CORONAVÍRUS

Brasil registra mais 34.130 infecções e 514 mortes pela Covid-19

Publicado em: 27/11/2020 20:16

 (Foto: Michael Dantas/AFP)
Foto: Michael Dantas/AFP
O Brasil confirmou nesta sexta-feira (27) mais 34.130 novas infecções pelo novo coronavírus e 514 mortes em decorrência da Covid-19. Com isso, o país já soma 6.238.350 casos positivos e 171.974 óbitos. Os dados são do balanço oficial divulgado diariamente pelo Ministério da Saúde.

A média móvel de casos e mortes oscilou durante essa semana, mas com os novos números o índice caiu. De acordo com análise do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), por dia, estão morrendo 480 pessoas e há acréscimo diário de 31.169 casos.

Apesar do recuo na média móvel nesta sexta, os brasileiros veem o número de casos aumentar por semana epidemiológica desde a 46ª semana. Neste sábado, o país fechará a 48ª. Caso registre a média de infecções e óbitos — de 31.169 casos e 480 mortes — amanhã, ultrapassará os números da 47ª semana epidemiológica, a última concluída. Para superar, faltam apenas 18.264 diagnósticos positivos e 347 mortes. Com isso, a 48ª semana superaria os números de casos e óbitos da 46ª.

Estados
No Brasil, das 27 unidades federativas, 24 registram números acima de mil mortos pelo novo coronavírus. São Paulo (41.902) e Rio de Janeiro (22.448) são os dois estados com mais de 20 mil óbitos cada.

Ainda acumulando mais de mil mortes pela Covid-19 estão: Minas Gerais (9.948), Ceará (9.568), Pernambuco (8.999), Bahia (8.207), Pará (6.892), Rio Grande do Sul (6.725), Goiás (6.305), Paraná (6.078), Amazonas (4.869), Maranhão (4.272), Espírito Santo (4.222), Mato Grosso (4.064), Distrito Federal (3.915), Santa Catarina (3.667), Paraíba (3.283), Rio Grande do Norte (2.678), Piauí (2.608), Alagoas (2.331), Sergipe (2.296), Mato Grosso do Sul (1.754), Rondônia (1.535) e Tocantins (1.157).

Apenas três estados registram menos de mil fatalidades pela Covid-19 cada: Amapá (805), Roraima (724) e Acre (722).

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Mais lidas

Últimas