Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Gastronomia

CONFUSÃO

Confusão em bar com garotas de programa, garçom e cliente vai parar no DHPP com denúncia de extorsão e espancamento

Caso foi registrado em estabelecimento comercial às margens da PE-60, em Ipojuca, no Grande Recife

Publicado em: 16/01/2024 09:10 | Atualizado em: 16/01/2024 09:17

Tanto a vítima, quanto os autores do crime, foram conduzidos ao DHPP, no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife  (Foto: Arquivo )
Tanto a vítima, quanto os autores do crime, foram conduzidos ao DHPP, no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife (Foto: Arquivo )

Uma confusão  em um bar, em Ipojuca, na Região Metropolitana, envolvendo duas garotas de programa, sendo uma delas grávida de 6 meses, um garçom e um cliente foi parar no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP),  no Recife.  
 
As duas mulheres, de 26 e 29 anos, e o garçom, de 26 anos, foram presos. A Polícia Civil trata a ocorrência como um caso de extorsão.
 
Além disso, o cliente do bar, de 36 anos, alegou ter sido espancado,
na frente do estabelecimento, às margens da Rodovia PE-60. 
 
Ele mora na Bahia e estaria na região a trabalho. 
 
A confusão aconteceu na noite de segunda (15). O registro foi confirmado, por meio de nota, nesta terça (16). 
 
Informações extraoficiais dão conta de que o cliente do bar denunciou o garçom de pegar dois celulares dele.
 
O homem também afirmou aos policiais que o trabalhador do estabelecimento comercial teria feito duas transações por meio de PIX, sem seu consentimento, totalizando R$ 280. 
 
O cliente teria negado a contratação das garotas de programa e afirmou  que foi agredido com chutes, socos e golpes de pedaço de madeira. 
 
Ele foi encontrado ferido por um efetivo de guardas municipais das Rondas Ostensivas Municipais (Romu) da Prefeitura de Ipojuca. 
 
O caso foi registrado pela Força-Tarefa de Homicídios Metropolitana
Sul, mas as investigações devem ficar à cargo do DHPP. 
 
Ainda segundo a Polícia Civil, outro suspeito de participação nas agressões está foragido e equipes tentam fazer a identificação e aprisão dele. 
 
Como foi

Por meio de nota, a polícia informou que ouviu relatos de testemunhas.

Conforme esss informações, a vítima estava no local e foi impedida de sair pelos autores do crime, alegando que ele teria "usufruído dos serviços de companhia das duas autoras e não realizado pagamento". 

Ainda de acordo com a corporação,  a vítima teria conseguido sair do local. Ao chegar ao estacionamento do bar, foi agrediudo pelo garçom e pelo outro homem. 
 
"O autor chamou um outro homem e, juntos, eles teriam agredido a vítima com um pedaço de madeira, subtraindo seus aparelhos celulares”, disse a polícia. 

A polícia complementou que: “os autores foram encaminhados para a delegacia, onde após passarem pelos procedimentos cabíveis, ficaram à disposição para audiência de custódia”, disse em nota.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Mergulho no Brasil é uma possibilidade para os turistas chineses
Cenas da China aparecem em meio ao barroco brasileiro e intrigam pesquisadores
Ao vivo no Marco Zero 09/02 - Carnaval do Recife 2024
Trinta anos de amor de um brasileiro pelo kung fu chinês
Grupo Diario de Pernambuco