Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

REAÇÃO

Gil responde ao ataque de bolsonaristas no Catar: 'Por um Brasil sem ódio'

Publicado em: 27/11/2022 17:51

Gil caminhava com a esposa, Flora Gil, para deixar o estádio, quando foi perseguido e ofendido (Reprodução/Twitter)
Gil caminhava com a esposa, Flora Gil, para deixar o estádio, quando foi perseguido e ofendido (Reprodução/Twitter)
O cantor Gilberto Gil, de 80 anos, respondeu a hostilização que sofreu de bolsonaristas na vitória da Seleção Brasileira sobre a Sérvia, por 2 a 0, na última quinta-feira (24), no Estádio Lusail, no Catar. 

"Obrigado a todos pela corrente de solidariedade, aos amigos que ligaram e se manifestaram nas redes sociais. Amanhã estaremos torcendo pela seleção brasileira e por um Brasil sem ódio", publicou em sua página no Twitter.

Gil caminhava com a esposa, Flora Gil, para deixar o estádio, quando foi perseguido e ofendido. No vídeo, é possível ver o momento no qual o casal é abordado por dois homens, um deles trajado com a camisa do Brasil (o outro é quem filma e não aparece no conteúdo), e ouvir frases como "Vamo, Lei Rouanet", em referência à lei de incentivo a projetos culturais, e "Vamo, Bolsonaro". Há também um xingamento ao músico, que apoiou Luiz Inácio Lula da Silva na última eleição presidencial. 
 
 
"Nosso agradecimentos, meu e da Flora, por esta solidariedade, esta corrente solidária diante desta agressão, essa coisa estúpida. Enfim, é o terceiro turno na verdade, né. Os inconformados querendo manter essa coisa do ódio, da agressividade", disse Gil, em vídeo. 

TAGS: catar | gil |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Van Gogh Live 8K: exposição chega ao Recife e encanta público
Manhã na Clube: entrevista com Rodrigo Coutinho, secretário de esportes do Recife
Manhã na Clube: entrevista com Priscila Lapa, cientista política
Manhã na Clube: entrevista com Everaldo Silva e  Ney Araújo
Grupo Diario de Pernambuco