Google I/O Pagamento via celular do Google estará disponível no Brasil ainda este ano Sistema está em funcionamento nos Estados Unidos desde 2015

Por: Edilson Segundo

Publicado em: 17/05/2017 20:00 Atualizado em:

O anúncio foi feito no Google I/O. Foto: Divulgação (O anúncio foi feito no Google I/O. Foto: Divulgação)
O anúncio foi feito no Google I/O. Foto: Divulgação
O Brasil será o primeiro país da América Latina a receber o Android Pay, já em operação nos Estados Unidos desde 2015. O sistema de pagamentos do Google permite fazer compras usando um telefone Android. O anúncio foi feito no
Google I/O, conferência anual do Google para desenvolvedores, que acontece esta semana em Mountain View, Califórnia, nos Estados Unidos.

Até o final do ano a plataforma de pagamentos estará disponível no Brasil, segundo Sridhar Ramaswamy, Vice-Presidente Sênior do Google para Produtos de Publicidade e Comércio. Vários parceiros estão envolvidos na implementação do sistema: Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Caixa, Mastercard, Visa, Elo e Porto Seguro.

Após cadastrar o cartão de crédito e débito no aplicativo, os usuários do telefone Android estarão aptos a realizar compras. É simples. Basta só aproximar o aparelho a um terminal de pagamentos equipado com a tecnologia e pronto.  "Hoje, quase todos os terminais de pagamento no Brasil têm tecnologia NFC, o que significa que este sistema terá enorme impacto em facilitar transações em milhares de lojas de todos os tamanhos", diz Alessandro Germano, Diretor de Parcerias Estratégicas do Google para América Latina. "O sistema é seguro porque as informações do cartão não ficam armazenadas no telefone, pois o Android Pay usa um processo de geração de códigos para manter os dados dos cartões seguros".

Os outros países que farão parte desta nova etapa da plataforma de pagamentos até o fim do ano são Canadá, Rússia, Espanha e Taiwan. Hoje, a solução já está presente em mais de dez mercados.


*O editor foi enviado especialmente a convite da Google


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas