Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Tecnologia
Apple reverterá renda de iPhone vermelho para combate à Aids e ao HIV Parte da renda do aparelho será doada a (RED), ONG que mantém combate à Aids e ao HIV na África

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 21/03/2017 13:50 Atualizado em: 21/03/2017 14:08

ONG (RED) foi fundada por Bono, vocalista do U2 - Foto: Apple/Divulgação
ONG (RED) foi fundada por Bono, vocalista do U2 - Foto: Apple/Divulgação

A Apple inovou e trouxe pela primeira vez uma linha de iPhones na cor vermelha. O motivo é nobre: parte da renda será revertida para ajudar no combate à Aids, em parceria com a (RED), organização que mantém programas de combate ao HIV e à Aids na África.

Para quem quiser garantir o seu modelo e ajudar a causa nobre, o modelo nacional poderá ser reservado a partir das 0h da próxima sexta-feira (24), com um custo um pouco mais elevado do que os aparelhos de cores tradicionais. Na versão 7, o aparelho sai a partir de R$ 3,9 mil – contra R$ 3,5 mil dos outros tons. Já na versão Plus, que tem tela de 5.5 e uma câmera com um inédito modo retrato, o modelo vermelho tem preços a partir de R$ 4,5 mil – as outras cores, lançadas em novembro do ano passado no país, saem por a partir de R$ 4,1 mil. A empresa não deu mais informações em relação ao acréscimo do valor do aparelho nas novas cores. 

"A Apple é a maior doadora corporativa do Fundo Global, contribuindo com mais de US$ 130 milhões na parceria. Combinando o alcance global do smartphone mais amado do mundo com os nossos esforços para fornecer acesso à medicamentos que salvam vidas na África, os consumidores agora têm a oportunidade de fazer a diferença e contribuir com o Fundo Global comprando esse novo e lindo modelo do iPhone", disse em um comunidade Deborah Dugan, CEO da RED, ONG fundada por Bono, vocalista do U2, que trabalha no combate a AIDS.

Outras novidades

No mesmo evento de lançamento do iPhone de cor exclusiva, a Apple colocou à venda em seu site oficial um novo modelo de iPad, com tela de 9,7 polegadas – o aparelho também poderá ser encomendado a partir da próxima sexta-feira, 24. No Brasil, o novo iPad ainda não tem preço definido – nos Estados Unidos, ele irá custar US$ 330. 

Quem também ganhou um novo upgrade foi o iPhone SE - aparelho que veio com o objetivo de atender um público que não se acostumou a evolução dos tamanhos de tela - Segundo a empresa, ele irá ganhar novas versões com 32 GB e 128 GB de armazenamento, substituindo as versões de 16 GB e 64 GB existentes no mercado atualmente.




Primeira Pessoa com Sam Nóbrega
O esforço de Guilherme e a rede de solidariedade que surgiu
Sobre Vidas: Natanael Ramos e Gil Sormany
Salão de Tóquio: Mitsubishi 2020
Grupo Diario de Pernambuco