Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Tecnologia

EDUCAÇÃO

19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia aporta no Recife

Publicado em: 18/10/2022 08:08 | Atualizado em: 18/10/2022 16:21

A 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia acontece entre os dias 18 a 20 de outubro. (Divulgação)
A 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia acontece entre os dias 18 a 20 de outubro. (Divulgação)
A 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia aporta no Recife, dos dias 18 a 20 de outubro, com uma programação recheada de atividades para alunos do ensino médio e estudantes universitários. A iniciativa criada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações ocupa o Campus Tecnológico Nordeste, na Cidade Universitária, e abre ao público as portas das unidades de pesquisas sediadas no local. A promoção é do Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (Cetene) em parceria com o Centro Regional de Ciências Nucleares (CRCN-NE).
 
Com o tema “Bicentenário da Independência: 200 anos de Ciência, Tecnologia e Inovações no Brasil”, o evento contará com a participação de importantes cientistas, instituições e personalidades de Pernambuco. “Essa iniciativa é essencial não só para apresentarmos o trabalho que estamos desenvolvendo para a população, mas, também, e, sobretudo, para provocar as novas gerações sobre este mercado em expansão. Mostrar que tem ciência e tecnologia de ponta sendo produzida ao seu lado e que você também pode contribuir”, apontou a química Giovanna Machado, diretora do Cetene.

Serão realizadas palestras, mesas de debates e uma feira de ciências com as principais pesquisas em inovação do Cetene e CRCN-NE. Os projetos são os mais diversos e passam por áreas como biotecnologia, energia nuclear e nanotecnologia. Exemplo disso é o cultivo em laboratório de espécies comerciais, como a cana-de-açúcar (Saccharum officinarum), e arbóreas que irão auxiliar na recuperação do bioma mais ameaçado do mundo, a Mata Atlântica; ou, também, o desenvolvimento de biomateriais, como implantes dentários com melhor custo e adesão até córneas artificiais.
 
Distribuída ao longo de três dias, a ação ocupa o saguão e o auditório do CRCN-NE nas manhãs da terça e quinta-feira, com foco exclusivo nos estudantes do ensino médio. Já na quarta-feira (19), o Cetene recebe à tarde o público universitário das áreas de ciência, tecnologia, engenharias e matemática para conhecer a instituição. “O objetivo é atender a todos os públicos, com uma programação adequada aos seus níveis de formação”, explicou a diretora.
 
Pela primeira vez, o tema “Energia limpa” entrará em pauta no evento. “O uso de células solares, que é um recurso em abundância no Nordeste, e outras fontes renováveis, está entre as bases para pesquisas do Cetene nesse tema. Por sua vez, o CRCN-NE promove um importante trabalho com energia nuclear, considerando inclusive seu uso em radiofármacos”, comentou o coordenador de desenvolvimento tecnológico do Cetene, Frederico Toscano. O hidrogênio verde, principal aposta do mercado na atualidade, é outra novidade da programação.
 
Feira de Ciências
Preparada por cientistas que estão atuando no mercado, a exposição para os estudantes do ensino médio será um convite à imersão científica sem deixar de lado a experiência lúdica essencial ao público infanto-juvenil. A cultura de tecidos está entre as tecnologias que serão apresentadas. Inseridos em um meio gelatinoso ou aquoso, os nutrientes, vitaminas e minerais substituem o substrato e potencializam o cultivo de diversas espécies em laboratório. Os estudantes poderão ver de perto como o material é inserido e aprender sobre as formas de cultivo existentes.
 
Já pesquisas como a do bioplástico e a do biossurfactante, devem provocar os discentes sobre o impacto dos compostos químicos no meio ambiente e a urgência de explorar meios sustentáveis para a preservação do planeta. Além de conhecer melhor os dois principais biomas do Nordeste: a Caatinga e a Mata Atlântica.
 
Estão previstos ainda pelo menos três estandes sobre radiação, destinados à segurança e ao monitoramento radiológico, além dos radioisótopos e suas aplicações à saúde. 
 
Sucesso na feira da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, ainda neste ano, o Cetene repete a experiência com DNA (Ácido Desoxirribonucleico). Responsável por carregar toda a informação genética de um organismo vivo, a molécula será explorada ao vivo pelos cientistas e estudantes. “DNA é uma coisa muito abstrata e nessa demonstração a gente consegue visualizá-lo de uma forma muito nítida. Ao longo do procedimento ele vai se formando no tubo de ensaio, sem a necessidade de microscópio ou qualquer aparato mais especial”, explicou a cientista Fabiana Cavalcante.
 
Futuras Cientistas
Ganhador do Prêmio LED na categoria Educação Não-formal, o programa do Cetene ganhará o Brasil em 2023. O objetivo da iniciativa é estreitar a relação de alunas e professoras com as áreas de STEM e estará presente nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. Na feira de ciências, haverá um estande só para o Futuras Cientistas, onde os estudantes poderão conversar sobre os resultados obtidos pela iniciativa, se informar sobre o cronograma dos módulos e conhecer um pouco da história das meninas que hoje estão nas universidades e em importantes centros de pesquisa.
 
Confira abaixo a programação do evento
18 de outubro
9h - Solenidade de abertura com autoridades
9h40 - Palestra: “Bicentenário da Independência: 200 anos de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil”
11h - Apresentação cultural
11h30 - Feira de Ciências
19 de outubro
14h - Mesa de debate: “Energia limpa”
15h30 - Palestra: “Hidrogênio verde”
16h20 - Apresentação cultural com arrastão de Frevo
20 de outubro
9h - Palestra: “Biomas do Nordeste”
9h30 - Palestra: “Técnicas nucleares em estudos de monitoração e conservação da Mata Atlântica e Caatingas”
10h30 - Feira de Ciências
12h - Encerramento com apresentação cultural

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Van Gogh Live 8K: exposição chega ao Recife e encanta público
Manhã na Clube: entrevista com Rodrigo Coutinho, secretário de esportes do Recife
Manhã na Clube: entrevista com Priscila Lapa, cientista política
Manhã na Clube: entrevista com Everaldo Silva e  Ney Araújo
Grupo Diario de Pernambuco