Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

JANEIRO DE GRANDES ESPETÁCULOS

''Cordel Operístico Lua Alegria'' homenageia Luiz Gonzaga no Teatro do Parque

O poeta, pesquisador e cantador Paulo Matricó vai apresentar o projeto neste sábado (20)

Publicado em: 19/01/2024 14:13 | Atualizado em: 19/01/2024 15:57

Com o %u201CCordel Operístico Lua Alegria%u201D, Paulo Matricó homenageia o Rei do Baião (Adalberto Oliveira)
Com o %u201CCordel Operístico Lua Alegria%u201D, Paulo Matricó homenageia o Rei do Baião (Adalberto Oliveira)
Continuando a circulação pelo estado para apresentar a vida e obra de Luiz Gonzaga, o “Cordel Operístico Lula Alegria” chega à capital pernambucana. O poeta, pesquisador e cantador Paulo Matricó vai apresentar o projeto neste sábado (20), no Teatro do Parque, dentro da programação do Janeiro de Grandes Espetáculos, e em parceria com o Sesc Pernambuco e incentivo do Funcultura.

 “A gente precisa falar sempre de Luiz Gonzaga. Ele é eterno pela sua representatividade cultural, importância na música, legado das obras e das parcerias que perduram”, defende Paulo. Nascido em Tabira, ele compartilha com o Velho Lua as raízes sertanejas e a forma de enaltecer e contar a vida e costumes das pessoas de forma simples e popular. Gonzaga, com a música e Paulo, com o cordel.

E foi por meio desta linguagem literária que Paulo decidiu homenagear o cantor. Primeiro, com a produção de um cordel, que foi publicado em livro na primeira bienal do livro de Brasília em 2012. Depois, com a transformação da obra em um espetáculo. “Quis fazer uma homenagem a ele, mas de uma forma diferente dos tributos já realizados. Temos uma narrativa própria, autoral, que conta o caminho de Luiz saindo do Nordeste para conquistar o mundo, mostrando vida e obra”, explica.

O espetáculo tem duração média de 1h, é dirigido por Luiz Manuel, com produção geral de Pedro Castro. Ele é dividido em três atos costurados por trilha musical executada ao vivo. No palco, voz, sanfona, violoncelo, viola, percussão e flauta acompanham a narrativa, que, por vezes, se conectam a algumas das mais conhecidas músicas cantadas por Gonzaga. Além de Paulo Matricó e Elis Mariana, sua filha, como intérpretes, mais cinco músicos compõem a peça, que aposta nas projeções de xilogravuras e imagens como cenário.


Programação – “Cordel Operístico Lua Alegria”

20/01: Teatro do Parque

19h30 - espetáculo

Endereço: Rua do Hospício, 81, Boa Vista, Recife

Entrada: R$ 40 inteira; R$ 20 meia-entrada


25/01: Cine Teatro Samuel Campelo

19h30 - espetáculo

Endereço: Praça Nossa Sra. do Rosário, 510 – Centro, Jaboatão dos Guararapes 

Entrada: R$ 15 inteira; R$ 8 meia-entrada


28/01: Teatro Rui Limeira Rosal (Sesc Caruaru)

15h – workshop Literatura de Cordel

20h - espetáculo

Endereço: Rua Rui Limeira Rosal, s/nº, Petrópolis

Entrada:  R$ 30 inteira; R$ 15 meia-entrada
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Consulado da RPCh no Recife tem nova cônsul-geral
Mergulho no Brasil é uma possibilidade para os turistas chineses
Cenas da China aparecem em meio ao barroco brasileiro e intrigam pesquisadores
Ao vivo no Marco Zero 09/02 - Carnaval do Recife 2024
Grupo Diario de Pernambuco