Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

ABL

José Paulo Cavalcanti é eleito para a Academia Brasileira de Letras

Publicado em: 25/11/2021 21:30 | Atualizado em: 25/11/2021 21:36

 (Foto: Nando Chiappetta / DP)
Foto: Nando Chiappetta / DP
O advogado e romancista José Paulo Cavalcanti é o mais novo imortal da Academia Brasileira de Letras. O novo ocupante da cadeira 39 de seu quadro de membros efetivos, vaga com o falecimento do Acadêmico e ex-vice-presidente Marco Maciel, ocorrido em junho, recebeu 21 dos 34 votos. Outros ocupantes anteriores da cadeira foram os jornalistas Otto Lara Resende e Roberto Marinho.

José Paulo Cavalcanti Filho nasceu no Recife no dia 21 de maio de 1948. É advogado formado pela Faculdade de Direito do Recife. Foi secretário-geral do Ministério da Justiça e ministro interino da Justiça no governo do ex-presidente José Sarney. Também presidiu a antiga Empresa Brasileira de Notícias, atual Empresa Brasil de Comunicação.

É consultor da Secretaria da Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, da Secretaria de Ciência e Tecnologia de Pernambuco e do Congresso Nacional.

Cavalcanti Filho possui mais de 18 títulos escritos, alguns publicados no exterior. Também é um conhecedor profundo da obra do escritor português Fernando Pessoa.

Em 2012, conquistou o prêmio José Ermírio de Moraes pelo livro “Fernando Pessoa – uma quase autobiografia”. Também conquistou o primeiro lugar na Bienal do Livro e no Prêmio Jabuti. Recebeu, ainda, premiações na Itália, Romênia, Israel, Espanha, França, Holanda, Alemanha, Rússia, Inglaterra e Estados Unidos.
TAGS: abl | academia | brasileira | de | letras |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Erupção de vulcão na ilha de Java deixou 34 mortos
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Grupo Diario de Pernambuco