Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

MÚSICA

Rec-Beat 2024: veja a programação deste ano do festival

Ana Frango Elétrico (RJ) e Urias (MG) são as principais novidades da 28ª edição, que terá quatro dias de duração

Publicado em: 31/01/2024 12:12 | Atualizado em: 31/01/2024 13:38

Urias, Ebony e Ana Frango Elétrico são algumas atrações do 28º Rec-Beat (Créditos: Reprodução/Reprodução/Hick Duarte)
Urias, Ebony e Ana Frango Elétrico são algumas atrações do 28º Rec-Beat (Créditos: Reprodução/Reprodução/Hick Duarte)
Nesta quarta-feira (31), o Rec-Beat revelou a programação completa para sua 28ª edição. Famoso por explorar variadas cenas e gêneros musicais, sem perder de vista a tradição popular, o evento terá lugar no Cais da Alfândega, durante o Carnaval do Recife, de 10 a 13 de fevereiro. O line-up apresenta talentos locais e nacionais, além de bater o recorde de atrações internacionais.

Cabe ressaltar que outros nomes já tinham sido divulgados anteriormente, incluindo Letrux (RJ) e Ebony (RJ). Nesta nova leva de atrações, destacam-se Urias (MG), com o show do segundo disco HER MIND (2023 e Ana Frango Elétrico (RJ) -  de volta ao palco do festival após ter apresentado o álbum Little Electric Chicken Heart em 2020. Agora a artista traz a turnê do seu novo trabalho Me Chama De Gato Que Eu Sou Sua (2023). 

Outra carioca confirmada é Letrux (RJ), que traz pela primeira vez ao Recife a turnê de seu terceiro álbum de estúdio, Letrux Como Mulher Girafa (2023). Com uma abordagem que mescla elementos do rock alternativo e batidas eletrônicas, o disco entrelaça aspectos existenciais espinhosos e a complexidade metafórica do reino animal. Somando-se à promissora rapper carioca Ebony (RJ), uma das apostas do festival, estão os já consagrados Vandal (BA) e Rico Dalasam (SP) 
 
INTERNACIONAIS
Buscando expandir os horizontes das experimentações musicais e fomentar intercâmbios, o Rec-Beat traz sete atrações internacionais inéditas, presença recorde de estrangeiros no line-up do festival.
São artistas que renovam tradições musicais dos seus países, como o grupo de techno tropical Ácido Pantera (Colômbia), as DJs Loa Malbec (Colômbia), Asna (Costa do Marfim) e Sarah Farina (Alemanha), além dos músicos e performers PÖ (Gana) e Niño de Elche (Espanha), e a banda de jazz-punk Echoes of Zoo (Bélgica). 

Um dos artistas espanhóis mais prolíficos da atualidade, Niño de Elche se apresenta em formato de duo eletrônico, onde desafia as fronteiras do flamenco, que o tornou conhecido por novas possibilidades artísticas para além da tradição do gênero. 
 
TRADIÇÃO
O Rec-Beat reafirma seu compromisso em representar a diversidade de sons produzidos no território brasileiro, e recebe em seu palco o Afoxé Filhos de Dandalunda (PE). Na apresentação, os desfilantes irão conduzir o afoxé que se inicia com uma criança que porta o Babalotim (boneco talhado a partir da árvore Iroko) e é seguida pelos líderes espirituais, os bailarinos e a percussão. 

O festival também proporciona o encontro entre artistas de diferentes gerações e recebe o lendário Walter de Afogados (PE), conhecido como Rei do Salão e Mestre do Merengue. Com 50 anos de carreira e mais de 12 álbuns gravados, o cantor e compositor recifense é dono de um suingue próprio, que mistura cumbia, merengue, afoxé e brega. Foram dessas combinações que nasceu o seu hit Morango do Nordeste, popularizado por Lairton dos Teclados e regravado por Chiclete com Banana, Frank Aguiar e Molejo.

ELETRÔNICA PERNAMBUCANA
Para refletir a efervescência da cena eletrônica que aquece as pistas recifenses, a abertura e os intervalos entre os shows serão comandados pelas DJs Dandarona (PE), artista do coletivo MADDAM, que pesquisa house music, breakbeat, techno e afrosonoridades, e Geni (PE), residente da festa Sintetyca e Atrack, que trafega entre o breakbeat, electro, club music e o funk.

A programação de DJs ainda conta com KAI (PE), vulgo “Kaichorrão”, idealizador, curador e produtor da festa DIP, importante selo de música eletrônica do Recife, e BJ3 (PE), residente da festa Baila Klava, que mescla produções autorais a tracks de house e garage. 
  
Confira a programação completa 
Sábado (10/02)
19h00 - Bj3 (PE)
19h30 - Loa Malbec (Colômbia)
20h40 - Ivyson (PE)
21h50 - Walter de Afogados (PE)
23h10 - Dj k o Bruxo (SP)
00h30 -vandal (BA)

Domingo (11/02)
19h00 - Kai (PE)
19h30 - Nailson Vieira (PE)
20h40 - Mateus Fazeno Rock (CE)
21h50 - Ebony (RJ)
23h10 - Asna (Costa do Marfim)
00h30 - Rico Dalasam (SP)

Segunda (12/02)
19h00 - Dandarona (PE)
19h30 - Yannara (PE)
20h40 - Niño de Elche (Espanha)
21h50 - Pö (Gana)
23h10 - Ana Frango Elétrico (RJ)
00h30 - Letrux (RJ)

Terça (13/02)
19h00 - Geni (PE)
19h30 - Afoxé Filhos de Dandaluna (PE)
20h40 - Echoes Of Zoo (Bélgica)
21h50 - Sarah Farina (Alemanha)
23h10 - Ácido Pantera (Colômbia)
00h30 - Urias (MG) 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Consulado da RPCh no Recife tem nova cônsul-geral
Mergulho no Brasil é uma possibilidade para os turistas chineses
Cenas da China aparecem em meio ao barroco brasileiro e intrigam pesquisadores
Ao vivo no Marco Zero 09/02 - Carnaval do Recife 2024
Grupo Diario de Pernambuco