INCÊNDIO

Universal admite destruição de gravações originais de astros da música

Publicado em: 17/02/2020 17:53

 (Fotos: Divulgação )
Fotos: Divulgação
A gravadora americana Universal reconheceu ter perdido masters (gravações originais) de diversos artistas, como Nirvana e Elton John, no incêndio que atingiu o Universal Studios Hollywood em 2008.

Em 2019, o jornal The New York Times publicou a investigação que revelou a destruição de cerca de 500 mil gravações, entre elas fitas originais, as chamadas masters.

Em novos documentos anexados ao processo coletivo iniciado por diversos artistas, a gravadora reconheceu pela primeira vez que gravações originais de Nirvana, Elton John, Sonic Youth, Beck, Soundgarden, R.E.M. e Sheryl Crow, entre outros músicos, foram danificadas ou perdidas no acidente.

Também foram citados nos documentos Bryan Adams, David Baerwald, Jimmy Eat World, Les Paul, Peter Frampton, Michael McDonald, Slayer, Suzanne Vega, Surfaris, White Zombie e Y&T.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Mais lidas

Últimas