Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

FESTIVAL

Mostra Play The Movie une cinema e música em retorno híbrido

Publicado em: 29/09/2021 08:35

O evento exibe gratuitamente diversos videoclipes, shows e curtas, como o pernambucano 'Corpo-Capital' (Foto: Play The Movie/Divulgação)
O evento exibe gratuitamente diversos videoclipes, shows e curtas, como o pernambucano 'Corpo-Capital' (Foto: Play The Movie/Divulgação)
Após uma longa temporada de editais e longe dos palcos, a Mostra Play The Movie retorna para sua 14ª edição em formato híbrido. Integrando o projeto do Festival No Ar Coquetel Molotov, a mostra foi criada com o objetivo de aproximar a música do audiovisual, através do incentivo e da exibição de gêneros mistos, como videoclipes, videoartes e cine-concertos. A programação gratuita acontece presencialmente em Belo Jardim, no Agreste pernambucano, e remotamente pelo site coquetelmolotov.com.br/mostraplaythemovie, desta quarta-feira (29) até domingo (03).
 
“Vai ser uma ótima experiência poder ter esse contato com o público, poder interagir presencialmente e descansar um pouco das telas. Mas adoro o fato de termos a programação online, assim o projeto que era focado para Belo Jardim e Recife, agora pode ter público de todo o Brasil. Vamos tentar manter o formato híbrido em todos os nossos projetos”, comenta a idealizadora da Mostra, Ana Garcia.
 
Os três primeiros dias são marcados pela exibição de curtas-metragens e videoclipes. Serão dez curtas e cinco videoartes exibidos em três sessões, intituladas: Corpo e Território”(quarta), O Silêncio do Som (quinta) e Entre o Senso e o Sonho (sexta). Todas vão ao ar às 20h30, mas ficam disponíveis até o fim do evento. Alguns dos curtas selecionados são Corpo-Capital (PE), Planta Baixa (SP), Amarelo Cárcere (RS) e Sankofa (PA). Entre documentários e ficções, a única exigência era que abordassem a música como tema ou elemento intrínseco.
 
"A origem da Play The Movie foi justamente com essa ideia de unir de uma forma mais contundente essas duas linguagens. Quando percebemos que havia artistas musicais investindo muito no audiovisual e projetos de audiovisual utilizando muita música. Daí percebemos que esse hibridismo já era comum e precisávamos também fazer um evento que explorasse essa união”, explica o produtor Jarmeson de Lima, que divide a curadoria do evento com Libra Lima e a MOKA Creative.
 
No lado musical, as sessões lançam seis videoclipes inéditos de artistas pernambucanos, sendo dois por dia. Os clipes foram contemplados por edital da própria Mostra, que apoiou financeiramente a finalização de obras já em andamento. Os músicos beneficiados foram Ciel Santos, Siba Carvalho, Ororo, Hórus, Mun-Há e a cantora Uana, que traz o clipe para seu single Pirraça.
 
O encerramento das apresentações artísticas acontece com a exibição de cine-concertos, gravados antecipadamente e editados junto a trechos de obras do Tela Trans, primeiro acervo nacional de cinema feito por pessoas trans. Os shows de grupos do interior do estado, como Mago Trio e PRK e mais a cantora recifense Una serão projetados em espaço livre na Praça da Moura, em Belo Jardim, às 18h do sábado, e disponibilizados no site.
 
Nas atividades de formação, um dos destaques será a oficina de produção musical ministrada por João Meirelles, do Baiana System (Foto: Lia Cunha/Divulgação)
Nas atividades de formação, um dos destaques será a oficina de produção musical ministrada por João Meirelles, do Baiana System (Foto: Lia Cunha/Divulgação)
 
Atividades de Formação
Para o produtor Jarmeson de Lima, essa é uma edição muito especial da Mostra, pois expande o campo de atuação do evento, aliando as exibições a uma grade de atividades formativas, como oficinas, masterclass e mesa de debates. Entre as ofertadas em modo online, o destaque é a oficina de produção musical eletrônica ministrada pelo produtor João Meirelles, conhecido pelo trabalho no grupo BaianaSystem, e a masterclass com o cantor Getúlio Abelha.
 
A mesa de debate, mediada pela jornalista Luciana Veras nesta quarta às 19h, traz como tema Insurgências possíveis no audiovisual do Brasil em 2021, que será debatido com profissionais do ramo como Sabrina Fidalgo e Julia Katharine. “A formação é super importante nas linguagens de música e audiovisual justamente para promover mais projetos, replicar conteúdos e trazer à tona o talento de mais realizadores e realizadoras nesta área. A renovação se dá justamente em uma troca de informações com estes profissionais que trazemos de forma a também inspirar os participantes a criarem seus clipes, curtas e ideias de novos projetos no futuro”, conclui Jarmeson.
 
SERVIÇO:
14ª Mostra Play The Movie
Quando: De quarta (29) a domingo (03)
Onde: Presencialmente na Praça Moura, em Belo Jardim. Remotamente pelo site do Coquetel Molotov. (Programação completa no site)
Gratuito
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco