Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

LUTO

Ator de 'The Wire', Michael K. Williams, encontrado morto em apartamento de Nova York

Por: AFP

Publicado em: 06/09/2021 18:21 | Atualizado em: 06/09/2021 22:10

 (Foto: Rodrigo Varela / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
)
Foto: Rodrigo Varela / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
O ator americano Michael K. Williams, que interpretou Omar Little na série de sucesso da HBO "The Wire", foi encontrado morto em seu apartamento em Nova York, informaram a polícia e sua família nesta segunda-feira (6). 

"É com profunda tristeza que sua família anuncia a morte do ator de 54 anos", disse em um comunicado a representante de Williams, Marianna Shafran. Ela também pediu, em nome da família do ator, “que sua privacidade seja respeitada durante o luto”.

"Ele morreu em um apartamento" no Brooklyn, afirmou à AFP o tenente John Grimpel, do Departamento de Polícia de Nova York. 

A causa da morte não foi oficialmente divulgada, mas vários veículos de imprensa americanos citaram fontes policiais que apontam uma suposta overdose de drogas.

Williams foi aclamado por seu papel na série "The Wire", na qual interpretou um criminoso especializado em roubar traficantes de drogas em Baltimore.

A ousada série policial se tornou um dos programas mais populares da televisão e permaneceu no ar por cinco temporadas entre 2002 e 2008.

O ator também era conhecido pelo papel de Albert 'Chalky' White na série da HBO "Boardwalk Empire". 

Ele recebeu várias indicações ao Emmy, incluindo um neste ano por sua atuação em "Lovecraft Country" e outro em 2015, quando interpretou o marido da cantora de blues Bessie Smith no filme "Bessie".

Foi ainda indicado em 2016 por "The Night Of" e "Olhos que Condenam" em 2019, série sobre um grupo de jovens negros acusados injustamente por um estupro no Central Park na década de 1980.

Seu papel como Omar Little se beneficiou de uma cicatriz no rosto que o próprio explicou ter ganhado depois de uma briga de rua em Nova York em seu aniversário de 25 anos, quando um homem o feriu com uma navalha.

Em uma entrevista, Williams disse à rádio NPR que a cicatriz chamativa na verdade o ajudou a avançar em sua carreira, pois ele passou de dançarino de apoio em videoclipes de estrelas como Madonna e George Michael para papéis em dramas em que interpretava personagens rudes.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Após erupção do vulcão Cumbre Vieja, especialistas temem gases tóxicos
Manhã na Clube: Lucas Ramos (Sec. de Ciência e Inovação de Pernambuco) e dr. Catarina Ventura
Na ONU, Bolsonaro diz ser contra passaporte sanitário
Manhã na Clube: Augusto Coutinho, Laurice Siqueira, Frederico Preuss Duarte e Kaio Maniçoba
Grupo Diario de Pernambuco