Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Turismo

Turismo

Novotel Recife Marina é inaugurado em cerimônia com empresários, políticos e investidores

O hotel será aberto ao público no dia 29 de julho e faz parte do Recife Expo Center

Publicado em: 01/07/2024 22:10 | Atualizado em: 01/07/2024 22:37

Na ocasião, o Governo de Pernambuco e o Consórcio Porto Novo Recife assinaram um protocolo de intenções firmando o compromisso para concessão do Armazém 18, no centro do Recife, ao empreendimento Novotel (Foro: Ruan Pablo/DP)
Na ocasião, o Governo de Pernambuco e o Consórcio Porto Novo Recife assinaram um protocolo de intenções firmando o compromisso para concessão do Armazém 18, no centro do Recife, ao empreendimento Novotel (Foro: Ruan Pablo/DP)
O Novotel Recife Marina, no Cais de Santa Rita, na área central do Recife, foi inaugurado e apresentado para convidados, entre eles investidores, políticos, empresários e imprensa, durante cerimônia na noite desta segunda-feira (1°). A estrutura faz parte de um complexo formado pelo Recife Expo Center e a Recife Marina, que compõem uma área voltada para o turismo de lazer e negócios.

O complexo é resultado de um investimento do Consórcio Porto Novo, formado pela Maxxima Empreendimentos, Excelsior Seguros, Hima Participações e GL Empreendimentos. 

O investidor e sócio diretor da Maxxima Empreendimentos, Romero Maranhão Filho, esteve presente na inauguração do espaço e comentou sobre o novo empreendimento.

“O Centro Recife, que antes era um pólo importante do comércio, da cultura e da vida social dos pernambucanos, infelizmente foi, ao longo do tempo, perdendo o seu brilho e atraindo cada vez menos a atenção da população. O nosso empreendimento começou a operar há 10 anos, com a inauguração do Armazém do Porto, e que só agora estamos tendo a honra de entregar este presente na cidade, sendo um complexo de serviços que reúnem o Hotel Conceitual, que além de arrojado e inovador, é também um grande impacto pela sua beleza, três restaurantes, um centro de convenções ultramoderno com capacidade para 7 mil pessoas e uma marina de classe internacional” destacou.

O prefeito do Recife, João Campos, também esteve presente na solenidade e agradeceu pelo investimento realizado na área central do Recife, que passa por um processo de revitalização.

"A gente sabe que isso é um sonho que começou há muitos anos, teve um passo muito importante em 2010, quando começaram uma série de investimentos nessa área. A partir de 2013, com a concessão desse porto, feito pelo então governador Eduardo Campos, que previa no seu plano completo a realização deste hotel. Eu quero parabenizar todos os investidores por terem acreditado no Recife, por terem acreditado em Pernambuco, por terem feito esse movimento ousado de apostas e estruturação do Centro”, afirmou.

A governadora Raquel Lyra classificou o investimento como de alto padrão e também parabenizou os investidores e ressaltou a parceria que o governo tem com os empresários. 

“Este é um investimento inovador de altíssimo padrão e também um marco importante na recuperação do centro histórico do Recife. Aqui são mais de R$ 200 milhões de investimento. Eu quero parabenizar aos investidores que tiveram coragem de ir na diversidade e continuar investindo no estado de Pernambuco. Agora, somos parceiros dessa empreitada. A gente, do Governo de Pernambuco, está garantindo novos investimentos na recuperação do centro histórico. Nós vamos entrar com a reforma do Centro de Artesanato de Pernambuco, com o Museu Carte de Sertão e com o prédio do Diario de Pernambuco. Eu não tenho dúvida nenhuma de que a indústria que mais cresce no mundo do turismo vai também poder se reinventar no nosso estado”, salientou.

Na ocasião, o Governo de Pernambuco e o Consórcio Porto Novo Recife assinaram um protocolo de intenções firmando o compromisso para concessão do Armazém 18, no centro do Recife, ao empreendimento Novotel. A área vai ser utilizada como estrutura complementar do complexo hoteleiro

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, também destacou a relevância do empreendimento para o estado, principalmente para a geração de empregos.

“A gente precisa refletir e levar a importância de Pernambuco retomar cada vez mais o protagonismo nacional. Porque ninguém vai avançar apenas com infraestrutura pública. Se a gente não crescer através do setor produtivo, a gente não vai reproduzir desenvolvimento e reproduzir crescimento econômico. Eu sou um defensor dos programas sociais, mas o maior programa social do Brasil é o emprego e a renda. É isso que traz dignidade e traz felicidade pras pessoas”, registrou.

Complexo Porto Novo Recife
 (Foto: Divulgação/Novotel Recife Marina)
Foto: Divulgação/Novotel Recife Marina

O hotel, que fica às margens do Rio Capibaribe, recebeu um investimento de R$ 200 milhões e possui cinco pavimentos, sendo quatro feitos de apartamentos. Ao todo, são 300 apartamentos e 20 suítes. O empreendimento tem uma inclinação de 59 graus, esquadrias e revestimentos de vidro importados. Seu comprimento equivale a uma edição vertical de 48 pisos.

Um dos diferenciais do empreendimento é a marina, que tem capacidade para alojar até 209 embarcações e dispõe de lojas de produtos e serviços náuticos. Além disso, uma estrutura flutuante vai garantir o acesso às embarcações mesmo com a maré alta. O hotel que será operado pela Atrio, administradora da rede francesa Accor, faz parte do complexo Porto Novo Recife.

O hotel, que será aberto ao público no dia 29 de julho, é classificado como quatro estrelas e tem arquitetura assinada por Jerônimo Cunha Lima.

Já o Recife Expo Center é o primeiro centro de convenções da capital e está localizado na Rua Avenida Alfredo Lisboa, antigos Armazéns 16 e 17, Santa Rita, há 300 metros do marco zero do Recife.

O centro de convenções também está integrado ao complexo e deve ser aberto ao público em agosto. O espaço tem uma área total de 8 mil m², um pavilhão com 4.100 m², um auditório para 1.500 pessoas e dez salas multifuncionais com capacidade de cem até 190 pessoas.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Para Luciana Santos, reindustrialização brasileira necessita do apoio da China
Wellington Dias: Brasil coopera com a China para criar aliança global contra fome e pobreza no G20
Embaixador Eduardo Saboia: Brasil e China obtêm safras de parceria em várias áreas
Conheca o Desbravador das relacoes diplomaticas entre o Brasil e a China
Grupo Diario de Pernambuco