Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

CINEMA

Johnny Depp diz que o que é publicado sobre ele é 'ficção horrivelmente escrita'

Publicado em: 17/05/2023 09:59

 (Foto: VALERY HACHE / AFP)
Foto: VALERY HACHE / AFP
O ator americano Johnny Depp declarou nesta quarta-feira (17) que o que se publica sobre ele é "uma ficção horrivelmente escrita", depois da polêmica na véspera com a sua presença na abertura do Festival de Cinema de Cannes. 

"Nestes últimos cinco, seis anos, a maior parte do que vocês leram é ficção horrivelmente escrita", disse ele em coletiva de imprensa, em alusão à sua batalha jurídica com sua ex-parceira.

"Vivemos tempos muito estranhos", acrescentou o ator de 59 anos. "Desejo o melhor para aqueles que querem viver assim. Não contem comigo", afirmou. 

Depp travou uma amarga batalha jurídica com sua ex-esposa Amber Heard, com quem foi casado por pouco mais de um ano, entre 2015 e 2016. Heard entrou com uma denúncia por violência conjugal e pediu o divórcio. 

Depois, o ator processou a ex-esposa, que continuou acusando-o por difamação, e ganhou o julgamento. 

Depp, um ator que admitiu problemas com álcool e drogas, foi afastado dos estúdios de Hollywood.

No ano passado, a diretora e atriz francesa Maïwenn o chamou para a produção "Jeanne du Barry", filme sobre a amante favorita do rei Luís XV, interpretado pelo ator. 

O filme abriu o festival de Cannes na noite de terça-feira. No mesmo dia, um grupo de profissionais do cinema francês assinou um manifesto protestando contra a presença de "homens e mulheres que agridem" no tapete vermelho. 

"Foi corajoso escalar um provinciano de Kentucky como Luis XV", disse Depp, referindo-se a Maïwenn, que teve seus próprios problemas com a Justiça, depois que um jornalista a acusou de agressão. 

Questionado se se sentia boicotado por Hollywood, Depp respondeu: "Não, porque não penso em Hollywood, não preciso muito de Hollywood".
TAGS: assalto | cinema | eua |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Para Luciana Santos, reindustrialização brasileira necessita do apoio da China
Wellington Dias: Brasil coopera com a China para criar aliança global contra fome e pobreza no G20
Embaixador Eduardo Saboia: Brasil e China obtêm safras de parceria em várias áreas
Conheca o Desbravador das relacoes diplomaticas entre o Brasil e a China
Grupo Diario de Pernambuco