Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Diario de Pernambuco Assine o Diario Central de assinantes
Pernambuco.com

Recife, 25/ABR/2017
 
cheia

Tire suas dúvidas

Dúvidas?
Se você tem alguma dúvida, mande para nossa equipe. O Pernambuco.cão irá procurar especialistas para responder as questões. Se você é um especialista e deseja colaborar, mande-nos um e-mail também.
mailto:faleconosco@pernambuco.com?subject=Pernambuco.cao
Perguntas dos leitores:
Tenho uma boxer de 17 meses. Os pais dela são puros, mas não têm pedigree. Ainda é possível tirar o pedigree dela? (Augusto Carraro)

Sim. É necessário agendar uma visita ao Kennel Club pelo telefone 3433-1638 ou ir ao clube no sábado pela manhã. Depois do pagamento de algumas taxas, o cão será analisado por três juízes que irão determinar se o cão está de acordo com os padrões da raça ou não. Se o cão for aprovado, receberá um registro inicial e, caso acasale com uma cadela com pedigree, os filhos terão direito ao registro. O Kennel fica na BR 101 Norte, Km 15, ao lado da algodoeira Algobom.
Fonte: Roberta Zepelin, diretora do Kennel Club de Pernambuco

Gostaria de saber se existe uma ração para cães que seja ao mesmo tempo light e sênior. (Fernando Augusto)

As rações de boa qualidade já são balanceadas com a quantidade necessária de nutrientes para os animais, sendo dispensável o uso de outros alimentos. Para cachorros mais velhos, a Pet Shop Bicho Mimado indica a Mini Light, da Royal Canin e sênior da GN Sênior, da Guabi. A Purina também tem a ração Pro Proplam, da linha Super Preimum, que possui apenas 4% de gordura e pode ser consumida por cachorros de qualquer faixa etária. Para os cachorros com mais de sete anos, há também a ração Proplam Sênior e a ração Dog Show.
Fonte: Equipe Pet Shop Mimado e Purina

Há algum criador da raça samoieda aqui em Pernambuco? (Gisele Miranda)

O Kennel Club não tem nenhum canil ou criador da raça samoeida cadastrado em Pernambuco. O site www.samoieda.com.br possui uma lista com criadores da raça, todos no sul e sudeste do país. O preço do filhote varia de R$ 1.500 a R$ 4.000.

Tenho um cachorrinho lhasa apso e ele pegou bicho-de-pé. O que eu poderia passar depois da retirada dos bichos? (Bruna)

Um repelente deve ser usado até a cicatrização das feridas. O dono também deve evitar levar o cachorro também para o local em que ele foi contaminado.
Fonte: Professora Evilda Rodrigues, da UFRPE

Tenho uma cadela sem raça definida de seis anos que tem pegado tosse a cada dois, três meses. Eu levo no veterinário, eles dão uma injeção, ela fica boa, e depois volta. Na última consulta, eu troquei de veterinária, contei o que se passa e ela suspeitou que seria um problema alérgico, receitou dois remédios e um xarope. Seguimos a receita, ela ficou boa, mas passado um mês a tosse voltou novamente. O perfil de nossa cachorra é o seguinte: é uma mistura de poodle, cocker e schnauzer. É uma cachorra que fica dentro de casa, saudável e alegre, muito bem tratada. A única coisa que aconteceu de diferente é que minha esposa ficou grávida e nossa filha já nasceu. O curioso é que essas tosses começaram depois que minha esposa ficou grávida. Gostaria do auxílio de um especialista, pois temos medo que seja algo mais sério. (Adilson Ricci)

A tosse persistente pode ser provada por uma bactéria, provocando uma doença chamada de traquiobronquite. O tratamento é feito por meio de antibióticos. A tosse também pode ter duas origens: cardíaca ou pulmonar. A origem cardíaca é mais comum em cães com mais de oito anos. O veterinário deve fazer uma pesquisa, avaliando a raça, idade e manejo do animal, para descobrir a origem da tosse e indicar o tratamento correto. Problemas psicológicos não costumam provocar tosse em cães.
Fonte: Professora Evilda Rodrigues, da UFRPE

Meu gatinho Fred tem uma doença. Foi feito exame de sangue e diagnosticado peritonite. Essa doença tem cura? (Jane)

O exame de sangue não detecta se é uma peritonite. O que o exame detecta é se há uma infecção. Se o gato foi diagnosticado com peritonite, o dono deve levá-lo urgentemente para um veterinário, para que antibióticos sejam administrados. A peritonite é uma doença que pode levar à morte.
Fonte: Professora Evilda Rodrigues, da UFRPE

Olá. Tenho um Yorkshire macho de oito anos e ele tem mau hálito. O que posso fazer para diminuir isso? (Patrícia Evangelista)

Para eliminar o mau hálito é necessário fazer uma limpeza do cálculo dentário, que deve ser feita no veterinário, com o animal anestesiado. Além da limpeza, o veterinário vai examinar o animal para ver se ele precisa de obturações ou se possui outros problemas dentários. Como a boca é uma porta de entrada para o organismo, é necessário ter muito cuidado com a presença de bactérias.
Fonte: Professora Evilda Rodrigues, da UFRPE

Olá amigos. Gostaria de informações sobre adestramento. Vi em algum lugar; não lembro onde, que um adestrador treina o cão juntamente com o dono, ou seja, "treina o dono e adestra o animal". Sou um grande fã de assuntos ligados aos animais de modo geral, mas principalmente o que se trata de cães. (Mário)

Olá Mário. Realmente o adestramento mais indicado seria o do cão juntamente com o dono para que o cão reconheça os comandos do dono, portanto se tiver interesse de adestrar seu cão deve conhecer bem o trabalho do profissional e as técnicas por ele aplicadas, ok?
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Tenho um poodle que cruzou pela 1o vez no começo do mês, tem alguma característica ou alteração no comportamento que eu possa verificar se ela engravidou? Ou só mesmo indo no veterinário?
A gestação de uma cadela é em média de 60 dias, portanto, se ela cruzou no começo do mês ainda não podem ser percebidos sinais, porém perto dos dois meses as mamas começam a ficar mais "inchadas" e terá o aumento de volume da barriguinha. Porém você pode solicitar ao veterinário uma ultrasonografia para ter uma noção da quantidade e tamanho dos filhotes a fim de que não haja nenhum problema no momento do parto.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Possuo uma cadela da raça poodle. Ela sempre foi tratada com muito carinho e sempre gozou de muito espaço para suas brincadeiras, pois moro em uma chácara. Contudo a mesma apresenta um descontrole emocional quando passeia de carro e pelas ruas do meu bairro. Ela sempre late demasiadamente quando passam pessoas, bicicletas, motos e carros. Quando está em casa parte para o portão latindo tão logo detecta a presença de pessoas na rua. Outro detalhe é o de que ela enjoa quando está dentro de um veículo em movimento ficando, assim, impossibilitada de sair comigo. Gostaria de saber de esse comportamento é um desvio do padrão da raça ou se é um caso contornável mediante adestramento. (Emerson Robertson)

Emerson, não vejo nenhum problema em sua cadelinha. Apenas que ela é muito brincalhona e que estranha a presença de algumas pessoas pelo fato de não conhecê-las. Há muitos cães que possuem este comportamento de correr atrás de motos, bicicletas etc. Quanto ao enjôo no carro pode ser controlado com medicamento específico que será indicado pelo veterinário de sua cadelinha.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Quero comprar um filhote da raça PUG. Quem pode me ajudar a me dar uma relação de canis com fones, que os tenham, em Recife e se possível em Fortaleza também? (Felipe Hollanda)

Felipe, posso te dar uma sugestão de um canil no Recife onde você poderá ter mais informações sobre a raça e de fones em Fortaleza. Seguem as informações: Canil Dealima - Criação de cães da raça: PUG. Proprietário: Ana Paula Castro. Endereço: Rua Alberto Paiva 173 - escritório - Graças - CEP: 52050260 - Recife/PE. Telefone: (81) 3088-7124. E-mail: c.dealima@ig.com.br. Internet: http://www.canildealima.hpgvip.com.br. Filiado ao Kennel Clube de Pernambuco.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Tenho duas fêmeas fila tigrada. As duas estão com um ano e ficaram no cio (período fértil), e as duas estão brigando. Isto é normal? Que devemos fazer para evitar? Abraço (Severo)

Severo, as duas podem estar apresentando uma disputa territorial por conta do cio. Porém, caso estejam se machucando devido às brigas, devem ser separadas até o término do cio.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Tenho uma cachorra que está com sarna demodecica avançada. A veterinária que freqüento já usou todos os recursos dos quais ela disponibiliza e não houve melhora significativa. Ela sugeriu que eu procurasse um especialista. Gostaria de orientações ou que vocês me indicassem um especialista na cidade de São Paulo ou em Campinas que eu pudesse levar minha cadela. (Thais C. Kohn)

A sarna demodécica ou dermodiciose é uma dermatopatia de imunidade causada pelo Ácaro Demodex Canins. Como qualquer outro problema de pele, pode ser tratado por um dermatologista veterinário. Um ótimo nome em SP é o Dr. Ronaldo Lucas, que é proprietário da Dermatoclínica em SP. Fone: (11) 6978.4780.
Fonte: Dr. Sérgio Camargo/Clube dos Bichos Pet Shop

Gostaria de fazer uma pergunta sobre o meu cão. Tenho um lhasa apso de 1 ano e meio. De vez em quando, ele tem uma crise (que parece ser falta de ar) acompanhada de um ronco. Observei que esta crise não está associada a esforço físico. O que poderá ser? Aguardo resposta de um especialista. (Isabella Leitão)

Esse sintoma de "falta de ar" juntamente com o roncor requer exame detalhado por um médico veterinário, a fim de solicitar um Raio X de contraste e Raio X simples LL, VD e DV , como também um avaliação cardíaca associado a uma história clínica para então fechar o diagnóstico clínico apropriado já quem existe possibilidade de várias patologias diferentes, entre elas: megaesôfago, estenose de esôfago, vermiso, cardiopatia etc, e/ ou a simples anatomia da raça.
Fonte: Dr. Alberto Alcântara/Clube dos Bichos Pet Shop

Tenho um Poddle e ele passa o dia lambendo suas patas, o colchão em que ele se deita. Lambe tanto que fere as patas. O que pode ser?? (Ana Carolina)

Existem várias dermatopatias que afetam as patas dos animais, as quais são denominadas de pododermatites. Podem ser de origem psicogênicas (dermatite acral), alégicas (dermatite atópica), ou aquelas provocadas por ácaros (sarna demodécica) ou vermes (pododermatite por ancylostomo).

O indicado é procurar um especialista, neste caso um dermatologista veterinário.
Fonte: Dr. Sérgio Camargo/Clube dos Bichos Pet Shop

Minha cachorrinha yorkshire tem 2 aninhos. Ela entrou no 3º cio dia 17/04/2007 e deixei ela cruzar por 3 dias consecutivos, 26, 27 e 28 de abril. Agora ela tem andado muito quietinha e tem se alimentado além do habitual. Como posso ter certeza que ela está prenha? Esses sintomas são em relação a isso? (Adriana Pessoa Gomes)

O mais indicado seria tentar chegar ao diagnóstico de prenhez por um exame de ultrassonografia. Os sintomas apresentados podem também ser indicativo de alguma patologia. Procurar um veterinário para fazer o acompanhamento desses sintomas e sua evolução é o mais indicado.
Fonte: Dr. Sérgio Camargo/Clube dos Bichos Pet Shop

Tenho um cão Boxer de 5 anos e agora descobrimos que está com três tumores detectados pela ultra-sonografia (1º segmento intestinal apresentando paredes irregulares espessadas, hiperagências co perda de definição de suas camadas sugestiva a neoplasia e duas outras formações em uma região nesogástrica e outra na região ilíaca, próximas aos grandes vasos, heterogêneos hiperecogênicas, irregulares compatíveis com neoplasia. No hemograma, deu anemia anisocitose, leucopenia com linfocitopenia absoluta com 256.000mm³ de plaquetas). Já tomou uma bateria de remédios e não melhora. Em quase três meses já perdeu mais de 20 quilos. Força muito em defecar e é muito mole e com perda de sangue e nada o está melhorando. O que faço? Meu marido quer que sacrifique, pois diz que nada vai resolver. Ele, embora muito magro, ainda brinca e é esperto. Minha casa fica toda melada e não é pouco e temo por meus filhos que são grandes mas adoram viver descalços. Obrigada pela atenção. (Marta Baião)

Por se tratar de um cão da raça Boxer, muito propenso à neoplasias maligna e pelo fato de se tratar das neoplasias localizadas em órgãos nobres, seria indicado procurar um veterinário para um rigorosa análise clínica e a possibilidade de uma eutanásia.
Fonte: Dr. Alberto Alcântara/Clube dos Bichos Pet Shop

Tenho duas cadelinhas yorkshire com 5 e 3 anos, e gostaria de saber se existe alguma técnica para fazer com que elas façam suas necessidades em um local específico. Elas têm um lugarzinho certo pra fazer na área de serviço, próximo à área em que elas se alimentam, mas muitas vezes elas fazem em outros cantos do apartamento. Existe algum produto que induzam a elas fazerem sempre num mesmo local? (Eduardo Peixoto)

Olá Eduardo! Sugiro que você mude o local onde elas se alimentam, pois os cães tendem a fazer suas necessidades bem longe de onde comem. Para auxiliar, existem produtos educadores sanitários de diversas marcas disponíveis em pet shops. Estes funcionam como um atrativo na hora de fazer cocô ou xixi. Além aplicar o produto, é importante seguir as instruções de uso, e que você observe o comportamento das cadelinhas e faça um agrado quando elas acertarem o local escolhido. Espero ter esclarecido sua dúvida. Boa Sorte!
Fonte: Izabelle Rossy/Hello Pet's

Meu poodle Barte de 5 anos gostava muito de crianças e do nosso gato Xanbinho; de um tempo pra cá, ele tornou-se muito agressivo com crianças e com o gato. Ele é muito querido por todos nós, mas essa atitude dele é muito estranha. Barte passa o dia sozinho dentro de casa, tem alguns brinquedinhos, até um ossinho para diminuir o stress, mas mesmo assim ele parte pra cima das crianças e do gato. O que fazer? (Gianne Gomes)

Olá Gianne! Vários fatores podem desencadear mudança de comportamento nos animais. Mudança na rotina do dono, a chegada de um novo animal ou até de uma criança na casa, diminuição dos passeios etc. Se ele fica agressivo com o gatinho e com as crianças especificamente, pode estar se sentindo ameaçado. Ou quer chamar atenção. Procure investigar o que está diferente na vida de Barte. Enquanto ele estiver assustado não force a aproximação com as crianças e o gato. Dê muito carinho e atenção para o Barte. Caso a situação não melhore, talvez você tenha que procurar um bom adestrador. Paciência. Boa Sorte!
Fonte: Izabelle Rossy/Hello Pet's

Tenho um cãozinho dashound com um ano de idade. Queria saber se posso introduzir outras opções de alimento para ele. Hoje ele só como ração. (Ana Paula Montenegro)

Olá Ana Paula! Não é necessário. A ração adequada já é um alimento completo, que nutre e previne a formação de tártaro nos dentes. Porém se você quiser dar um agradinho, como petiscos, biscoitinhos, as carnes em lata, específicos para cães, não há problema, desde que oferecidos com moderação. Boa Sorte!
Fonte: Izabelle Rossy/Hello Pet's

Moro em apartamento e possuo dois poodles - um de 3 anos e um de 2 anos. Desde que o mais novo aprendeu a urinar como os cães adultos (levantando a patinha) ele solta urina em vários lugares da casa. Ele ainda tem o jornal na área de serviço, mas mesmo assim ainda urina escondido pela casa. Já tentei de tudo desde castigo até palmadas, mas não tem jeito. Me incentivaram a castrá-lo, mas eu não queria resolver desta forma. O que devo fazer? (Carolina Brum)

Olá Carolina! Ele tem o comportamento dominante, comum em machos, e quer marcar o território. Você pode utilizar em casa um eliminador de odores especifico para cães, pois onde ele sentir o menor vestígio do cheiro de urina, irá fazer em cima. Utilize também um educador sanitário, para auxiliar.
Fonte: Izabelle Rossy/Hello Pet's

Tenho um cachorrinho poodle, ele tem 11 anos e de uns meses pra cá ele está tossindo muito, como se estivesse engasgado. Às vezes, ele acaba colocando para fora algum líquido. Gostaria de saber se é sério e o que fazer. (Danielle)

Danielle, é importante investigar o mais rápido possível. Cães dessa raça e idosos apresentam freqüentemente uma doença cardíaca chamada Degeneração Mixomatosa da Valva Mitral, onde o principal sinal é a tosse, podendo também estar relacionada com dificuldade respiratória, perda de peso, desmaios, intolerância ao exercício e mucosas pálidas ou arroxeadas. Nesses casos a tosse é secundária ao acúmulo de líquido no pulmão. Para diagnosticar seu médico veteriário solicitará alguns exames como radiografias do tórax, ecocardiograma e eletrocardiogramas.
Fonte: Dra. Cecília Carvalho, especialista em animais cardiopatas

Tenho uma dasch, salsichinha, e gostaria de colocá-la para cruzar. Gostaria de saber qual o melhor dia quando ela menstruar para ficar realmente grávida? Grata. (Rosana Alcoforado)

Geralmente o dia fértil é o 12º dia após o início do sangramento (variando entre 10º e 15º dia). Você deve aguardar pelo menos 9 dias após o início do sangramento para começar a testar a aceitação da sua cadelinha.
Fonte: Dra. Ana Luiza Guimarães / Bicho Mimado

Eu tenho duas gatas que tomaram remédio de vermes em agosto. Quando posso dar de novo outra dose do remédio? (Daniel Galvão)

Prezado leitor, a maioria dos vermífugos são prescritos com uma dose de reforço 15 ou 21 dias após cada administração. Se isso foi feito você deverá repeti-lo a cada 6 meses (se elas já forem adultas) e a cada 3 meses (se forem filhotes de até 1 ano de idade) ou se vierem a apresentar alguma sintomatologia, tendo em vista que o contato com o chão, por ser intenso, expõe o animal ao risco de uma nova infestação.
Fonte: Dra. Ana Luiza Guimarães / Bicho Mimado

Tenho um Lhasa Apso de 1 ano e 2 meses, bem tratado, mas tenho observado que os pelos estão caindo muito e estão sem vida. Além disso ela se coça muito o que faz surgir muitas dermatites. Gostaria de saber o que devo fazer para acabar com essa queda de pelos e pra evitar as dermatites? (Minelli)

Prezado leitor (a), as dermatites em cães são muito comuns, porém têm origens variadas, é preciso procurar um médico veterinário que identifique essa causa, ela pode ser alérgica, causada por ácaros, fungos ou bactérias, picada de insetos. A maioria das clínicas hoje dispõe de exames complementares que auxiliam neste diagnóstico, permitindo um tratamento preciso e mais adequado para cada caso.
Fonte: Dra. Ana Luiza Guimarães / Bicho Mimado

Dei as primeiras duas vacinas comercial comprada em aviário no meu rotwailer e a terceira foi uma importada no veterinário. Será que tenho que dar novamente as três doses? A importada já era a terceira dose. Me tire essa dúvida. (Fabiana)

Prezada leitora, a vacina comercial perde sua segurança principalmente se ela não foi administrada por um médico veterinário que tenha consultado seu animal antes de administrar a vacina. Se isso tiver acontecido, pelo menos mais um reforço da vacina importada após 21 ou 30 dias no máximo da última dose deve ser administrada para melhor segurança do seu animal, e o reforço anual como sempre.
Fonte: Dra. Ana Luiza Guimarães / Bicho Mimado

Tenho em minha casa uma jandaia verdadeira, que na verdade é o xodó de toda a família. De uns tempos para cá, notei que ela estava passando pelo um tipo flagelo, na realidade ela fica comendo as penas. Com orientação de uns amigos que possuem casa de rações. Foi aconselhado administrar remédios à base de cálcio. O que foi feito por um determinado período sem muito sucesso. Observando melhor vejo que ela fica como estivesse com algum tipo de pulga. Gostaria se fosse possível uma orientação como devo proceder. Não gostaria de perdê-la. (Plácido Marcelo)

Prezado leitor, seria interessante procurar um médico veterinário que avaliasse seu animal clinicamente. Alguns distúrbios nutricionais podem até ser a causa, mas pássaros também são acometidos por parasitas que devem ser identificados e devidamente tratados.
Fonte: Dra. Ana Luiza Guimarães / Bicho Mimado

Por favor, tenho uma Chihuahua de três anos, e ela começou com problemas nos pelos e depois na pele. Ela se coçava muito. Fizemos um exame histopatológico e o resultado foi foliculite superficial. Cuidamos com shampoos e rémedio, pomada etc. Melhorou e logo em seguida ela teve gravidez psicológica e voltou tudo novamente. Agora estamos secando o leite e entrando com antibiótico por causa da feridinha. Será que vocês poderiam me dar mais conhecimento dessa foliculite superficial? (Regina Aparecidha)

Regina, a foliculite superficial é uma das classificações da piodermatite segundo o grau de sua profundidade, sendo uma infecção bacteriana da pele, uma vez que na pele e no pêlo do animal existe uma microbiota normal que podem sofrer aderências e consequentes colonizações, e então desenvolver essa patologia .Porém neste caso, uma vez confirmado no histopatológico a foliculite superficial pode ser tratada e controlada mas devido a gravidez psicológica pode ter havido uma "queda" de imunidade e então ter retornado a foliculite, portanto deve-se controlar essa gravidez psicológica pois hoje em dia já existem tratamentos homeopáticos com bons resultados neste caso.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Tenho um Chow-Chow de 1 ano e 5 meses, Jackie Chan, e dei uma vacina de gripe quando o mesmo tinha entre 2 e 3 meses. É necessário vaciná-lo novamente quantos meses depois? (Fillipe S. Carneiro)

Filipe um filhote, deve ser vacinado da seguinte forma: vacina óctupla - V8: primeira dose com um mês de idade, segunda dose com dois meses, terceira dose com três meses; raiva - uma semana depois da última dose da V8. Após isso, apenas anualmente a V8 e raiva. Porém também existe a vacina contra a tosse dos cães que pode ser dada junto com a segunda dose da V8.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Tenho uma cadela porte pequena (cooker) e de um tempo para cá ela anda comendo as fezes do gato, isto já tem uns 5 meses, daí vendo aquilo eu sempre dou um vermífogo e agora a cadela está prenha e ainda continua comendo as fezes do gato, não dá para policiar sempre que posso por falta de tempo. Daí estou com dúvida se isto irá atrapalhar na gestação dos filhotes. O que faço? Existe algum método para ela parar de comer as fezes do gato? (Fábio Cruz)

Fábio, sua cadela pode está com carência de vitaminas principalmente nesse momento de gestação onde a fêmea necessita de suplementos vitamínicos e de preferência a substituição da ração de adulto para de filhote que seria mais protéica. Consulte o veterinário da sua cadelinha e ele indicará vários tipos de suplementos para gestantes que existem hoje em dia no mercado assim como rações excelentes.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Gostaria de saber quais plantas são nocivas ao cão? (Ana Cláudia)

Ana, são inúmeras as plantas que podem ser nocivas ao seu cãozinho, porém pode citar algumas como: Açafrão de outono (Colochicum autumnale), Amarílis (Amraryllis), Cereja-de natal (Solanum pseuducpsicum), Cogumelos - qualquer um que não possa ser facilmente identificado, Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia - muito perigosa), Coração-de-Maria (Decentra Spectabilis), Erva-dedal (Digitalis purpurea), Esporinha (Delphinium), Esramônio ou figueira-brava (Datura stramonium - muito perigosa), Hera-americana (Parthenocissus quinquefolia), Lírio-do-vale (Convallaria Majalis), qualquer espécie de flores de bulbos, Ruibarbo (Rheum Rhaponticum), Sanguinária-do Canadá ( Sanguinária canadensis), Urtiga (Urtiga dióica) e Visgo (Viscum álbum - muito venenosa).
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Tenho uma poodle de 4 anos. Gostaria de saber se existe algum risco para o cachorro ao fazer a cirurgia para retirada das placas bacterianas da boca. Tenho receio que ela morra durante a cirurgia e por isso ainda não fiz. Qual o procedimento mais seguro? (Gabriela Lapa)

Gabriela, a anestesia inalatória é a mais segura para procedimentos odontológicos em cães e gatos, pois necessitamos de um tempo grande de cirurgia já que devemos resolver tudo em uma única sessão, em média 2 a 3 horas. Observe se seu veterinário solicita exames complementares pré-operatórios como hemograma, bioquímica sérica, eletrocardiograma, etc, esta prática reduz bastante os riscos anestésicos. Veja bem, riscos sempre vão existir, mas se optamos por um tratamento de qualidade com uma equipe cirúrgica incluindo o veterinário dentista, anestesista, monitorização anestésica as chances de algo dar errado são mínimas. Não deixe de realizar o tratamento dentário do seu animal, uma boca saudável é garantia de vida longa com qualidade.
Fonte: Mariana Ramos, membro da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária (ABOV)

Tenho uma cadela S.R.D. de aproximadamente 6 anos e a adotei após ela ter sido atropelada. De acordo com a veterinária que a atendeu, ela teve cinomose e ficou com seqüelas, uma espécie de batimento, como se fosse um coração pulsando em sua cabeça e as patas com a pele mais áspera (a planta das patas). De uns tempos para cá, ela começou a apresentar uma descamação no focinho e agora uma das laterais do focinho praticamente se desprendeu totalmente. O que poderá ser isso? Já recorri a vários veterinários e nenhum deles deu uma solução. Por favor, me ajudem! É muito difícil ver o sofrimento dela com essa descamação do focinho, em alguns momentos até a respiração dela parece ficar mais sofrida por causa disso. Por favor, me ajudem!! (Simone Ferro)

Realmente a cinomose pode deixar sequelas que podem ser minimizadas ou até solucionadas com acupuntura. Quanto a descamação do focinho o mais indicado é ser feito algum exame como hemograma assim como exame de pele, além disso teria que ser avaliado o animal para detectar outros possíveis sinais e sintomas para ser diagnosticado e tratado.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Minha cachorrinha Pituxa vai fazer cinco aos. Ela não come ração e só come uma vez ao dia. Gostaria de saber uma ração bom e que se uma vez ao dia está certo. E também ela só come com carne em lata - sem carne ela não come. Gostaria também de saber se é errado eu dar dois banhos por semana. Eu enxugo ela no sol - ela passa mais ou menos meia hora . Isso é errado? Qual a melhor forma? E como limpar o ouvido dela, porque ela tem otite e sai muita cera. Como limpar? (Rita Cássia)

Hoje em dia existe no mercado várias marcas de rações. Procure uma de acordo com o porte do animal e que seja uma ração premium ou premium plus, pois essas rações são 100% de aceitação pelo animal. A ração pode ser oferecida duas a três vezes ao dia e não deve ficar exposta por muito tempo. Pode ser misturada a alimentação em lata porém em poucas quantidades. Quanto aos banhos, uma vez por semana seria suficiente, mas deve ser secada com toalhas e se possível com secador, para evitar problemas de pele. A otite deve ser tratada com os medicamentos específicos dependendo da gravidade e, após tratado, o ouvido deve ser sempre limpo com algodão ou gaze com soluções de limpeza de ouvidos encontrada em pet shop e clínicas veterinárias.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Minha Yorkshire faz xixi quando a gente brinca ou fala meloso com ela. Tem como educá-la para não ocorrer isto? Percebi que ela come as fezes. Isto quer dizer que está com verme? O que fazer? Ela tem 5 meses. (Valdney Santos)

Essas situações podem ser caracterizadas como um distúrbio comportamental mas que seria uma situação normal hoje em dia principalmente de cães criados em apartamentos ou que ficam muito tempo sozinhos etc e que fazem isso para expressar afeto e também sendo uma forma de chamar atenção principalmente sendo filhotes. Esses comportamentos podem ser minimizados colocando brinquedos para os cães, passeando pelo menos duas vezes ao dia com a finalidade de diminuir essa ansiedade. Quanto a vermifugação deve ser feita uma primeira dose e repetida com 15 dias e depois vermifugar pelo menos a cada 3 meses.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Oi, eu tenho um poodle que tem 5 anos e ele tem mania de lamber tudo o tempo todo, inclusive a ele mesmo. Isso é normal??? Passa o dia inteiro, só pára quando a gente fala não, mas se deixar fica o dia todo. E também, às vezes, ele fica mordendo a pata dele até ferir. (Ana Carolina)

Aconselho ser relaizado um exame de pele , caso seja descartada a hipótese de fungo ou sarna, o seu caozinho pode está com um comportamento de estresse, portanto deve caminhar com ele pelo menos duas vezes ao dia para diminuir sua ansiedade.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Quais são os sintomas que os cães apresentam quando estão infectados com a doença do carrapato? (Fabíola)

Quadros de vômitos, anemia, fezes escuras ou com sangue, apatia (o animal se apresenta triste), mas é essencial que seja realizado um hemograma com pesquisa de hematozoário para a confirmação e tratamento.
Fonte: Equipe de veterinários do Cardeal Pet

Eu tenho dois cachorros e eles têm mau cheiro na boca. Tem alguma coisa que posso fazer? (Daniel Galvão)

Daniel, 98% das causas de mau hálito nos cães esta realacionada a Doença Periodontal, ou seja, o acumulo de placa bacteriana, "tartaro" e inflamação gengival que causam esta infecção nos tecidos que circundam os dentes. Assim como nos, os cães devem ter seus dentes escovados diariamente para evitar estes problemas. Dependendo do grau de evolução da doença, o problema só será resolvido após tratamento cirúrgico para remoção dos abscessos e focos de infecção.
Fonte: Dra. Mariana Ramos, M.V, M.S.c. - Membro da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária - ABOV

Eu tenho uma fila brasileira. A pelagem dela é igual a um fila (o rosto), mas fiquei em dúvida porque ela tem uma mancha branca no fucinho. Pode me responder essa dúvida?? (Bráulio)

Não aceita-se manchas brancas se a pelagem é tigrada!! Isso para exposição, porém não significa que sua cadela não seja pura, apenas não é de uma linhagem excelente.
Fonte: Dra. Ana Luiza Guimarães Bessa, da Bicho Mimado Pet Shop

Possuo dois rotweillers de idades diferentes, criados em ambientes diferentes e uma vez colocados juntos brigam até sangrar, portanto tive que separá-los por cerca. Existe algum treinamento, dica, adestramento (eles possuem mais de 2 anos) ou alguma represália contra isso? (Patrícia Beber)

O adestramento seria a melhor opção, mesmo eles tendo dois anos de idade. É bom procurar um bom profissional de adestramento e caso ainda não resolva esta agressividade, uma opção seria castrar estes animais para acabar a relação de dominância do ambiente.
Fonte: Dra. Ana Luiza Guimarães Bessa, da Bicho Mimado Pet Shop

Meu nome é Laura. Sou brasileira e moro em Portugal. Quando vim, deixei meu cãozinho no Brasil, em Goiânia, uma cidade de clima muito quente. O Chiquinho é uma SRD de 5 anos. Pesa uns 9 kg, e é peludinho, mas tem o pêlo fino. Não fico sem ele, este ano eu o buscarei. Mas tenho uma grande preocupação em relação ao clima. O frio aqui dura uns 6 meses, e no inverno tem dias que chaga a 0º e até menos. Tenho muito medo dele não resistir ao frio, pois, mesmo dentro de casa, sentimos o frio, pois não dá pra ficar com o aquecedor ligado 24 horas por dia. As pessoas aqui acham engraçado minha preocupação, pois os cães aqui convivem muito bem com as baixas temperaturas. O problema é que ele está acostumado com clima quente, e mesmo aí treme de frio depois que toma banho. Ele vem no verão, pra poder se acostumar aos poucos. Ficaria muito agradecida se pudessem me orientar e me tranquilizar, pois tenho medo de que algo aconteça com ele. Obrigada. (Laura Jorge de Souza)

Da mesma forma que existem roupas de frio para nós (seres humanos), existem para os cães. Elas podem ser usadas até que a adaptação ao frio ocorra. E não se precisa se preocupar tanto: os cães se adaptam muito melhor do que nós as mudanças de temperatura ambiental e além do mais o pêlo mesmo fino já é uma proteção natural.
Fonte: Dra. Ana Luiza Guimarães Bessa, da Bicho Mimado Pet Shop

Existe algum remédio caseiro para eliminar fungos na pele de um cocker spaniel? Me falaram de algo como iodo+aspirina+óleo mineral. É possível utilizar ivomec em cães? Pode diminui casos de fungos na pele? (Rosella)

É preferível que você procure um médico veterinário. Muitas vezes são necessários exames complementares que identificam quem é o agente causador da lesão na pele, nem sempre é fungo. O Ivomec não tem atuação em fungos, embora que pode ser aplicado com cautela (algumas raças não pode, e a dose tem que ser calculada de acordo com o peso do animal) em casos de sarna.
Fonte: Dra. Ana Luiza Guimarães Bessa, da Bicho Mimado Pet Shop

Tenho uma cadela poodle micro toy, de dois anos, e está prenha de um cachorro da mesma raça. Vai ser a primeira cria dela. Pergunto: o que posso dar para ela comer além de ração de filhote para ajudar no parto? Isso influencia muita coisa? (Juliana)

Uma ração de filhote e de preferência super prêmio, já é ótimo, principalmente durante o segundo mês de gestação e a fase de lactação, onde o organismo mais requer nutriente. Quanto à suplementação nutricional, seria bom procurar um veterinário para uma consulta pré-natal, se houver alguma anemia ou ganho insuficiente de peso, ele irá indicar algum nutracêutico para cadelas gestantes, já existem vários no mercado pet.
Fonte: Dra. Ana Luiza Guimarães Bessa, da Bicho Mimado Pet Shop


  • Qual a história do seu pet? O que ele tem de diferente dos outros?

  • Quer adotar um animalzinho de estimação? confira nossa lista

  • Tire dúvidas com especialistas sobre saúde e cuidados do seu bichinho

  • O Namoro.com é uma rede social para cães e gatos

  • Perdeu seu pet? mande a foto e os dados dele, nós ajudamos a encontrá-lo

  • Confira várias dicas de alimentação e nutrição para cães e gatos

Canal traz todas as informações para quem anda de bike, seja como prática diária ou diversão de fim de semana. Fique por dentro das novidades da ciclofaixa, confira dicas para andar com segurança e acesse também um mapa exclusivo com a localização dos bicicletários do Recife, Olinda e Jaboatão

Pernambuco é um polo de Tecnologia. Aqui nascem grandes empresas e circulam ideias para negócios que extrapolam as fronteiras do estado. Confira as últimas notícias do setor







SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss

[X Fechar]