ONU

Peru propõe acordo global na ONU para acesso a patentes de vacinas anticovid

Por: AFP

Publicado em: 21/09/2021 20:51

 (Foto: POOL / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
)
Foto: POOL / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
O presidente do Peru, Pedro Castillo, propôs nesta terça-feira (21) "um acordo global" entre os líderes dos países e os donos das patentes, para garantir "acesso universal" à vacina contra a Covid-19, durante seu discurso na Assembleia Geral da ONU.

“Quero propor em nome do Peru a assinatura de um acordo global entre chefes de Estado e detentores de patentes, para garantir o acesso universal às vacinas para todos os habitantes do planeta, sem discriminação ou privilégios”, declarou o presidente peruano aos líderes do mundo na tribuna da ONU em Nova York.

“Precisamos de igualdade no acesso às vacinas para permitir o acesso a todos os países”, acrescentou.

Castillo, um professor rural e sindicalista de esquerda, destacou que um acordo de compartilhamento de patentes "seria um sinal de nosso compromisso com a saúde e a vida de todos os povos".

O Peru é um dos países mais atingidos pela pandemia e tem a maior taxa de mortalidade do mundo, com pouco mais de 600 mortes por 100.000 habitantes.

A vacinação tem progredido em ritmo moderado desde que começou em fevereiro e 9,4 milhões de pessoas foram vacinadas com duas doses, 34% da população em idade de vacinação (a partir dos 12 anos), segundo autoridades sanitárias.

O Peru, de 33 milhões de habitantes, registra 2,16 milhões de casos de Covid-19 e mais de 199.000 mortes desde o início da pandemia, em março de 2020.

TAGS: vacinas | pandemia | castillo | peru | onu |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Mais lidas

Últimas