Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

CONSCIENTIZAÇÃO RACIAL

Luciano Huck se desculpa por usar frase de George Floyd em jogo

Publicado em: 06/12/2022 21:06

 (Foto: TV Globo/Reprodução)
Foto: TV Globo/Reprodução
O apresentador Luciano Huck se desculpou, nesta terça-feira (6), por ter utilizado em um jogo do programa Domingão do Huck a última frase dita pelo estadunidense George Floyd, antes de falecer ao ser asfixiado por um policial, em maio de 2020 nos EUA. Na edição do domingo (4), durante o quadro Quem quer ser o milionário, Huck questionou o convidado em busca do R$ 1 milhão sobre a frase “I Can’t breathe”, pedido de socorro de Floyd ao ser asfixiado.

“Qual destas frases foi dita por George Floyd antes de ser assassinado em 2020 e virou um grito de protesto contra o racismo”, disse Huck ao questionar o participante. Em pouco tempo, a questão repercutiu nas redes sociais com críticas à escolha do programa em abordar o assunto em uma competição.


 
 

Nesta terça-feira (6), Huck respondeu a um dos comentários feitos no Twitter com um pedido de desculpas. A fala do apresentador se dirige a um convite ao diálogo feito pelo professor de direito da Fundação Getulio Vargas (FGV) Thiago Amparo.

“Oi, Luciano. Sei que me segue aqui e já trocamos ideias! Vamos falar sobre essa pergunta? P/ pessoas negras, o caso do Floyd (e tantos outros Floyds brasileiros) é traumático ao ponto de fazer com que colocar suas últimas palavras num quiz de entretenimento seja inaceitável”, escreveu o especialista em direito.

O apresentador da TV Globo retuitou a mensagem no perfil e disse que queria conversar para “evoluir”. “Vc tem toda razão sobre a pergunta formulada. Estou cada vez + consciente do qto devo evoluir no letramento antirracista além da intenção. Não tenho acesso prévio às perguntas e desta vez não tive a presença de espírito p/ reagir de imediato. Errei. Peço desculpas.E vms conversar”, declarou.



Poucas horas depois, Thiago postou no Twitter que Luciano iniciou um diálogo por mensagem privada. “Obrigado por me escrever no privado e começarmos este diálogo. Entendo que só veja as perguntas na hora mesmo e que já falamos sobre o tema racial em outros momentos. Seguimos aprendendo uns com os outros fora do Twitter, que está cheio de ódio. Grande abraço”, escreveu.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Van Gogh Live 8K: exposição chega ao Recife e encanta público
Manhã na Clube: entrevista com Rodrigo Coutinho, secretário de esportes do Recife
Manhã na Clube: entrevista com Priscila Lapa, cientista política
Manhã na Clube: entrevista com Everaldo Silva e  Ney Araújo
Grupo Diario de Pernambuco