Tumulto

Briga antes do desfile das Virgens do Bairro Novo viraliza nas redes

Publicado em: 16/02/2020 17:37 | Atualizado em: 16/02/2020 18:48

Segundo a PM, tumulto aconteceu porque dois grupos se encontraram a caminho da festa e começaram a brigar. (Foto: Reprodução/WhatsApp.)
Segundo a PM, tumulto aconteceu porque dois grupos se encontraram a caminho da festa e começaram a brigar. (Foto: Reprodução/WhatsApp.)
As Virgens do Bairro Novo desfilaram pelas ruas de Olinda na manhã deste domingo (16), mas momentos antes da festa começar, a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) foi acionada para conter um tumulto causado por uma briga entre dois grupos na Avenida Getúlio Vargas, um dos locais onde o evento passa. As imagens da confusão viralizaram nas redes sociais ao longo do dia.

A confusão aconteceu em frente a uma farmácia. No vídeo, por WhatsApp para o Diario de Pernambuco, se vê muita gritaria, correria e agressões físicas. Por dois momentos, uma grande aglomeração de pessoas se une para trocar tapas, socos, pontapés e empurrões. “Dois grupos se encontraram a caminho do desfile e começaram a brigar. De imediato, o 1º BPM, responsável pela coordenação da segurança, deslocou patrulhas para o local, reestabelecendo a tranquilidade na área”, explica a PMPE, em nota.

Chegou-se a especular um possível arrastão, o que a PM nega. Por fim, a corporação ressalta que mais de 500 homens trabalharam no desfile das Virgens do Bairro Novo, “para garantir a alegria dos foliões, nesta que é uma das mais genuínas festas do povo pernambucano”.

A Polícia Civil também se pronunciou sobre o ocorrido, afirmando que "várias pessoas foram detidas em confusões ocorridas durante o desfile". Entretanto, não quantifica a quantidade de prisões. "Durante as investigações, serão confrontadas as imagens que circularam nas redes sociais para identificação dos partícipes e suas responsabilidades criminais identificadas. O caso será investigado pela Delegacia do Varadouro", diz a instituição, em nota.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Mais lidas

Últimas