Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

FOTOGRAFIA

Exposição do pernambucano Eric Gomes debate acesso à terra e colonialidade no Sertão

Publicado em: 30/09/2021 10:39 | Atualizado em: 30/09/2021 10:44

 (Foto: Eric Gomes/Divulgação)
Foto: Eric Gomes/Divulgação

Com 32 obras inéditas que trazem provocações sobre conceitos de território, identidade e representação, o fotógrafo pernambucano Eric Gomes inaugura hoje, às 17h, a exposição individual Pankarará: Encantados da Serra. A primeira mostra individual do fotógrafo foi montada no Galeria Ronaldo White, no SESC Garanhuns-PE, debatendo o acesso à terra e colonialidade do sertão de Pernambuco e do Brasil, através de fotografias e vídeos que trazem narrativas sobre a relação histórica entre o povo Pankará e o quilombo-indígena Tiririca dos Crioulos, a partir de histórias contadas por eles.  Em cartaz até o dia 31 de janeiro de 2022, as visitas podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 18h, com agendamento prévio por meio do telefone: (87) 98858.7903, WhatsApp institucional do Sesc de Garanhuns.

Com curadoria de Diógenes Moura, a exposição, que é fruto de uma pesquisa realizada ao longo de 10 anos, traz a fotografia como instrumento de resistência e ressignificação, que desestabiliza o senso comum nutrindo a imaginação com conexões sociais. São fotografias que narram disputas contemporâneas, como o processo de reconhecimento e demarcação de território.

A mostra conta com recursos de acessibilidade à exemplo de audiodescrição que pode ser acessada via QR Code, e LSE (legenda para surdos e ensurdecidos). Cada visitante que necessitar, receberá ajuda da monitoria.

"Há muito tempo que queria fazer uma exposição com esse acervo produzido ao longo de quase 10 anos, iniciei em 2012. O desejo pulsou mais forte quando conversei com dona Emília Pankará e ela indagou ‘quem disse que não sou índia, só porque sou preta e tenho o cabelo ‘ruim’?’. A partir dessa fala eu comecei a pensar como esse acervo poderia ser organizado em forma de uma exposição que trouxesse esse debate", comenta Eric.

"Os índios Pankará da Serra do Arapuá, em Carnaubeira da Penha, no sertão pernambucano, estão dentro das imagens e diante dos olhos de cada um de nós. Eles existem e resistem nesse Brasil que se tornou um abismo. As imagens de Eric Gomes nos mostram um suspiro na existência dessas pessoas, as esquinas do dia a dia de cada uma delas, seus gestos mais simples, sua religiosidade, os santos, as panelas areadas que quase desaparecem em segundo plano. Do catimbó até Jesus Cristo", pontua o curador Diógenes Moura.

Fotojornalista, o interesse de Eric pelo ofício existe desde criança, quando percebeu a possibilidade de parar o tempo e materializá-lo em uma imagem num papel. A graduação em Geografia na UFPE, em 1988 e as frequentes viagens para o Sertão fortaleceu o desejo em se aprofundar nas técnicas fotográficas.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Destaque do Náutico, meia Jean Carlos completa 100 jogos com a camisa alvirrubra
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
Grupo Diario de Pernambuco