Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

DANÇA

'Encontro de Coqueiras' promove atividades virtuais gratuitas para mês das mulheres

Publicado em: 22/03/2021 12:18

O grupo Coco de Oyá, da idealizadora do evento Rafa Ella Nepomuceno, faz a abertura da programação (Foto: Divulgação)
O grupo Coco de Oyá, da idealizadora do evento Rafa Ella Nepomuceno, faz a abertura da programação (Foto: Divulgação)

A grande roda de coco este ano será virtual. Devido às restrições da pandemia, a sétima edição do Encontro de Coqueiras, evento que ocorria presencialmente em São Paulo, acontece em formato online e gratuito durante os dias 25 a 28 de março. Através do canal oficial no youtube, a organização pretende exibir não apenas apresentações artísticas do clássico coco de roda, como também oficinas e debates abertos para todos.

O objetivo do projeto é divulgar as diferentes expressões da cultura do coco de roda (enquanto música, dança e poesia) através de um olhar voltado para as mulheres que participam de cena. Segundo Rafa Ella Nepomuceno, idealizadora do projeto e fundadora de grupos como o Coco de Oyá: “A ideia é conseguir mapear as mulheres que trabalham com a linguagem do coco em todo o Brasil, mas começamos por onde conseguimos, aqui nos nossos arredores. Queremos abrir esse chamado durante o Encontro e conseguir o interesse de novos grupos que não conhecemos ainda para realizar novas edições do evento”. Para a coqueira, “é muito simbólico conseguir realizar esse encontro online e no mês da mulher”. Alguns dos grupos com presença já confirmada são "As Três Marias, o Sol e a Lua", “Coco das Águas Doces” e “Cocomelo Coletivo”, além de nomes em destaque como Martinha do Coco, Renata Rosa e Aurinha do Coco.

O Coco de Roda é uma das mais importantes expressões culturais da região nordeste. Como canto, acredita-se que surgiu como parte da rotina dos tiradores de coco do Submédio São Francisco. Depois foi adquirindo o caráter de dança ao ser inserido nos engenhos da antiga Capitania de Pernambuco como forma de assentar o barro em pisos de terra batida, com influências de batuques africanos e bailados indígenas. Muitas vezes lembrado por ser uma dança coletiva na qual os participantes dão as mãos em um grande círculo, o Coco de Roda é uma forma simbólica de defender a igualdade e os direitos das mulheres, segundo Rafa Ella.

A programação começa na quinta-feira (25) com o show do grupo Coco de Oyá e As Três Marias, o Sol e a Lua, a partir das 20h. No último dia, domingo (28), traz uma roda de conversa sobre “A cultura popular: o pós pandemia”, que pretende debater a permanência dessas expressões culturais apesar das dificuldades de incentivo. O evento é uma produção da Dente de Leão Cultural e conta com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, Ministério do Turismo, Lei Aldir Blanc, entre outros.

 

Confira a programação completa da edição virtual do Encontro de Coqueiras:

25/03 (quinta-feira) - Abertura

20h Show Coco de Oyá (SP) + As Três Marias, o Sol e a Lua (SP)

26/03 (sexta-feira)

16h Oficina “Passo Marcado” com Rafa Ella Nepomuceno (SP)

18h Roda de Conversa “A história do Coco e sua atuação no estado de São Paulo”. Convidadas: Renata Rosa (SP) , Lucila Pop (SP), Joice Temple (SP) e Nega Deza (SP)

20h Show Bloco Eu Acho é Coco! (SP) Coco das Águas Doces (SP) Renata Rosa (SP)

27/03 (sábado)

16h Oficina “Na Linha de Zambi” com Mônica Santos (SP)

18h Roda de Conversa “O papel da mulher na Cultura Popular”. Convidadas: Clarisse Kubrusly (RJ), Renata Amaral (SP), Sandra Maria Luciano (SP) e Beth de Oxum (PE)

20h Show Juremas (SP) Aurinha do Coco (PE) e Semente Crioula (SP)

28/03 (domingo)

14h Oficina de confecção de instrumentos com materiais recicláveis, com Sandra Luciano e Lucila Poppi (SP)

16h Roda de Conversa “A cultura popular: o pós pandemia”. Convidadas: Luana Flores (SP), Monica Santos (SP) , Karina Mitiko (SP) e Marileide Alves (SP)

18h Show Rachada do Coco (SP) Cocomelo Coletivo (SP) Martinha do Coco (GO)

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Em Cúpula do Clima, Bolsonaro promete neutralidade de carbono até 2050
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 22/04
Após polêmicas, Superliga Europeia é suspensa
Família Floyd volta a respirar: policial é condenado pela morte de homem negro
Grupo Diario de Pernambuco