explosão Homem vítima de explosão de barco no Acre morre em hospital de BH

Por: João Henrique do Vale

Por: Estado de Minas

Publicado em: 28/06/2019 08:04 Atualizado em:

O acidente aconteceu em 7 de junho. Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
O acidente aconteceu em 7 de junho. Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Morreu, na quinta-feira (27), mais uma vítima da explosão de um barco no Acre. O homem, de 51 anos, estava internado no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, mas não resistiu aos ferimentos. Ele é a segunda pessoa transferida para a capital mineira que morreu. Em 15 de junho, um paciente de 33 anos também morreu. 

Segundo a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), ainda há quatro pacientes vítimas da tragédia no Hospital João XXIII, que é referência em atendimento a queimados. Boletim médico divulgado nesta quinta-feira mostra que os pacientes estão em estado grave. 

O acidente ocorreu no último dia 7 e deixou 15 pessoas gravemente feridas. O barco transportava passageiros e galões de combustível pelo Rio Juruá e explodiu. A Polícia Civil do estado informou que o barco era utilizado para o transporte irregular de combustível. O delegado Lindomar Ventura, da Delegacia Central de Cruzeiro do Sul, afirmou que a embarcação estava ancorado e fazia o abastecimento de cinco galões de combustível quando houve a explosão.

De acordo com Ventura, a embarcação tinha autorização para navegar, mas o transporte de combustível juntamente com mercadorias e passageiros é irregular. O laudo com o esclarecimento sobre as causas desse grave acidente deverá ser divulgado dentro de 90 dias, segundo a Polícia Civil.

As primeiras informações davam conta de que um dos galões de combustível teria transbordado e se inflamou ao atingir equipamentos do navio. As chamas envolveram rapidamente a embarcação, que transportava também malas de viagem e mercadorias diversas.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas