Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

IRREVERÊNCIA

Rita Lee 'bateu de frente' com policiais e foi presa em show de despedida

Publicado em: 09/05/2023 22:12

 (Foto: Reprodução / Instagram @roberto_de_carvalho)
Foto: Reprodução / Instagram @roberto_de_carvalho
A carreira da cantora Rita Lee sempre foi abastecida de polêmicas e sua aposentadoria nos palcos não poderia ser diferente. No show que deveria ter marcado sua despedida, em 2012, a cantora enfrentou policiais e foi parar na delegacia depois da apresentação, realizada em Aracaju, no Sergipe. Pouco depois, ela ainda foi alvo de um processo pelos insultos aos militares.

Durante uma confusão na plateia, Rita não se conteve diante da ação truculenta da polícia com seus fãs. Ela chegou a xingar os militares de "cachorros", "cafajestes" e "filhos da puta", e ainda sugeriu que fossem fumar um baseado (cigarro de maconha). "Por causa de um baseadinho, é isso? Cadê o baseadinho para eu fumar aqui agora"", disse.

Revoltada, a roqueira também relembrou os tempos de ditadura. "Eu tenho direito de falar, esse chão é meu, esse chão é minha despedida do palco. Eu sou do tempo da ditadura. Vocês pensam que eu tenho medo?", questionou.

Assim que desceu do palco, Rita Lee, então com 67 anos, foi levada a uma delegacia de Aracaju, e postou diversos protestos em sua página do Twitter. "A polícia não gosta de mim, mas Sergipe gosta", escreveu. Ela foi detida sob acusação de desacato a autoridade e apologia ao crime (artigo 287 do Código Penal), e solta após prestar depoimento.

Os policiais entraram com processo contra a cantora por danos morais. Em 2017, Rita foi condenada pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ) a pagar R$ 5 mil a um policial sergipano, após a negação de recurso que havia sido impetrado por ela em 2015.

Essa, no entanto, não foi a última apresentação da rainha do rock. Em 2013, ela desistiu de seguir com a ideia de que aquele seria o seu último show e lançou uma turnê para celebrar os 50 anos de carreira. No mesmo ano, Rita ainda encerrou a maratona de shos em comemoração ao aniversário de São Paulo.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Para Luciana Santos, reindustrialização brasileira necessita do apoio da China
Wellington Dias: Brasil coopera com a China para criar aliança global contra fome e pobreza no G20
Embaixador Eduardo Saboia: Brasil e China obtêm safras de parceria em várias áreas
Conheca o Desbravador das relacoes diplomaticas entre o Brasil e a China
Grupo Diario de Pernambuco