Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

MÚSICA

Banda pernambucana de reggae N'Zambi lança álbum romântico e libertário

Publicado em: 30/03/2021 18:43 | Atualizado em: 30/03/2021 19:25

Banda pernambucana de reggae N%u2019Zambi  (Foto: Sori Galtama/Divulgação)
Banda pernambucana de reggae N%u2019Zambi (Foto: Sori Galtama/Divulgação)

Após completar 18 anos de carreira, a banda pernambucana de reggae N’Zambi lançou neste mês o álbum autoral Palavras de amor, com produção musical do conterrâneo Bubudginha Dub. Em abril, eles vão celebrar o lançamento apresentando todas as 10 faixas do projeto e alguns outros marcos da carreira em uma live no canal do YouTube do grupo. O evento tem apoio da Lei Aldir Blanc em Pernambuco.
 
Palavras De Amor é o álbum mais romântico da carreira da N’Zambi, mas sem fugir de sua essência libertária, a banda aposta em canções com letras que trazem palavras de amor, cumplicidade e positividade em meio a tempos difíceis. E, claro, além do romantismo, o novo álbum também aborda posicionamentos políticos, como o exemplo da faixa “Derruba o Bozo”, como uma evidente e ativa crítica ao Presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido). Além disso, o novo disco também aborda questões sociais e as relações pessoais durante a pandemia.

"Palavras de Amor traz essa demanda que a sociedade está precisando no momento, que é tentar buscar mais essa relação do amor, falar mais do amor e as suas várias dimensões", destaca o vocalista da N’Zambi, George de Souza. “O álbum aborda músicas de relacionamento, das relações de afeto na sociedade, além também do amor à ancestralidade. Além disso, é um disco no qual também abordarmos as críticas sociais e o nosso engajamento. Achamos que o amor é fundamental, sobretudo, para nos engajarmos na sociedade, levantando a bandeira do Reggae a todos os lugares que podemos alcançar."

George, juntamente com o baixista da banda Diego Ilarrás, é responsável pelas composições das 10 faixas do novo álbum. Assinam a pré-produção do disco: Bactéria (ex-Mundo Livre) e Deco do Trombone (Ska Marie Pastora e Orquestra Backstage).

N’zambi significa “Deus” em kimbundu, dialeto dos povos Bantus de Congo-Angola.  A banda nasceu em meados de 2003, no bairro da Várzea, na Zona Oeste do Recife. É formada por Diego ILarráz (baixo e voz), George de Souza (vocal e guitarra), Gabriela Martinez (segunda voz e interprete na música Você e Eu), Gustavo Souto (guitarra e voz), Mauro Delê (percussão e voz), Paulo Ricardo (bateria, efeitos e voz), Contando ainda, com o apoio dos músicos André Santos (Deco Trombone) e Jadson Vale (Bactéria) nos teclados.

A banda é conhecida por fazer um reggae com identidade ao beber dos diversos gêneros musicais de matriz africana, com referências no Ska, Dub, Rap, Ragga, Blues, Frevo, Cumbia e o Jazz.

Ouça:

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Em Cúpula do Clima, Bolsonaro promete neutralidade de carbono até 2050
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 22/04
Após polêmicas, Superliga Europeia é suspensa
Família Floyd volta a respirar: policial é condenado pela morte de homem negro
Grupo Diario de Pernambuco