Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

CINEMA

Recifest divulga vencedores da primeira edição virtual

Publicado em: 01/04/2021 15:45

O curta Inabitável, de Enock Carvalho e Matheus Farias, foi escolhido como Melhor Filme Pernambucano (Foto: Divulgação)
O curta Inabitável, de Enock Carvalho e Matheus Farias, foi escolhido como Melhor Filme Pernambucano (Foto: Divulgação)

O Recifest - Festival de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero encerrou a sua primeira edição on-line nesta quinta-feira (1º). A cerimônia de encerramento contou com a divulgação dos filmes escolhidos e vencedores pelo Júri Popular e o Júri Oficial, como melhores Nacional e Pernambucano. O curta Inabitável, de Enock Carvalho e Matheus Farias, foi escolhido pelo Júri Oficial como Melhor Filme Pernambucano. A menção honrosa ficou com Os últimos românticos do mundo, de Henrique Arruda.

Foram 16,32 mil participantes virtuais assistindo aos filmes, e mais de 100 mil visualizações dos conteúdos disponíveis nas redes sociais e no site assistindo a programação que foi exibida ao vivo pelo Instagram, Facebook e YouTube simultaneamente. Com sete edições realizadas no Cinema São Luiz, no coração do Recife, neste ano o festival, no formato on-line, conseguiu desbravar fronteiras, chegando a mais de vinte países. Com pessoas acessando os conteúdos de lugares como Canadá, França e até o Japão.

Para o diretor premiado Henrique Arruda, o momento mais emocionante do filme é o resultado. "Só a força de uma cerimônia como essa para marcar nossa resistência. O sentimento é de missão cumprida. Passamos pelo Recifest e fomos premiados", conta. Na categoria Mostra Nacional, o vencedor foi o curta cearense 'Tia Iracy Futebol Clube' (Layla Sah, CE). A menção honrosa ficou com Sapatão: uma racha/dura no sistema (Dévora MC, MG).

Para Layla, o sentimento é de gratidão. "Como é bom falar do que a gente sente e mostrar para as pessoas que ainda existe afeto e amor. Passar por um festival dessa magnitude gigantesca como esse e ser premiada como Melhor Filme, eu não sei como agradecer. A arte é o que nos move", declara ela que levou a mãe dela para a live após o anúncio.

No Júri Popular, com votação feita no site oficial do Recifest, quem levou o prêmio de Melhor Filme Pernambucano foi Bardo do Sonho, de Letícia Barros, com 33,7% dos 971 votos. O Melhor Filme Nacional, escolhido pelo público, foi 'Letícia, Monte Bonito', de Júlia Regis, do Rio Grande do Sul, com 78,8% dos 971 votos.

VENCEDORES MOSTRA


JÚRI POPULAR
Melhor Filme Pernambucano Júri Popular
Bardo do sonho (Letícia Barros, PE) com 33,7% dos 971 votos
Melhor Filme Nacional Júri Popular
Letícia, Monte Bonito, 04 (Julia Regis) com 78,8% dos 971 votos

JÚRI OFICIAL
Melhor Filme Pernambucano
Inabitável (Enock Carvalho e Matheus Farias)
Menção honrosa
Os últimos românticos do mundo (Henrique Arruda)
Melhor Filme Nacional
Tia Iracy Futebol Clube
Menção honrosa
SAPATÃO: uma racha/dura no cistema

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Grupo Diario de Pernambuco