Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

PASSADO

Na ESPN, Tiago Leifert se recusa a voltar para Globo Esporte

Por: Portal Uai

Publicado em: 20/05/2022 13:50

 (crédito: Divulgação/TV Globo)
crédito: Divulgação/TV Globo
Após deixar a TV Globo no ano passado, Tiago Leifert tem participado de transmissões de jogos na Amazon Prime Video e dado algumas entrevistas em podcasts e programas. O Jornalista abriu o coração e falou sobre seus projetos profissionais no quadro Bola da vez, da ESPN.

Segundo o portal Notícias da TV, no papo, o apresentador disse que sofreu ao comandar o Globo esporte SP.

De cara com o apresentador André Plihal, e as participações de Mariana Spinelli e Breiller Pires, Leifert reconhece a sua importância para o formato do jornalismo esportivo.

"Eu não sei se foi o que eu fui melhor, mas é o que é mais importante pra mim e é aquilo que eu também não gostaria de fazer de novo porque eu acho que já passou, já foi bom e sofri muito. Acho que ali mudou tudo. O GE de São Paulo foi muito difícil de fazer", desabafou Tiago Leifert.

O famoso ainda conheceu que seu árduo trabalho, feito há anos na atração esportiva, foi responsável por deixar o programa menos informal em todo o país. Seu bate-papo na atração vai ao ar no próximo sábado (21), às 20h.

"Eu e a equipe fizemos um trabalho legal. A gente conseguiu segurar lá por muitos anos e contra tudo e contra todos, apesar de toda a torcida contra a gente conseguiu. Mas foi o que mudou a minha vida. Foi o que realmente me colocou depois no Central da Copa, que por sua vez me colocou no The Voice, que por sua vez me colocou no Big Brother. Mas o começo de tudo, a decolagem é o Globo Esporte São Paulo, sem dúvida nenhuma", completou o apresentador.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado federal Daniel Coelho e com a Dra. Magda Maruza
Registro de armas dispara no Brasil durante governo Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco