Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

STREAMING

Série documental 'PCC: Poder secreto' estreia em 26 de maio na HBO Max

Publicado em: 17/05/2022 19:48

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Nesta terça-feira (17), a HBO Max anunciou a data de estreia da série PCC: PODER SECRETO, uma produção documental de quatro episódios que estreia no dia 26 de maio. O enredo se baseia no livro Irmãos: Uma História do PCC. A criação original da HBO conta a trajetória histórica da facção criminosa, retrata os bastidores do ambiente prisional e destaca a cultura musical que reflete uma realidade ocultada pela sociedade.

O Primeiro Comando da Capital (PCC) nasceu em São Paulo e tem a liderança criminosa em um dos maiores estados do Brasil e segue expandindo pelo país. Os episódios tem 45 minutos de duração e trazem uma visão inédita da maior facção criminosa da América Latina em ordem cronológica, desde o surgimento até a atualidade.

O documentário traz depoimentos de ex- agentes carcerários, ex-membros da facção, familiares e autoridades do assunto. A narrativa é contada pelo ponto de vista dos próprios integrantes, que relevem os códigos de conduta e estrutura interna. A trilha sonora está repleta com músicas emblemáticas como Racionais MCs, 509-E, Evandro Babá e MC Orelha.

Com direção de Joel Zito Araújo e produção de Gustavo Mello, produção executiva de Adriana Gaspar e roteiro de Guilherme César e Diogo Leite da Silva e roteiro de edição de Lia Kulakauskas, a série documental é uma coprodução da Warner Bros. Discovery e Boutique Filmes. A produção Max Original é baseada em extensa investigação liderada por Daniel Veloso Hirata, William Alves Neves e Thais Nunes, além da obra de Gabriel Feltran.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado federal Daniel Coelho e com a Dra. Magda Maruza
Registro de armas dispara no Brasil durante governo Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco