Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

FREE BRITNEY

Britney Spears comemora o fim de tutela e agradece fãs: 'Me salvaram'

Publicado em: 17/11/2021 14:23 | Atualizado em: 17/11/2021 15:36

 (crédito: Reprodução/Instagram)
crédito: Reprodução/Instagram
Em um vídeo publicado nas redes sociais, Britney Spears falou como pretende viver a vida após 13 anos vivendo em tutela do pai, Jamie Spears. A cantora agradeceu aos fãs e afirmou que vai advogar por pessoas em sistema de tutela. Ela classificou sua situação anteriormente como ‘desmoralizante e degradante’ e ainda afirmou que família deveria estar presa por todas as coisas ruins que sofreu.

A cantora contou também que pessoas lhe perguntam com frequência sobre o que fará de agora em diante e afirmou estar empolgada para fazer as pequenas coisas como "dirigir o próprio carro, usar o cartão de crédito para sacar dinheiro e até mesmo comprar velas".

“Não estou aqui para ser vítima. Eu vivi com vítimas a minha vida inteira quando eu era criança, por isso saí da minha casa e eu trabalhei por 20 anos e dei muito duro. Estou aqui para ser ativa para as pessoas com deficiências reais e doenças reais. Eu sou uma mulher muito forte e eu imagino o que o sistema tem feito para essas pessoas. Espero que minha história tenha um impacto e faça algumas mudanças no sistema corrupto“, declarou Britney Spears.

Spears agradece aos fãs e a todo o movimento "Free Britney". "Minha voz foi silenciada e ameaçada por muito tempo e eu não podia me manifestar e falar nada. Por causa de vocês, que meio que sabiam o que estava acontecendo e entregaram notícia para o público por tanto tempo, vocês deram consciência pra todos eles. Eu, honestamente acredito que vocês salvaram minha vida."
 
Spears escreveu um breve texto como legenda da postagem nas redes. Veja:

"Honestamente, eu ainda fico chocada todos os dias quando percebo o que minha família e meu sistema de tutela fizeram comigo. É desmoralizante e degradante."

"E eu nem vou mencionar todas as coisas terríveis que eles fizeram comigo, pelas quais deveriam estar na prisão... incluindo minha mãe indo para a igreja. Eu estava acostumada a permanecer em paz e com a boca fechada por minha família, mas não dessa vez."
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Erupção de vulcão na ilha de Java deixou 34 mortos
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Grupo Diario de Pernambuco