Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Tecnologia

TWITTER

Vínculos de Elon Musk com outros países 'merecem ser examinados', diz Biden

Por: AFP

Publicado em: 09/11/2022 22:22

 (Foto: Mandel NGAN / AFP
)
Foto: Mandel NGAN / AFP
Os vínculos de Elon Musk com países estrangeiros "merecem ser examinados", julgou o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, nesta quarta-feira (9), respondendo a uma pergunta sobre a possibilidade de a compra do Twitter pelo magnata representar uma ameaça à segurança nacional.

"Acho que a cooperação de Elon Musk e/ou os vínculos técnicos com outros países merecem ser examinados", disse o presidente em entrevista coletiva.

"Se ele está fazendo algo inapropriado ou não, não estou sugerindo isso... Isso é tudo que vou dizer", acrescentou.

No mês passado, foi relatado que o governo Biden avaliava uma revisão de segurança nacional da aquisição do Twitter por US$ 44 bilhões por Musk, em parte devido a um importante grupo de investidores que apoia a compra.

Os investidores incluem o príncipe Alwaleed bin Talal da Arábia Saudita e o fundo soberano do Catar.

Musk também assumiu o que é visto como uma postura pública pró-Vladimir Putin, apesar da invasão da Ucrânia pela Rússia, em particular ecoando os argumentos do presidente russo sobre o conflito.

O bilionário também surpreendeu ao sugerir que a ilha autônoma de Taiwan deveria fazer parte da China, uma postura que foi bem recebida pelas autoridades chinesas, mas que irritou profundamente as autoridades taiwanesas.

Críticos apontam para os laços industriais de Musk com a China, que estremece cada vez mais as relações com Washington.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Maria Arraes (Solidariedade), deputada federal
Van Gogh Live 8K: exposição chega ao Recife e encanta público
Manhã na Clube: entrevista com Rodrigo Coutinho, secretário de esportes do Recife
Manhã na Clube: entrevista com Priscila Lapa, cientista política
Grupo Diario de Pernambuco