Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

Telonas

Mostra de Tiradentes abre calendário do cinema nacional

Serão 145 filmes de 20 estados, incluindo 10 pernambucanos, numa programação que vai até o dia 28

Publicado em: 19/01/2024 06:00

Pernambuco conta com longa %u2018Seu Cavalcanti%u2019 na seleção (Divulgação)
Pernambuco conta com longa %u2018Seu Cavalcanti%u2019 na seleção (Divulgação)
Começa hoje e segue até o dia 28 a programação da Mostra de Cinema de Tiradentes, que abre o calendário audiovisual brasileiro na cidade mineira histórica, trazendo 145 filmes de 20 estados, incluindo 10 filmes pernambucanos (entre eles o longa inédito Seu Cavalcanti). A maioria deles estão em pré-estreias e sessões especiais divididas em recortes diversos. A cerimônia de abertura ocorre às 20 horas no Cine-Tenda, com apresentação do tema e homenagens ao cineasta André Novais Oliveira e à atriz Bárbara Colen, contando ainda com a presença de Cármen Lúcia, ministra do Supremo Tribunal Federal, entre outras autoridades. Parte da programação estará disponível também no formato online para todo o Brasil.

Na edição deste ano, a mostra tem como temática 'As formas do tempo', homenageando o cineasta André Novais Oliveira e aos atores Caio Blat, Barbara Cbu Santana, Grace Passô, Luisa Arraes e Simone Spoladore, além de diretores como Neville D'Almeida, Bia Lessa, Júlio Bressane, Thais Fujunaga, Eryc Rocha e Marcelo Caetano e, por fim, o cantor Negro Leo.

Entre os destaques da programação estão os filmes Foram os sussurros que me mataram, de Arthur Tuoto, com Mel Lisboa, que fará a première mundial no evento, A festa de Léo, de Luciana Bezerra e Gustavo Melo, com Babu Santana, Lista de desejos para Superagüi, de Pedro Giongo, Aquele que viu o abismo, de Negro Léo e  Gregorio Gananian, e As primeiras, de Adriana Yañez.

Seu Cavalcanti, do recifense Leonardo Lacca (do elogiado Permanência, seu primeiro longa), é uma mistura de documentário com ficção produzida por Kleber Mendonça Filho e Emilie Lesclaux e conta com Maeve Jinkings no elenco. O enredo trata de um idoso que luta para retomar a sua independência após passar por uma contrariedade. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Consulado da RPCh no Recife tem nova cônsul-geral
Mergulho no Brasil é uma possibilidade para os turistas chineses
Cenas da China aparecem em meio ao barroco brasileiro e intrigam pesquisadores
Ao vivo no Marco Zero 09/02 - Carnaval do Recife 2024
Grupo Diario de Pernambuco