AUDIOVISUAL

Disco de Aldir Blanc e Maurício Tapajós inspira série de comédia dramática

Publicado em: 04/06/2020 19:45 | Atualizado em: 04/06/2020 20:06

A memória da juventude levou o diretor Frederico Cardoso a criar e dirigir Imagem vinil, uma inédita adaptação visual do disco para série de ficção.  (Foto: Divulgação)
A memória da juventude levou o diretor Frederico Cardoso a criar e dirigir Imagem vinil, uma inédita adaptação visual do disco para série de ficção. (Foto: Divulgação)

O som dos discos de vinil que ecoava na sala da casa do jovem Frederico Cardoso nos anos 1980, período em que ele se dedicava a ouvir punk, aguçou sua curiosidade ao se deparar com o álbum Aldir Blanc & Maurício Tapajós (1984). Na ausência dos pais em casa, Frederico se debruçava a conhecer o trabalho executado pelos dois artistas. Do encarte às faixas, todas as partes do emblemático LP duplo passaram por uma análise criteriosa. A memória da juventude levou Cardoso a criar e dirigir Imagem vinil, uma inédita adaptação visual do disco para série de ficção. A produção será exibida em rede nacional a partir desta quinta-feira (4), às 21h, na TV por assinatura Prime Box Brazil, com reprise na segunda (8), às 10h30 e sexta (12), às 10h. Novos episódios serão exibidos às quintas, sempre às 21h. A série homenageia os cantores Maurício, falecido há 25 anos, e Aldir, que veio à óbito no mês de maio.

"O encarte com capa do artista plástico Mello Menezes, repleto de poesias, textos, charges, de artistas/amigos da dupla Aldir-Tapajós, junto com as letras e melodias, me levavam a viajar muito mais profundamente naquele universo do que eu estava acostumado nas minhas outras vivências musicais. Este disco me levou mais além. Me levou para uma viagem que faço até hoje por diversos estilos musicais de todas as épocas. Minha sensação é que a partir dele eu chego em qualquer lugar", lembra Frederico Cardoso.

De acordo com o diretor, quando as séries independentes começaram a ser possíveis no Brasil, a partir da criação do Fundo Setorial do Audiovisual, foi automático pensar em transformar o LP em um produto visual. "A luta foi de anos. Lembro de ter a proposta já madura e eu começar a pensar em sua viabilização em 2010. E cá estamos, dez anos depois, estreando", destaca. A partir das 20 composições autorais do disco, Imagem vinil dá vida à uma comédia dramática, que desnuda a rotina intensa e conflituosa entre jovens frenéticos e idosos conservadores da Tijuca, bairro situado entre a Zona Norte e a Zona Sul do Rio de Janeiro.

Capa do álbum, lançado em 1984 (Foto: Acervo)
Capa do álbum, lançado em 1984 (Foto: Acervo)

"Escutando o disco repetidas vezes, entendi as letras pelo pensamento visual. O desafio foi transpor não só as faixas, mas poesias e pinturas do LP, que parece um livro. Vejo nitidamente nos episódios a realidade paralela e atemporal que Aldir e Maurício criaram”, conta Frederico. O roteiro de onze episódios independentes é construído a partir do entendimento dos espaços físicos, diálogos e sentimentos presentes na criação dos letristas. “Há, no entanto, interpretações minhas e dos atores, haja vista que a riqueza de detalhes das composições dá margem a diferentes compreensões”, pondera Frederico.

Os episódios são encenados por Guida Vianna, Lionel Fischer, Roberto Rodrigues, Júlia Cartier Bresson, Vitória Rangel, Marcello Melo, Maria Clara Guim, Christian Santos, Anderson Quack, Flávio Bauraqui e Arlindo Paixão. O Bar da Dona Maria, boteco na Rua Garibaldi onde Aldir e Maurício se reuniram com parceiros para compor foi um dos cenários escolhidos, além do Estádio do Maracanã, Praça da Bandeira, Avenida Brasil, ruas e comércios da região.

"Os personagens flutuam por toda a série e ajudam as narrativas de cada um dos episódios, que contam histórias independentes entre si. Além deles, todos os episódios são ambientados na Tijuca e os cenários se repetem, o que também colabora na compreensão da série como um todo. Estes dois aspectos são chave para que os cruzamentos de narrativas entre episódios criados nos roteiros possam funcionar", destaca Cardoso.

Maurício Tapajós e Aldir Blanc (Foto: Acervo)
Maurício Tapajós e Aldir Blanc (Foto: Acervo)

Para desenvolver o trabalho, Cardoso contou com a ajuda dos filhos do Maurício Tapajós, Lúcio e Márcio, e de uma das filhas do Aldir Blanc, Patrícia e sua esposa, Mary, além do próprio, que participou de toda a produção. Às vésperas do lançamento, o Brasil perdeu Aldir, vítima da Covid-19. "Profunda felicidade, emoção e honra, apesar da perda. Passei a considerar Aldir um amigo. Gostaria que ele tivesse aqui para assistirmos juntos o lançamento da série, mas ele só pôde assistir nos arquivos que levei em sua casa, quando o entrevistei para o making of", lamenta o diretor. Frederico explica, ainda, que as imagens de bastidores acabaram se tornando um documentário sobre Maurício Tapajós pela voz do Aldir.

SERVIÇO
Série Imagem vinil
Estreia: 4 de junho, às 21h
Último episódio: 6 de agosto
Canal de TV por assinatura: Prime Box Brazil
Episódios: 10 episódios de 30 min
Novos episódios: quintas-feiras, às 21h
Reprises: Segundas-feiras, às 10h30, e sextas-feiras, às 10h
Classificação etária: 14 anos
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Mais lidas

Últimas