Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

MÚSICA

Grammy 2024: premiação será hoje; saiba onde assistir e as principais apostas

As mulheres dominam as indicações para as principais categorias do Grammy, que será revelado neste domingo (4/2), a partir das 22h

Publicado em: 04/02/2024 19:22 | Atualizado em: 04/02/2024 19:25

A cantora e compositora norte-americana Billie Eilish é uma das apostas para a principal categoria da noite (crédito: ANGELA WEISS/AFP)
A cantora e compositora norte-americana Billie Eilish é uma das apostas para a principal categoria da noite (crédito: ANGELA WEISS/AFP)

 

O Grammy, conhecido como "Oscar da música", vai ao ar neste domingo, a partir das 22h (horário de Brasília). O público poderá acompanhar a cerimônia via streaming pela plataforma HBO Max ou pelo canal de TV por assinatura TNT.

 

São ao todo 94 categorias competitivas na premiação, que contemplam a diversidade de estilos e gêneros musicais. Para a 66ª edição da premiação, foram adicionadas à lista três categorias inéditas: Melhor Performance Musical Africana, Melhor Álbum de Jazz Alternativo e Melhor Gravação Pop Dance. Entre os artistas confirmados para se apresentar no palco da cerimônia estão Billie Eilish, Dua Lipa, Olivia Rodrigo e SZA, todas elas indicadas na categoria de Gravação do Ano. O único representante masculino de maior expressão nas categorias principais é o cantor e compositor de jazz Jon Batiste, com seis nomeações no total.

 

Na lista de indicados, estão grandes nomes da música contemporânea, responsáveis por emplacar no topo das paradas canções que foram a trilha sonora de 2023. Quem lidera as indicações é a cantora norte-americana SZA, com nove nomeações ao total, incluindo três nas principais categorias da premiação.

 

A cantora de 34 anos é, inclusive, uma das favoritas para levar o gramofone de Álbum do Ano por SOS, segundo disco da carreira. Caso leve o prêmio para casa, SZA se tornará a quarta mulher negra da história a ganhar na categoria.  A Recording Academy, associação responsável pelo Grammy, tem sido alvo de críticas pela ausência de vencedores negros nas categorias de maior prestígio.

 

Um dos maiores destaques da premiação deste ano é o fenômeno da música pop, Taylor Swift. A artista é figurinha bastante conhecida entre os que acompanham a premiação, pois ostenta o impressionante feito de ser a única mulher a levar o prêmio de Álbum do Ano três vezes, o que a faz empatar com Frank Sinatra, Stevie Wonder e Paul Simon.

 

Para além das seis indicações de Swift, a 66ª edição do Grammy Awards é marcada pela forte presença feminina nas quatro principais categorias da noite. Além da cantora, Miley Cyrus, Olivia Rodrigo e SZA aparecem como indicadas em Álbum, Gravação e Música do Ano. Outro fato que evidencia a marcante quantidade de nomeações entre as mulheres é a aposta de que Victoria Monét leve o gramofone de Artista Revelação.

 

Billie Eilish impressiona também pela possibilidade de carregar para casa consigo mais um gramofone da categoria de Gravação do Ano, considerado o principal prêmio da noite. Isso porque inúmeros veículos especializados em música e o grande público têm apontado para a vitória certeira da cantora de apenas 22 anos com a canção What was I made for, escrita para a trilha sonora de Barbie (2023).

 

Eilish é vencedora veterana dentro da categoria, pois coleciona os prêmios por Bad guy (2019) e Everything I wanted (2020) das edições de 2020 e 2021. Caso leve o prêmio, Billie Eilish fará história ao ganhar três vezes na categoria principal da cerimônia em um intervalo de apenas cinco anos.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Consulado da RPCh no Recife tem nova cônsul-geral
Mergulho no Brasil é uma possibilidade para os turistas chineses
Cenas da China aparecem em meio ao barroco brasileiro e intrigam pesquisadores
Ao vivo no Marco Zero 09/02 - Carnaval do Recife 2024
Grupo Diario de Pernambuco