EM CIMA DA HORA

Bolsonaro desmarca entrevista na ONU e deve antecipar volta ao Brasil

Publicado em: 21/09/2021 16:17

 (foto: POOL / AFP)
foto: POOL / AFP
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desmarcou uma entrevista que daria a ONU News, site de notícias da entidade, após seu pronunciamento na Assembleia-Geral, nesta terça-feira (21), em Nova York. O compromisso foi cancelado em cima da hora, segundo a Folha de São Paulo. 
 
Pela manhã, Bolsonaro fez o discurso de abertura do evento, em que disse querer rebater informações divulgadas sobre seu governo pela imprensa internacional.

“Venho aqui mostrar o Brasil diferente daquilo publicado em jornais ou visto em televisões”, afirmou no início do discurso.  

Depois de falar no plenário, o presidente não compareceu à entrevista marcada com a equipe do site das Nações Unidas. Ele preferiu deixar o prédio da sede da entidade pouco depois do pronunciamento.

Desde domingo (19), quando desembarcou nos Estados Unidos, Bolsonaro tem evitado a imprensa. Até a manhã desta terça, não havia parado em nenhum momento para responder perguntas de jornalistas que acompanham a viagem.

Na segunda-feira (20), o presidente ironizou que seu discurso seria em braile, em referência ao sistema de escrita e impressão destinado a pessoas com deficiência visual. A declaração foi dada a jornalistas na saída do restaurante do hotel em que a comitiva brasileira está hospedada.
 
Já na manhã desta terça-feira, Bolsonaro publicou um vídeo no Facebook, criticando um pequeno protesto contra ele, na noite de segunda. 

Atacando a imprensa, ele disse que o grupo de menos de 10 pessoas estava no local fazendo escarcéu e que seria divulgado nos veículos de comunicação como uma grande manifestação contra ele.
 
“Esse bando nem sabe o que tá falando, devia ir para um país socialista e não aqui nos Estados Unidos. A imprensa vai dizer que tem muita gente, pessoal não tem nada, só porcaria dentro da cabeça.”

Encontro com autoridade e volta ao Brasil antecipada

Nesta tarde, Bolsonaro não tem eventos oficiais em Nova York, de acordo com sua agenda. Há a expectativa de que a comitiva antecipe a volta ao Brasil, marcada inicialmente para as 22h pelo horário de Brasília.

Em uma rede social, o Itamaraty divulgou um encontro entre Bolsonaro e o presidente da Polônia, Andrzej Duda. Eles trataram do acordo do Mercosul com a União Europeia, da entrada do Brasil na OCDE e da cooperação bilateral em assuntos de defesa. 

“Os presidentes ressaltaram o excelente momento das relações Brasil-Polônia, baseadas em valores compartilhados, como liberdades individuais, democracia e livre mercado”, disse a pasta.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Mais lidas

Últimas