TECNOLOGIA

Porto de Suape lança aplicativo que promete revolucionar operações no complexo

Publicado em: 25/01/2022 19:35

 (Foto: Sandy James/Esp. DP Foto)
Foto: Sandy James/Esp. DP Foto
Com o intuito de integrar o complexo às novas demandas do mercado e aperfeiçoar o sistema tecnológico do mesmo, o Porto de Suape lançou seu próprio aplicativo nesta semana. Além de apresentar a localização das embarcações que se aproximam do porto, o App Suape possibilitará, entre outras coisas, o acesso às novidades do complexo e às ações socioambientais realizadas pela empresa.

O principal intuito da ferramenta é facilitar o trabalho dos funcionários e empresários do porto, além de aproximar o público externo. Desenvolvido pela diretoria de Planejamento e Gestão em parceria com a escola de inovação Cesar School, o aplicativo é o primeiro passo do Programa de Inovação de Suape – um plano ambicioso de modernização do porto. 

O lançamento do app ocorreu nesta terça-feira (25) no auditório do Centro de Artesanato de Pernambuco, no bairro do Recife, e contou com as presenças do diretor de Gestão Portuária do porto, Paulo Coimbra; do diretor de Planejamento e Gestão, Francisco Martins; do coordenador de Informações Territoriais, Gleidson Dantas; do fundador do Instituto Cesar e do Porto Digital, Silvio Meira, e do presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe), Roberto Abreu. 

Dantas foi o responsável pela apresentação do aplicativo. O coordenador expôs o dinamismo do programa e elencou suas funções ao público presente. 

O diretor-presidente da estatal Roberto Gusmão participou do evento de maneira remota. Em sua intervenção, ele destacou a importância do Marine Traffic (serviço online de rastreamento de navios) para o app

“O grande objetivo, principalmente do setor de e-commerce, aquilo que a gente vai ter daqui a alguns anos, é entregar em meia-hora aquele equipamento que você pediu pelo aplicativo. Então, cada vez mais a informação estabelecida vai melhorar muito a ineficiência desses mecanismos logísticos, para que ao invés de você aumentar a cadeia física você aumente a sua eficiência operacional”, considerou Gusmão.

O propósito das inovações que estão realizadas, segundo o presidente da empresa, é efetuar todas as operações alfandegárias, operacionais e burocráticas antes das embarcações ancorarem no porto.

Martins destacou que o aplicativo é apenas o começo desse processo. “Esse setor ainda precisa de muita inovação e, principalmente, a informação correta para que os outros componentes logísticos tenham mais condição de ter uma estrutura de mais eficiência”, comentou.

Mestre e doutor em Ciência da Computação, Meira aponta que o produto servirá para incrementar o processo logístico do porto, estruturando o processamento, a sistematização e a apresentação de informações, antecipando a tomada de decisões. 

“Você tem um conjunto limitado de condições de atracação e você tem normalmente, num porto muito ocupado como Suape, um conjunto maior de navios querendo ficar no porto do que o número de vagas. Quando você consegue capturar a informação do navio propriamente dito, usando satélite, usando a internet a partir do navio, a localização do navio, o tipo de carga que ele vai descarregar, o tempo previsto para descarregar a carga e carregar uma outra, você começa a usar informação de maneira estratégica para otimizar o uso de um recurso escasso que é o espaço do porto”, avalia.

O aplicativo já pode ser baixado nos dispositivos com sistema Android e em breve estará disponível na App Store, da Apple.

TAGS: tecnologia | app | porto | suape |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Mais lidas

Últimas