REDES SOCIAIS

Sem máscara no Instagram, deputado se justifica: 'estava cumprindo minha missão'

Publicado em: 05/07/2020 20:29 | Atualizado em: 05/07/2020 20:49

Parlamentar publicou vídeo em bar onde aparece sem máscara em aglomeração de pessoas também sem usar o equipamento (Foto: Reprodução / Instagram)
Parlamentar publicou vídeo em bar onde aparece sem máscara em aglomeração de pessoas também sem usar o equipamento (Foto: Reprodução / Instagram)
O deputado estadual Wanderson Florêncio (PSC) foi alvo de polêmica nas redes sociais neste domingo (5). Em seus stories no Instagram, o parlamentar foi visto sem usar máscara em uma visita ao bairro do Jordão, Zona Sul do Recife. Wanderson estava em visita ao bairro e publicou em seu perfil dois momentos em que não estava usando a proteção facial. As publicações do deputado ganharam repercussão após postagem do perfil Estagiário Social 1, também no Instagram.
 
 

Ao Diario, Wanderson se defendeu afirmando que os registros sem máscara foram em momentos pontuais da visita. “O que foi registrado, quando eu estava sem máscara, foram dois momentos. Um quando eu estava tomando caldo de cana, mas estava com minha máscara na outra mão. No outro momento, eu parei para tomar um caldinho e um grupo me chamou para tirar foto. Posso até ter tido uma falha, de tirar foto sem a máscara. Mas eu estava com ela na mão e o caldinho na outra e o pessoal me chamou. No bairro do Jordão eu fui o segundo mais votado na eleição passada, só perdi para Gleide Ângelo (PSB), conheço muita gente lá”, afirmou o deputado.


O parlamentar justificou a visita ao Jordão dizendo que está fazendo um giro pelas comunidades após o momento de reabertura gradual durante a pandemia de Covid-19. “Eu estou fazendo a minha parte. Desde o dia primeiro de julho, quando teve esse novo momento da questão do isolamento, quando foram abertos alguns estabelecimentos e está sendo feita essa retomada, nós, eu e minha equipe, estamos visitando bairro por bairro, a gente indo presencialmente verificar as denúncias de lixo, barreiras, transporte coletivo, falta de água, enfim, a gente tá saindo da comodidade de estar dentro de casa. Eu tenho quatro filhos, eu poderia estar dentro de casa cuidando deles, também tem minha sogra aqui, com mais de 60 anos de idade. Me arriscando também para cumprir minha missão pública. A gente sabe que o patrulhamento é grande, principalmente nas redes sociais”, disse Wanderson.

“A mulher que me vendeu o caldinho higienizou minhas mãos e o próprio copo de caldinho com álcool. Achei até cuidadoso da parte dela. Quando a gente tirou a máscara, ela pegou o álcool. Eu não ia me negar a tirar foto com o pessoal, não podia. A gente estava com a máscara o tempo todo, mas não dá para tomar caldinho de máscara. Agora, deixo o registro: nas comunidades, 80% das pessoas não está usando máscara”, continuou o parlamentar, que concluiu: “Eu não faço nada escondido, por isso eu posto. E digo: eu estou expondo minha família em prol da minha missão”.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Mais lidas

Últimas