Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

CRIMES

DJ Ivis faz primeira publicação na web após sair da prisão: 'Sei que errei'

Publicado em: 05/11/2021 16:30

 (crédito: DJ Ivis/Instagram/Reprodução
)
crédito: DJ Ivis/Instagram/Reprodução
Na tarde desta sexta-feira (5), DJ Ivis publicou pela primeira vez nas redes sociais, após sair da prisão, onde estava por três meses acusado de agressão a ex-mulher, Pâmella Holanda. No Instagram, a última foto do artista é de 10 de julho, um dia antes dos vídeos em que aparece batendo nela serem divulgados.

Com uma foto mostrando apenas a cor branca, Ivis reflete sobre os crimes que cometeu: "Por muitas vezes eu disse que começo a produzir pelo refrão. Hoje, trago este pensamento para minha vida, quero recomeçar a partir de onde me perdi. Não é possível apagar o passado. Sei que errei. Mas também sei que posso ser uma pessoa melhor". 

"É muito difícil entender um erro no calor do momento, mas quando se tem o tempo que tive para repensar é tudo muito diferente. Sou um ser humano que deseja ser melhor. E que não vai poupar esforços para conseguir. Aprendi a importância de ter um acompanhamento profissional para me entender melhor. Acreditem isso faz total diferença", continuou.

Por fim, Ivis falou sobre o que fará agora: "Sei que não vai ser fácil, mas esta será minha busca. Agarrar com coragem e amor toda chance que me for dada. Quero poder olhar para minha filha, quero que ela tenha orgulho da transformação do pai. É Hora de seguir e recomeçar a vida daqui. Tenho cumprido todas as determinações judiciais e assim seguirei. Minha filha merece ser protegida, amparada e amada".


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Erupção de vulcão na ilha de Java deixou 34 mortos
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Grupo Diario de Pernambuco