Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Tecnologia

Inovação

Hemobrás e Fiocruz Pernambuco iniciam parceria para fomentar inovação, ciência e tecnologia

Parceria representa a possibilidade de desenvolvimento de ações e projetos em benefício da população brasileira

Publicado em: 05/06/2024 20:29

De acordo com a Fiocruz-PE, a parceria com a indústria de medicamentos representa a possibilidade de colocar em prática projetos de pesquisa que são desenvolvidos pelos seus cientistas (Foto: Divulgação)
De acordo com a Fiocruz-PE, a parceria com a indústria de medicamentos representa a possibilidade de colocar em prática projetos de pesquisa que são desenvolvidos pelos seus cientistas (Foto: Divulgação)
Uma reunião entre dois órgãos federais, ligados ao Ministério da Saúde, que estão sediados em Pernambuco, nesta quarta-feira (05), marcou o início de uma parceria. Representantes das diretorias da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás) e do Instituto Aggeu Magalhães (Fiocruz-PE) se reuniram com o objetivo de trocar experiências, debater projetos e ações que podem ser desenvolvidos para fomentar a inovação, a ciência e a tecnologia e gerar benefícios para os brasileiros. 
 
Durante o encontro na sede da Fiocruz-PE, localizada no campus da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o diretor-presidente, Pedro Miguel dos Santos Neto e representantes do Conselho Diretivo da instituição, receberam a presidente da Hemobrás, Ana Paula Menezes, que estava acompanhada da chefe de Gabinete, Adelaide Caldas, da assessora da Diretoria de Produtos Estratégicos e Inovação, Patrícia Barros, e do assessor de Planejamento, Raphael Mendes. Entre as demandas apresentadas pela diretoria da estatal farmacêutica, estão a realização de formações para o corpo funcional, com foco em gestão; a formulação de projetos de pesquisa e a elaboração de um projeto de responsabilidade social para a Zona da Mata Norte, com foco em saúde, envolvendo a Hemobrás e a Fiocruz-PE.
 
“A gente sai daqui com um conhecimento muito maior sobre as possibilidades de parcerias que podem ser realizadas entre a Hemobrás e a Fiocruz PE. É um privilégio termos essas duas instituições funcionando no mesmo estado e podendo trabalhar juntas. Estou bastante animada. Conheço a capacidade técnica da Fiocruz e temos muito o que desenvolver conjuntamente, a fim de colher frutos que darão sustentabilidade não apenas aos projetos das instituições, mas irão gerar frutos à sociedade de Pernambuco e do Brasil”, assinalou Ana Paula Menezes.
 
De acordo com a Fiocruz-PE, a parceria com a indústria de medicamentos representa a possibilidade de colocar em prática projetos de pesquisa que são desenvolvidos pelos seus cientistas. Por exemplo, a proposta de elaborar um projeto para oferecer aos municípios que fazem parte da Mata Norte foi recebida com bastante entusiasmo. “É uma enorme oportunidade de desenvolver essa experiência de ter o Aggeu trabalhando em uma microrregião do estado de Pernambuco. Pensar nos nossos seis departamentos, todos juntos, toda a nossa estrutura, trabalhando nesta área”, afirmou o diretor presidente Pedro Miguel. “Foi uma excelente reunião, que aponta para diversas cooperações e parcerias que serão muito benéficas para Pernambuco, para o Nordeste e para o país”, complementou.
 
Foi firmado entre as duas instituições o compromisso para a formulação de um instrumento jurídico que oriente a relação entre ambas. Com isso, será constituído um Grupo de Trabalho que irá produzir um acordo técnico de cooperação. Porém, de imediato, o Aggeu Magalhães convidou a Hemobrás a participar da próxima edição do Fiocruz Pra Você, evento que leva à população ações de vacinação, divulgação científica e promoção da saúde, previsto para acontecer em agosto.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Embaixador Eduardo Saboia: Brasil e China obtêm safras de parceria em várias áreas
Conheca o Desbravador das relacoes diplomaticas entre o Brasil e a China
Consulado da RPCh no Recife tem nova cônsul-geral
Mergulho no Brasil é uma possibilidade para os turistas chineses
Grupo Diario de Pernambuco