Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

SÉRIES

HBO deixará sinal aberto para a estreia da série ''The last of us''

Publicado em: 10/01/2023 17:33 | Atualizado em: 10/01/2023 17:08

Os oito canais HBO estarão liberados aos assinantes de diferentes operadoras de TV a cabo entre os dias 13 e 15 de janeiro. (Crédito: HBO Max/Divulgação)
Os oito canais HBO estarão liberados aos assinantes de diferentes operadoras de TV a cabo entre os dias 13 e 15 de janeiro. (Crédito: HBO Max/Divulgação)
A HBO terá o sinal aberto para assinantes de diferentes operadoras de TV a cabo para a estreia da série The last of us. A assessoria da emissora confirmou que os canais estarão disponíveis para assinantes da Claro, SKY, Directv Go e VIVO entre os dias 13 e 15 de janeiro. Confira o trailer da produção abaixo.

Trailer oficial de The Last of Us:



A série é baseada no jogo homônimo e a história se passa nos Estados Unidos em um contexto pós apocalíptico. A produção narra a vida de Joel Miller (Pedro Pascal) e Ellie (Bella Ramsey). Joel precisa escoltar Ellie para fora da zona de quarentena e entregar a jovem aos Vagalumes, um grupo rebelde militarizado.

Além de Pedro Pascal e Bella Ramsey, o elenco de The last of us é composto por Anna Torv (Fringe), Gabriel Luna (O exterminador do futuro), Nico Parker (Dumbo), Nick Offerman (Parks and recreation), Murray Bartlett (The white lotus) e Storm Reid (Euphoria).

A produção é roteirizada por Craig Mazin, vencedor do Emmy por Chernobyl, e Neil Druckmann, co-criador do jogo. A série é dirigida por Kantemir Balagov, Jasmila bani e Ali Abbasi. O seriado The Last of Us estreia dia 15 de janeiro no streaming da HBO Max.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Maria Arraes (Solidariedade), deputada federal
Van Gogh Live 8K: exposição chega ao Recife e encanta público
Manhã na Clube: entrevista com Rodrigo Coutinho, secretário de esportes do Recife
Manhã na Clube: entrevista com Priscila Lapa, cientista política
Grupo Diario de Pernambuco