 8,18 bilhões em receitas turísticas no país. O valor, estimado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), representa um aumento de 26,9% em comparação com o ano passado, mas  permanece abaixo do registrado em 2020, quando a movimentação foi de R$ 8,7 bi.

Do total que deverá ser movimentado neste ano, cerca de 85% da receita será gerada pelos segmentos de bares e restaurantes, transporte de passageiros e serviços de hotelaria e hospedagem, enquanto os 15% restantes se dividem entre empresas de lazer e cultura e outros segmentos como aluguel de veículos e agências de viagem, por exemplo.

Para o presidente da CNC, José Roberto Tadros, o principal desafio para a equiparação das receitas ao nível pré-pandemia é o atual contexto econômico. “Os reajustes de preços de praticamente todos os segmentos, o aumento significativo da taxa de juros e o alto comprometimento da renda com dívidas fazem com que os gastos com lazer sejam comedidos, mas ainda assim consideravelmente maiores do que em 2021”, observou. 

Outro obstáculo está no encarecimento das passagens aéreas, que tiveram  nas alturas alta de 23,53% em 2022, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mesmo sentido, a hospedagem aumentou 18,21%, e os pacotes turísticos ficaram 17,16% mais caros. As três variações se projetam acima do nível geral de preços, que subiu 5,79%.

“Esses serviços são, na maioria das vezes, comprados mediante parcelamento, o que, com o crédito mais caro, explica a dificuldade do setor do turismo em ultrapassar o nível pré-pandemia”, explicou o economista da CNC, Fabio Bentes.

EMPREGOS
Neste ano, a demanda por serviços turísticos deverá gerar a oferta de 24,6 mil vagas temporárias durante o carnaval. Entre os profissionais que deverão ter mais oportunidades, o destaque fica por conta dos cozinheiros, auxiliares de cozinha e profissionais de limpeza, que deverão somar cerca de 10 mil contratações no país. 
Tags: carnaval | 2023 | turismo | emprego |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.