PAULISTA

Primeiro caso de sarampo de 2020 é confirmado no estado em menina de 1 ano

Publicado em: 23/01/2020 18:50 | Atualizado em: 23/01/2020 20:29

 (Foto: Paulo Paiva/DP)
Foto: Paulo Paiva/DP
Uma menina de 1 ano que mora em Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR), é a primeira paciente com diagnóstico de sarampo confirmado no estado em 2020. A criança começou a apresentar sintomas da doença no dia 3 deste mês. A confirmação está no último boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES), divulgado nesta quinta-feira (23).

Nas duas primeiras semanas epidemiológicas do ano, isto é, até o último dia 11, foram notificados 18 casos de sarampo em Pernambuco, com uma confirmação e seis casos descartados. Em 2019, foram notificados 1.236 casos suspeitos de sarampo. Desses, 289 foram confirmados e 656 descartados.

No ano passado, de acordo com dados preliminares da SES, foram aplicadas 786.506 doses da vacina tríplice viral em Pernambuco. A quantidade é 50% maior do que o mesmo período de 2018, com 524.332 doses. Além do sarampo, a imunização protege conta a rubéola e  caxumba.

A tríplice viral é disponibilizada de rotina nos postos de saúde para a população de 6 meses a 49 anos. Entre os dias 10 de fevereiro e 13 de março deste ano, haverá campanha nacional para vacinação contra o sarampo para a população entre 5 e 19 anos. 

Risco

As crianças são as mais suscetíveis a complicações e óbitos por sarampo. A incidência de casos em menores de 1 ano é nove vezes maior em relação à população em geral. A cada 100 mil habitantes, 52 crianças nessa faixa etária tiveram confirmação para a enfermidade no país. A segunda faixa etária mais atingida é de 1 a 4 anos. Dos 194 países signatários do Regulamento Sanitário Internacional, 182 reportaram casos confirmados de sarampo, sendo que a Europa (53 países) e o Sudeste Asiático (11 países) apresentaram casos em todos os seus países.

Entenda como funciona a vacinação:

A vacina tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba e está disponível de rotina nas salas de vacina dos municípios. A imunização com a tríplice deve seguir o seguinte esquema:
- Crianças entre 6 meses e 11 meses devem tomar uma dose da tríplice viral. Importante ressaltar que essas crianças precisarão seguir o esquema normal de imunização a partir dos 12 meses.
- Indivíduos de 1 ano a 29 anos de idade: 2 doses da tríplice viral;
- Indivíduos de 30 a 49 anos de idade não vacinados: 1 dose da tríplice viral;
- Profissionais de saúde não vacinados: 2 doses com a vacina tríplice viral independente da idade, com intervalo mínimo de 30 dias entre elas.

Casos confirmados de sarampo em Pernambuco:

2020
Paulista - 1 caso

2019
Abreu e Lima: 1
Arcoverde: 1
Bezerros: 2
Bonito: 1
Brejo da Madre de Deus: 12
Cabo de Santo Agostinho: 5
Camaragibe: 3
Carpina: 2
Caruaru: 23
Cupira: 2
Custódia: 3
Frei Miguelinho: 1
Glória do Goitá: 2
Gravatá: 3
Ipojuca: 1
Itaíba: 1
Jaboatão dos Guararapes: 13
Jataúba: 2
Lagoa do Carro: 7
Limoeiro: 1
Olinda: 7
Palmares: 1
Paulista: 11
Recife: 39
Riacho das Almas: 1
Santa Cruz do Capibaribe: 60
Santa Maria do Cambucá: 1
Sertânia: 2
Tacaimbó: 1
Taquaritinga do Norte: 37
Timbaúba: 1
Toritama: 24
Vertentes: 18
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas