Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Turismo

Turismo

O golfinho de Noronha e o tubarão de Piedade como atrativos turísticos

Ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes e ex-administrador de Fernando de Noronha, Elias Gomes defende usar tubarão para fomentar o turismo

Publicado em: 25/10/2023 06:00 | Atualizado em: 25/10/2023 11:50

Tubarão Tigre é um dos mais comuns no litoral de Pernambuco (Freepik.com)
Tubarão Tigre é um dos mais comuns no litoral de Pernambuco (Freepik.com)
 
De olho na eleição a prefeito de Jaboatão dos Guararapes no próximo ano, o ex-prefeito Elias Gomes (PT), disse que quer transformar o aparecimento de tubarões nas praias do município em atrativo turístico. Se eleito, ele pretende adquirir uma embarcação com fundo transparente semelhante ao Stenella, barco doado na década de 1990 ao Projeto Golfinho Rotador que é usado para observação de golfinhos em Fernando de Noronha. 

A ideia foi externada durante visita ao Diario de Pernambuco, ontem. “Como os golfinhos em Noronha, os tubarões na Igrejinha de Candeias (Piedade) serão uma atração. Se for entrar na água é numa rede ou numa piscina no barco. Isso iria atrair turistas do mundo inteiro para ver tubarão”, afirmou Elias Gomes. 

Elias Gomes foi administrador do arquipélago entre 1995 e 1996 e se inspira nas experiências da ilha para alavancar o potencial turístico de Jaboatão. "Eu fui administrador de Noronha e na época eu estimulei um engenheiro de pesca a adquirir uma nave marinha com fundo de vidro para fazer um passeio para ver as tartarugas. O que eu estou propondo? Trazer este tipo de experiência para os tubarões", disse. 

Poucos lugares no  mundo, porém, têm a visibilidade de água que Noronha possui, que chega a  cerca de 50 metros de profundidade. Nas praias da Região Metropolitana do Recife há, ainda, a proximidade de rios, com elevada descarga de poluição, o que torna a água turva. Além disso, tradicionalmente, há um aumento de chuvas e vento entre maio e agosto, que também afetam a visibilidade da água, e, em geral, os ataques de tubarão acontecem quando a água está turva, e nos horários de começo da manhã e fim de tarde, em que a luminosidade é menor.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Para Luciana Santos, reindustrialização brasileira necessita do apoio da China
Wellington Dias: Brasil coopera com a China para criar aliança global contra fome e pobreza no G20
Embaixador Eduardo Saboia: Brasil e China obtêm safras de parceria em várias áreas
Conheca o Desbravador das relacoes diplomaticas entre o Brasil e a China
Grupo Diario de Pernambuco