Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Turismo

ITÁLIA

Turismo: Veneza determina grupos de 25 pessoas e sem alto-falantes

Desde o último sábado (1º), passou a ser limitado a grupos de, no máximo, 25 pessoas, e não é mais autorizada a utilização de alto-falantes nos trajetos

Publicado em: 03/06/2024 10:43 | Atualizado em: 03/06/2024 10:59

As atuais regras visam combater o turismo excessivo, ponto que impacta a mobilidade na região. (Foto: MARCO BERTORELLO / AFP)
As atuais regras visam combater o turismo excessivo, ponto que impacta a mobilidade na região. (Foto: MARCO BERTORELLO / AFP)
O turismo em Veneza, na Itália, agora segue novas determinações. Desde o último sábado (1º), passou a ser limitado a grupos de, no máximo, 25 pessoas, e não é mais autorizada a utilização de alto-falantes nos trajetos. As atuais regras visam combater o turismo excessivo, ponto que impacta a mobilidade na região.

Outra iniciativa estabelecida, em abril deste ano, foi a cobrança de 5 euros, cerca de R$ 28,00, para os visitantes que vão à cidade e passam somente um dia. No período em que a taxa foi colocada em prática, parte dos habitantes da cidade não concordava que a medida solucionaria as dificuldades causadas pelo turismo excessivo.

A população também diz que a regra não se alinha ao crescimento dos imóveis alugados por um curto período, por meio de plataformas de aluguel que oferecem este serviço, o que afeta os moradores de longa data da localidade. Com o foco em resolver o turismo excessivo, Florença, outra cidade impactada por este desafio, não permite mais que imóveis sejam alugados por um curto período durante as férias. Já os donos de propriedades que seguirem com aluguéis tradicionais terão diminuição dos impostos.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Embaixador Eduardo Saboia: Brasil e China obtêm safras de parceria em várias áreas
Conheca o Desbravador das relacoes diplomaticas entre o Brasil e a China
Consulado da RPCh no Recife tem nova cônsul-geral
Mergulho no Brasil é uma possibilidade para os turistas chineses
Grupo Diario de Pernambuco