Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

ÚLTIMA SEMANA

Inscrições para editais da Lei Aldir Blanc PE estão na reta final

Publicado em: 04/10/2021 14:38

Lei Aldir Blanc Pernambuco entra na última semana para inscrição de projetos (FUNDARPE/DIVULGAÇÃO)
Lei Aldir Blanc Pernambuco entra na última semana para inscrição de projetos (FUNDARPE/DIVULGAÇÃO)
As inscrições para a segunda leva de projetos financiados pela Lei Aldir Blanc do Governo de Pernambuco entram em sua última semana de prazo, que se encerra no próximo dia 11. São R$ 26,5 milhões distribuídos entre oito editais. Podem se inscrever pessoas físicas, coletivos, grupos sem constituição jurídica, microempreendedores individuais e pessoas jurídicas de direito privado, desde que sejam residentes no estado. 

Os editais são de Criação, Fruição e Difusão;  Formação e Pesquisa; Registro Audiovisual de Saberes Tradicionais e da Cultura Popular; Festivais, Mostras e Celebrações; Salvaguarda Emergencial do Artesanato, das Artes Circenses, da Cultura Popular, da Gastronomia e dos Povos e Comunidades Tradicionais; Técnicos da Cultura e Artes; Iniciativas Culturais Nas Comunidades/Periferias; Aquisição de Bens e Contratação de Serviços Culturais. Os detalhes e informações de cada edital podem ser conferidos em www.cultura.pe.gov.br/leialdirblanc. Dúvidas também podem ser tiradas pelo WhatsApp (81) 3184-3018. Esclarecimentos também podem ser obtidos por meio de atendimento presencial, no Sesc Santo Amaro, até sexta-feira (8) das 9h às 13h e das 14h até às 17h, também sendo realizado no dia 11. 

Cada proponente pode se inscrever em até dois editais distintos e as propostas devem ser submetidas por meio do Mapa Cultural de Pernambuco (www.mapacultural.pe.gov.br), plataforma na qual é necessário ter o cadastro atualizado para ter acesso aos editais. Com exceção dos editais de "Iniciativas Culturais nas Comunidades/Periferias" e o de "Aquisição de Bens e Contratação de Serviços Culturais", os proponentes precisam comprovar que atuam enquanto produtores de arte e cultura há um ano, no mínimo. 

As propostas serão analisadas por uma comissão especial, formada por especialistas, técnicos/as da Secretaria de Cultura e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco, representantes da sociedade civil e de instituições culturais e ensino de Pernambuco, com conhecimento e experiência nos campos de abrangência dos editais. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Destaque do Náutico, meia Jean Carlos completa 100 jogos com a camisa alvirrubra
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
Grupo Diario de Pernambuco