Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

MEMÓRIA

Aplicativo Rotas Modernistas salva história arquitetônica do Recife

Publicado em: 31/05/2023 13:56

Será lançado no próximo dia 5 de junho, no canal do YouTube do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-PE), o aplicativo Rotas Modernistas, que se dedica a uma das mais celebradas fases da arquitetura do Recife, catalogando construções que entraram para a posteridade da capital pernambucana, tendo ou não desaparecido de seus horizontes de concreto.
Desenvolvido pela arquiteta e urbanista Cicilia Melo, a partir do seu trabalho conclusão da graduação, sobre a arquitetura moderna no Recife, que transformou as paisagens da cidade no século XX, o aplicativo traz informações sobre mais de 100 edificações, entre casas, edifícios e conjuntos urbanos, que traduzem e representam bem esse movimento arquitetônico, agrupados em rotas, de acordo com suas características mais marcantes: tipologias, usos, autores do projeto e vertentes arquitetônicas.

Entre essas construções, algumas preservadas como patrimônio cultural e outras já derrubadas pela tirania imobiliária, Cicilia destaca prédios que erguem, configuram e confirmam a identidade estética do povo recifense, como o Acaiaca e o Holiday, em Boa Viagem, além dos edifícios Barão do Rio Branco, na Boa Vista, e Vila Mariana, no Parnamirim. 
“A arquitetura moderna desenvolvida no Recife entre as décadas de 1940 e 1970 possui grande expressividade, mas ainda é pouco reconhecida pela população de forma geral. Por isso, vem passando por um acelerado processo de descaracterização e desaparecimento. O aplicativo surge como uma ferramenta de valorização desse legado coletivo, que vem a ser, inclusive, um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil ditados pelas Nações Unidas, principalmente no âmbito de Cidades e Comunidades Sustentáveis”, defende Cicilia. 

Fica mais fácil preservar um patrimônio que uma cidade inteira reconhece, argumenta a arquiteta, fazendo questão de citar alguns dos nomes por trás de fachadas modernas famosas. “Em Pernambuco, destacam-se, tanto pela vasta produção, quanto pela grande habilidade para adaptar os conceitos da modernidade da arquitetura europeia à realidade local, arquitetos como: Delfim Amorim, Acácio Gil Borsoi, Heitor Maia Neto, Marcos Domingues e Vital Pessôa de Melo”, exemplifica Cicilia.
Além de geolocalizar os imóveis, o aplicativo, que conta com acessibilidade e audiodescrição, fornece fotos e dados sobre o contexto social em que a edificação foi erguida e breve relato sobre a situação de seu entorno, para contar, a partir de seus mais bonitos capítulos, um pedaço importante da história da formação do tecido urbano recifense, a partir da perspectiva de cada casa e cada prédio catalogados. 

Convidando o Recife todo a percorrer as rotas modernistas que nos conduziram até aqui, o aplicativo, disponível para Android e IOS, pretende despertar a atenção da cidade para suas paisagens e para as preciosidades arquitetônicas que emolduram a rotina do Recife, mas, muitas vezes, passam desaparecidas, ofuscadas pela pressa nossa de todo dia. Para que todas essas histórias e fachadas fiquem imortalizadas na memória. Nem que seja a do celular.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Grupo Diario de Pernambuco