Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Tecnologia

TECNOLOGIA

Porto Digital cresce 14% em 2023 e passa de 18 mil colaboradores

Parque tecnológico é o principal representante do setor de serviços de TI no Recife

Publicado em: 04/04/2024 16:27 | Atualizado em: 04/04/2024 17:12

O parque tecnológico localizado no Bairro do Recife conta com 415 empresas (foto: Porto Digital)
O parque tecnológico localizado no Bairro do Recife conta com 415 empresas (foto: Porto Digital)

O Porto Digital cresceu 14% no faturamento, alcançou R$ 5,4 bilhões de receita de suas empresas e chegou a 18.400 colaboradores. Atualmente, o parque tecnológico localizado no Bairro do Recife conta com 415 empresas.

 

Além disso, o Porto Digital possui uma comunidade onde já registra mais de 300 startups cadastradas e realiza diversas ações em prol do desenvolvimento do ecossistema de inovação e tecnologia.

 

Apesar do ano desafiador para as empresas do setor no mundo todo, o ecossistema de Recife cresceu com a chegada de novas empresas. As multinacionais Liferay e Deloitte e as brasileiras Bradesco e Grupo Moura inauguraram novos escritórios e centros de inovação no Porto Digital. Com essas chegadas, a previsão é de mais 1.500 postos de trabalho no local.

 

As 10 maiores empresas em faturamento no ano foram a Accenture, Avanade, Avantia, CESAR, Deloitte, Extreme Digital, Globo, Liferay, Neurotech e Tempest. Já as três com maior crescimento foram a Extreme Digital, Incognia e Safetec.

 

Em número de colaboradores, o grupo das que mais empregam foram Accenture, Avanade, Avantia, CESAR, Datamétrica, FITec, Serttel,Speedmais, Tempest e Uninassau EAD.

 

Com todo esse cenário, o Porto Digital se mantém como o 3º maior setor de serviços de Recife, ficando apenas atrás de saúde e construção civil.

 

Para o presidente do Porto Digital, Pierre Lucena, o crescimento dos próximos anos deverá ser construído em duas frentes: “Novas empresas devem surgir pela comunidade local de startups e pela atração de empresas de economia tradicional, que querem montar laboratórios de inovação e enxergam no Porto Digital o local ideal, já que Recife possui uma boa rede de possíveis fornecedores de tecnologia e capital humano.”

 

Já o Prefeito do Recife, João Campos, destaca os resultados positivos alcançados pelo Porto Digital como prova do seu papel vital no avanço econômico e tecnológico do Recife. “E, além de fortalecer a nossa economia, o Porto Digital, que é um patrimônio da nossa cidade, também cria oportunidades tangíveis para os recifenses”, complementa o prefeito da

capital pernambucana.

 

Laís Xavier, presidente da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação - Pernambuco e Paraíba, destaca os impactos na economia local e nacional. “Apesar do contexto de desaceleração no mundo todo, o Porto Digital teve crescimento do faturamento e número de colaboradores - o que mostra o quanto nós somos relevantes enquanto parque no processo de alavancagem da economia”, aponta a presidente da Assespro-PE/PB, Laís Xavier.

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Guilherme Cavalcanti, reiterou os números positivos mesmo em época de desaceleração no restante do mundo. “Os números do crescimento Porto Digital só reforçam a relevância e a resiliência do ecossistema construído em Pernambuco.

 

Alheio a oscilações de crises econômicas ou mesmo da pandemia, as empresas de TI de Pernambuco são a melhor expressão da força empreendedora e da fortaleza dos pilares sobre os quais está fincado esse que é um dos mais importantes parques tecnológicos do país. ”Esses números, para quem não conhece o histórico do Porto Digital, parecem espantosos. Mas, isso é fruto de uma política pública bem executada e de um modelo de gestão que é exemplar para os outros parques brasileiros. Vamos crescer muito mais, transformando não só o Recife e Pernambuco, mas influenciando o restante do País”, comenta o presidente do

Sindicato das Empresas de Processamento de Dados do Estado de Pernambuco (Seprope), Gerino Xavier.  “Crescemos 14% em comparação com 2022, assim como cerca de 7% no

número de colaboradores. O aumento do faturamento a esse nível indica, também, um aumento na produtividade por colaborador, algo super relevante para o setor”, avalia o presidente do Centro de Excelência em Tecnologia de Software - Pernambuco (Softex), Yves Nogueira.

 

A pesquisa é feita anualmente pelo Porto Digital, Softex-PE, Assespro-PE/PB e Seprope. Os dados são comparados com as informações da Prefeitura através dos impostos gerados.

 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Embaixador Eduardo Saboia: Brasil e China obtêm safras de parceria em várias áreas
Conheca o Desbravador das relacoes diplomaticas entre o Brasil e a China
Consulado da RPCh no Recife tem nova cônsul-geral
Mergulho no Brasil é uma possibilidade para os turistas chineses
Grupo Diario de Pernambuco