ENEM

Tudo o que você precisa saber sobre o Enem digital, que terá redação manuscrita

Publicado em: 26/01/2021 20:58

 (Foto: Ed Alves/CB/D.A.Press)
Foto: Ed Alves/CB/D.A.Press
A primeira, e inédita, versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá o primeiro dia de aplicação neste domingo (31) em 104 cidades brasileiras. Apesar da nomenclatura, o Enem digital não é uma avaliação remota: os candidatos farão provas presenciais e uma redação escrita, como na versão impressa.

Dessa forma, os 93,2 mil inscritos nesta modalidade devem consultar o local de provas no Cartão de Confirmação de Inscrição, disponível na Página do Participante e separar os itens necessários para a prova: documento de identificação, caneta preta feita em material transparente e máscara facial.

Prova será virtual, mas redação é escrita à mão

Neste domingo (31), os participantes resolverão 45 questões de linguagens e códigos e ciências humanas, e suas tecnologias, por meio de um computador preparado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no local de prova determinado. O inscrito também fará a redação, só que esta deve ser escrita à mão, por isso a caneta preta é indispensável.

Participantes devem responder apenas a questões da língua estrangeira escolhida

O órgão orienta aos candidatos que, como na versão impressa, respondam apenas às questões de língua estrangeira escolhida na inscrição.

Caso tenha alguma dúvida, é possível perguntar ao fiscal de sala. O Inep afirma que cerca de 30 mil colaboradores estão capacitados para auxiliar os participantes no Enem digital, entre eles estão supervisores e auxiliares de tecnologia. Os computadores utilizados pelos participantes terão uma cabine de proteção, para evitar contágio e também cópia das respostas.

Inscritos infectados devem pedir reaplicação

Candidatos diagnosticados com Covid-19 ou que apresentaram sintomas da doença na véspera do exame não devem fazer a prova. Para estes, o Inep prevê a reaplicação, em 23 e 24 de fevereiro.

É necessário solicitar a reaplicação, por meio da Página do Participante, em data a ser divulgada pelo Inep. Para quem foi diagnosticado na semana anterior ao primeiro dia, a regra é fazer o pedido até as 12h deste sábado (30). O candidato deve comprovar a condição de saúde, por meio do envio de laudo ou exames médicos na plataforma.

Inscritos que apresentaram outras doenças infectocontagiosas previstas no edital do Enem (como coqueluche, varíola, sarampo e rubéola) devem fazer o mesmo procedimento.

Confira abaixo um guia com informações completas sobre o Enem 2020 digital

No dia da prova

Planeje o dia para não perder o horário de abertura dos portões, que neste ano foi antecipado em 30 minutos. Confira tudo o que você precisa saber para o dia da prova:

Horários do primeiro dia
  • 11h30: horário de abertura dos portões. Assim, os candidatos terão 30 minutos a mais para chegar até o local, o que, no total, dará uma hora e 30 minutos para o processo de chegada, identificação e conferência de sala. 
  • 13h: horário de fechamento dos portões. Esse horário é o mesmo de todos os anos e não mudou. 
  • 13h30: previsão para o início do primeiro dia de prova. 
  • 19h: previsão para o término do primeiro dia de prova. 

Horários do segundo dia
  • 11h30: horário de abertura dos portões. Assim, os candidatos terão 30 minutos a mais para chegar até o local, o que, no total, dará uma hora e 30 minutos para o processo de chegada, identificação e conferência de sala. 
  • 13h: horário de fechamento dos portões. Esse horário é o mesmo de todos os anos e não mudou.
  • 13h30: previsão para o início do segundo dia de prova 
  • 18h30: previsão para o término do segundo dia de prova. Vale lembrar que, neste dia, você tem menos tempo para fazer as provas de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. No primeiro dia de prova, há mais tempo por causa da redação. 
O que você precisa para entrar no local de prova

Na hora de separar os itens necessários para a seleção, não esqueça da máscara de proteção, obrigatória para ingresso no local de prova. Confira uma lista do que levar no dia do exame:
  • Máscara: o candidato sem máscara poderá ser impedido de realizar o exame.
  • Documento de identificação válido: RG; identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros; Carteira de Registo Nacional Migratório ou Documento Provisório de Registro Nacional Migratório; Passaporte; Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e Carteira de Trabalho. 
  • Caneta de tinta preta feita em material transparente: caneta de material não transparente, lápis, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos não serão permitidos na prova. 
  • Álcool higienizador: álcool em gel ou líquido em borrifadores transparentes são essenciais. Especialistas aconselham o uso do álcool líquido para facilitar a limpeza das superfícies e das mãos rapidamente. 
  • Lanche e água: ainda são permitidos, mas lembre-se de guardá-los em saquinhos transparentes para proteger os alimentos. Após comê-los, coloque a máscara imediatamente. 
  • Cartão de confirmação: apesar de não ser obrigatório, o Inep recomenda ao candidato que leve o Cartão de Confirmação nos dias de aplicação. O motivo é que no documento há todas as informações sobre o local e a hora do exame, além de registrar a necessidade de atendimento especializado. O cartão está disponível na Página do Participante, no site do Enem. 
Local de provas terá distanciamento e higienização

Quem for fazer a prova deve estar ciente de que precisará permanecer de máscara facial durante todo o período de permanência no local do exame. O Inep afirma que quem não utilizar o protetor ou utilizá-lo de maneira incorreta, sem cobrir totalmente nariz e boca, sem justificativa, será eliminado da prova.

O protetor será retirado para a identificação do estudante, na sala em que o candidato fará a prova. Após a identificação, a higienização das mãos com álcool em gel é obrigatória. Além disso, o candidato poderá não fazer o uso do item ao se alimentar ou beber água. Nesses momentos, a instrução é manusear o objeto pelas alças.

De acordo com o Inep, cada sala da aplicação das provas terá apenas 50% da capacidade utilizada. Confira o cronograma completo da seleção:
  • 17/1: primeiro dia do Enem impresso 
  • 24/1: segundo dia do Enem impresso 
  • 31/1: primeiro dia do Enem digital 
  • 7/2: segundo dia do Enem digital 
  • 23/2: primeiro dia do Enem PPL e reaplicação 
  • 24/2: segundo dia do Enem PPL e reaplicação 
  • 29/3: resultado
TAGS: inep | mec | enem |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Mais lidas

Últimas