Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Gastronomia

As novidades mais saborosas

A comida de boteco, ora com sotaque sertanejo ora vietnamita, está na base da inspiração dos novos endereços dos polos gastronômicos de Recife e Olinda

Publicado em: 30/11/2019 09:00 | Atualizado em: 05/12/2019 10:19

Internacional: No Sub Urban Bar, em Boa Viagem,  lugares famosos no mundo nomeiam os pratos (Paulo Bezerra / divulgação)
Internacional: No Sub Urban Bar, em Boa Viagem, lugares famosos no mundo nomeiam os pratos (Paulo Bezerra / divulgação)

Novas casas abriram as portas recentemente na cidade trazendo diversidade gastronômica e receitas de dar água na boca. Os irmãos e sócios Bárbara, Diego e Paula Cavalcanti, nascidos em Salgueiro, no Sertão do estado, comandam juntos o recém-inaugurado Tio Zé Boteco, que fica na varanda do Shopping Patteo, em Olinda. O nome da casa homenageia o avô deles, José Soares Bezerra, e apresenta ao público os temperos da culinária sertaneja. “Todo cardápio foi baseado no mote 'o Sertão vai virar mar', mesclando os dois universos”, conta o chef Rapha Vasconcelos.

Do interior veio a carne de sol na nata, as panelinhas de moela de galinha, baião de dois gratinado, escondidinhos, tripinha e até o tradicional munguzá salgado, que leva linguiça, paio, feijão mulatinho e toucinho, e lembra uma feijoada brasileira com feijão marrom e milho. Já do litoral, opções de agulha frita, camarão na cerveja e ensopadinho de aratu. “Usamos bastante manteiga de garrafa em algumas preparações para trazer esse toque do Sertão. Além de trazer ingredientes como farinha, e queijos de manteiga e coalho defumado”, acrescenta. No quesito sobremesas, os doces do Sertão ganham destaque no bolo de rolo assado com sorvete de queijo do reino e no sorvete de cocada com doce de leite e crocante de amendoim. O local é ideal para apreciar a vista da cidade de Olinda, com música ao vivo, do chorinho, ao samba, e happy hour de segunda à sexta-feira.

Outra novidade, instalada em plena Avenida Boa Viagem, é o Sub Urban Bar, chega totalmente repaginado, onde funcionou o Underground. A casa do empresário Marcelo Wanderley Filho e dos sócios Ícaro Denes, Pedro Dantas, Rodrigo Azevedo e Rafael Campos vem com potencial para virar point na Zona Sul. “Apresentamos um novo empreendimento. Com novo nome, ambientação e decoração, além de novo conceito de cardápio e drinks”, explica Marcelo. A casa ganhou ares de metrô, que está presente nas grafitagens das paredes e também inspira os nomes dos pratos do cardápio. O menu diversificado, apresenta desde entradinhas como caldinho de feijoada e camarão e pastéis crocantes à elaborada coxinha Machu Picchu (coxinha de costela suína servida no osso com molho barbecue, R$ 15). Entre os petiscos, estão a Ponte Golden Gate (polpetone empanado ao molho pomodoro, R$ 34) e a novidade rolinho vietnamita Las Vegas (massa leve de arroz recheada com legumes, R$ 25), receitas assinadas pelo chef consultor Rapha Vasconcelos. Para sobremesas, a Avenida dos Baobás (torre de cookies de chocolate com sorvete de leite Ninho e farofinha, R$ 36) e Cabo da Boa Esperança (cheesecake de menta com chocolate, R). O espaço também agrega entretenimento com uma mesa de beer pong e karaokê aos domingos.  

1. Uma das apostas do Seu Tito é  o resgate de receitas simples. 2. Das terras sertanejos, o  Tio Zé Boteco trouxe o baião de dois. 3. A irresistível combinação do cookie com sorvete do Sub Urban Bar. (Seu Tito / divulgação | Tio Zé / divulgação | Paulo Bezerra / divulgação)
1. Uma das apostas do Seu Tito é o resgate de receitas simples. 2. Das terras sertanejos, o Tio Zé Boteco trouxe o baião de dois. 3. A irresistível combinação do cookie com sorvete do Sub Urban Bar. (Seu Tito / divulgação | Tio Zé / divulgação | Paulo Bezerra / divulgação)

Com proposta mais descontraída, o Seu Tito, em Casa Forte, comandado pelos irmãos José Walter e Victor Braz, possui amplo cardápio com comidinhas de boteco pelas mãos do chef Thiago Arnaud, que se entusiasmou em resgatar receitas simples e dar seu toque especial nos temperos marcantes. “Oferecemos pratos mais tradicionais como a asinha, o coração, a tripinha, relembrando os sabores que vem lá da raiz da comida brejeira”, conta. Um dos mais comentados da nova casa é o unânime pão de alho gigante. “Gosto muito da proposta de compartilhar e pensando nisso, criamos aquele pão grande português recheado com bastante queijo e pasta de alho artesanal, que vai para a mesa como um troféu fazer a alegria dos amigos”, conta Arnaud. Outro carro-chefe é a armadinha de brie (queijo brie empanado, acompanhado por uma geleia secreta da casa e torradas da Padaria Santa Cruz) e os originais coxinha de galeto (R$ 9) e coxinha recheada com casquinho de caranguejo (R$ 12). Para o almoço dos sábados e domingos, eles trazem nova proposta de rodízio de guarnições. É possível escolher uma proteína peito de frango, maminha, picanha, bife ancho, bife de tira (a partir de R$ 29), e no salão são servidos vários acompanhamentos como arroz biro-biro, farofa de ovos, purê de jerimum, arroz de cogumelos e outros. Um dos pontos fortes é o Happy estendido que vai de terça a quinta-feira até 0h.

Serviço

Sub Urban Bar
(Avenida Boa Viagem, 618, Recife)
Informações: 99972-2500

Seu Tito Boteco
(Rua Igarassu, 104, Casa Forte)
Informações: 3097-6650

Tio Zé Boteco
(Shopping Patteo Olinda - Piso L3)
Informações:  3022-0239
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Estados Unidos podem ser novo epicentro do vírus
Coronavírus em Pernambuco - resumo de 24/03/2020
Moda: aproveite o tempo em casa para desenvolver seu estilo pessoal
Chefe da ONU pede cessar-fogo imediato e global diante do avanço do coronavírus
Grupo Diario de Pernambuco