Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Turismo

MALHA AÉREA

Malha aérea de agosto deve bater recorde de movimentação no Aeroporto dos Guararapes

Publicado em: 07/08/2023 11:31 | Atualizado em: 07/08/2023 11:34

Anac prevê que Aeroporto do Recife recebe 6.411 voos neste mês (Foto: Leo Motta/Setur-PE)
Anac prevê que Aeroporto do Recife recebe 6.411 voos neste mês (Foto: Leo Motta/Setur-PE)
A malha aérea do Recife, em agosto, deve receber o maior número de voos dos últimos cinco anos, segundo previsão do Setor de Estudos de Pesquisas da Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco (Setur-PE) junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O Aeroporto Internacional dos Guararapes - Gilberto Freyre - deve receber 6.411 voos neste mês, repetindo o recorde batido no mês de julho, que também foi o maior número de voos do período desde 2019. 

Em agosto de 2019, ano pré-pandemia, 6.004 voos, entre pousos e decolagens, se movimentaram no Aeroporto. O comparativo resulta num crescimento de 6,78% em relação a 2023. Ano passado, no mês de agosto, 6.249 voos passaram pelo nosso maior terminal aéreo, sendo uma movimentação 2,59% menor que a deste ano. O segundo maior aeroporto do nordeste, Salvador, deverá receber 4.737 voos neste mês de agosto. Já no de Fortaleza, que ocupa a terceira colocação, aportam 3.196 voos, entre pousos e decolagens, no mesmo período. 

Dentre os três maiores aeroportos do nordeste, Recife é o único que registra um crescimento significativo no mês de agosto, comparado com o período pré-pandemia. Em 2019, Salvador teve 4.732 voos, registrando um crescimento de apenas 5 voos em 2023. Fortaleza em 2019 recebeu 4.018 voos. Os 3.196 voos do terminal cearense para agosto de 2023 representam uma uma queda de 20,46% na circulação aérea daquele estado.

O resultado do Aeroporto Internacional dos Guararapes foi comemorado pelo secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Daniel Coelho. “Isso injeta recursos na economia local, movimenta nossos setores produtivos e todo o trade turístico. É muito positivo ver nosso Estado bater, seguidamente, esses recordes. Sabemos que ainda há um gigantesco potencial de crescimento, por isso vemos com bastante otimismo esses avanços”, avaliou.

Crescimento do turismo
Além dos números da malha aérea, outros indicadores já apontaram que o turismo em Pernambuco está em crescimento. A Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE, divulgada no mês passado, indica que a receita nominal dos serviços ligados ao turismo no estado cresceu 16,4% de janeiro a maio de 2023, em comparação ao mesmo período do ano passado. Isso significa que hotéis, pousadas, restaurantes, e toda a cadeia produtiva relacionada ao turismo ajudaram a economia de Pernambuco a crescer. A receita nominal é calculada pela diferença entre receitas totais e despesas totais do setor de serviços. De abril para maio, Pernambuco cresceu 5,2% em volume de serviços. É o segundo maior crescimento do Brasil, atrás apenas do Espírito Santo. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Para Luciana Santos, reindustrialização brasileira necessita do apoio da China
Wellington Dias: Brasil coopera com a China para criar aliança global contra fome e pobreza no G20
Embaixador Eduardo Saboia: Brasil e China obtêm safras de parceria em várias áreas
Conheca o Desbravador das relacoes diplomaticas entre o Brasil e a China
Grupo Diario de Pernambuco