Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

Cinema

3º Jornada de Estudos Documentais traz programação gratuita e online de filmes brasileiros

Publicado em: 24/11/2021 14:38

'Brega Protesto' (Programa Coque Video) (Divulgação)
'Brega Protesto' (Programa Coque Video) (Divulgação)
Com o tema "Documentário e Educação", a Jornada de Estudos Documentais (JED) realiza a sua III edição, entre os dias 22 e 26 de novembro, com programação totalmente gratuita e online. 

A JED deste ano conta com mesas acadêmicas, conferências e exibição de filmes da Mostra Competitiva, Mostra Cinema - Educação, além da exibição do longa metragem convidado Muribeca, de Camilo Soares e Alcione Ferreira.

Inicialmente, a jornada despontou como simpósio acadêmico e de extensão universitária, mas desde a sua segunda edição vem expandido a programação, tornando-se um evento de âmbito nacional. A JED hoje abrange tanto o público em geral e pesquisadores interessados no estudo mais profundo do domínio audiovisual em suas múltiplas práticas. O mote deste ano, "Documentário e Educação", é motivado pelo centenário de nascimento de Paulo Freire.

A Jornada de Estudos Documentais é promovida pelo Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), por meio do Bacharelado em Cinema e Audiovisual, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM), e produzido pela Jaraguá Produções.

Mostra Competitiva

A Mostra Competitiva contará com exibição de 57 curtas e médias documentais, divididos em oito sessões temáticas. A primeira sessão é a “Janelas da Pandemia”, que são filmes ambientados no momento pandêmico; “Os caminhos que trouxeram até aqui” traz obras que abordam ancestralidade e espiritualidade; “Costura de Afetos” com filmes que retratam trajetórias pelo olhar afetivo; a “Bem-Te-Vi” conta com obras de temáticas LGBTQIA+;  “A Ficção do trabalho” apresenta filmes sobre as atividades humanas do trabalho; “Ruínas do presente” contém obras sobre memórias e o tempo, “De qualquer maneira, vou ficar na história” reúne filmes com histórias de personagens encantadores do cotidiano; e “O que insiste” apresenta documentários sobre a  ditadura militar.
 
'Pedro Tenório de Lima' (Divulgação )
'Pedro Tenório de Lima' (Divulgação )
 

Mostra Cinema Educação 

A JED deste ano terá a Mostra Cinema-Educação, reunindo 26 filmes produzidos em diversos contextos educativos. São obras que foram produzidas em disciplinas ou cursos voltados para o cinema, que abordam temas que debatem a relação entre cinema e educação ou que fazem reflexões sobre processos educativos. Entre as obras estão os filmes do programa “Andanças”, iniciativa que promove a democratização do cinema através da exibição de filmes, debates sobre gênero e diversidade dentro das escolas públicas. Serão exibidos os filmes “Por um vôo” e “Mudanças”, produzidos por alunas da Rede Pública que fizeram parte da formação oferecida pelo “Andanças” sobre produção de narrativas audiovisuais.

Outro destaque na temática educação é o projeto Coque Vídeo, que promove arte periférica por meio de formação e experimentação audiovisual voltado para crianças e adolescentes da Comunidade do Coque, em Recife. Serão uma série de oito filmes produzidos pelos estudantes do curso de formação do projeto. Uma delas é o “Brega Protesto”, filme criado em parceria com o Grupo AdoleScer e outros movimentos sociais, vencedor do FestCine - 2019, na categoria videoclipe.

Os filmes da mostra estarão disponíveis para serem assistidos gratuitamente de 22 de novembro no site do evento (https://jornadadocumentario.com.br/). Além da exibição das obras, durante todos os dias da JED ainda terão debates com os realizadores dos filmes, em dois horários diferentes, às 18h e às 19h.

Na sexta-feira (26), às 19h, a programação documental encerrará com o longa convidado “Muribeca”, de Camilo Soares e Alcione Ferreira, que marcou presença em diversos festivais do Brasil e do Mundo. O filme retrata como os moradores do Conjunto Residencial Muribeca, no bairro de Jaboatão dos Guararapes, sentem o apagamento da comunidade e suas histórias, laços afetivos e memórias vividas naquela região.

Mesas e Debates

A jornada também conta, nos cinco dias de evento, com 15 mesas que irão debater temas diversos que abordam a relação do cinema documentário com pedagogia; processos criativos; propaganda e retórica; fricções, paisagens e temporalidades; questões indígenas;  lutas sociais e coletivos; práticas cinematográficas experimentais; entre outros. A programação dos debates está disponível no site e todas as mesas serão transmitidas online por meio da plataforma Zoom.
 
'Iansã' (Divulgação )
'Iansã' (Divulgação )
 

Conferências

A programação também terá duas conferências com convidados especiais. Na terça-feira (22), às 19h, será com Amaranta César. Renomada professora do Curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), ela acumula inúmeras participações como curadora, membro de júri, palestrante e conferencista.  Já na sexta-feira (26), às 10h, será com Cezar Migliorin, professor de Cinema e membro do Programa de Pós-Graduação em Comunicação na Universidade Federal Fluminense (UFF). Coordenador do projeto nacional de cinema, educação e direitos humanos: Inventar com a Diferença. As duas conferências serão transmitidas por meio de Zoom e pelo Youtube do evento.

O evento é incentivado pelo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), via Fundação de Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) da Secretaria de Cultura do Governo de Pernambuco. A inscrição para assistir às mesas é única, sendo válida para todas as atividades acadêmicas e podem ser realizadas gratuitamente pelo formulário do festival até dia 22 de novembro. 

A organização da III Jornada de Estudos do Documentário também confere certificado de participação.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Erupção de vulcão na ilha de Java deixou 34 mortos
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Grupo Diario de Pernambuco